O delegado Edmar Gomes Cavalcanti, da regional de Barra do Corda, foi baleado por índios quando tentava passar pela Reserva Canabrava, localizada na BR-226 (entre as cidades de Grajaú e Barra do Corda), no início da noite deste domingo. De acordo com informações da Rádio Mirante AM, o delegado estava em uma motocicleta se deslocando para Grajaú quando foi abordado pelos indígenas.

Armados com facões, os índios obrigaram o delegado a abandonar o veículo e começaram a agredi-lo. Na confusão, os indígenas acabaram decepando um dos dedos do delgado Edmar Gomes Cavalcanti.

Foi então que o delegado conseguiu pegar sua arma e reagir. De acordo com as primeiras informações, cerca de cinco índios foram baleados pelo policial.

No entanto, após atirar contra o grupo inicial que havia feito a abordagem, o delegado foi surpreendido por mais índios. Este segundo grupo estava armado com espingardas.

Houve troca de tiros entre o delegado e os indígenas. O confronto terminou com o delegado sendo baleado no peito. Ele foi socorrido e levado, a princípio, para a cidade de Grajaú, em estado grave.

Mas devido à gravidade dos ferimentos, o delegado Edmar Gomes Cavalcanti foi transferido para a cidade de Imperatriz. (iMirante)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.