A Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA) recebeu 17.585 inscrições para o seu primeiro processo seletivo, que utilizará a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) para preencher 1150 vagas de admissão à Universidade para o ano letivo de 2011. As inscrições foram realizadas gratuitamente pela internet no período de 15 de setembro a 24 de outubro.

Com relação à possível suspensão do ENEM, a UFOPA mantém sua resolução de utilizar o resultado do Exame para selecionar seus candidatos, já que o MEC afirmou que o resultado deve ser divulgado até a segunda quinzena de janeiro. “Não creio na realização de um novo ENEM”, afirmou o pró-reitor de Ensino de Graduação (PROEN), Prof. Dr. Rodrigo Ramalho Filho.

De acordo com a Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (PROEN), o Pará apresentou o maior número de inscrições por estado, com 17.365 inscritos. “Queremos ressaltar também que 98,74% dos candidatos são do Pará, ou seja, estamos construindo uma universidade federal, porém voltada para atender às demandas de desenvolvimento regional com a oferta dos cursos de graduação”.

Número de candidatos

Com relação aos inscritos por municípios do Pará, Santarém ficou em primeiro lugar com 6.983 inscritos, seguido por Belém (3.360), Ananindeua (1012), Monte Alegre (947), Óbidos (544), Alenquer (541), Oriximiná (378), Castanhal (342), Itaituba (333), Tucuruí (252), Altamira (182), Capanema (168), Barcarena (159), Juruti (151), Marabá (118), Bragança (117), Marituba (103), Curuá (93), Rurópolis (76), Uruará (70), Cametá (64), Abaetetuba (61) e Belterra (56).

Outro dado interessante é que a UFOPA obteve inscrições em todos os estados brasileiros. “Mais uma demonstração de que a nossa estrutura acadêmica inovadora atrai estudantes de todo o Brasil, pois registramos inscritos de 26 estados e mais do Distrito Federal”.

Escolha por turno

Com relação aos turnos, 61,23% dos inscritos optaram pelo diurno (manhã e tarde) e 38,77% pelo turno noturno, resultado considerado satisfatório pela PROEN, na medida em que o total de vagas será distribuído igualmente pelos turnos matutino, vespertino e noturno (400 vagas cada).

Além dos egressos do Ensino Médio, a universidade recebeu também um grande número de inscrições de adultos que já concluíram o Ensino Médio há algum tempo. “Muitos desses adultos não conseguiram realizar a prova do Enem em 2010, portanto foi uma decisão acertada aceitarmos também a nota do ENEM 2009”, reforça o Prof. Ramalho.

“Estamos muito felizes com esse resultado. Superou todas as nossas expectativas, pois esperávamos por volta de 10 mil inscritos. Isso mostra que a UFOPA já inicia tendo boa aceitação entre os estudantes, pois esses 17.585 inscreveram-se na UFOPA e não em um curso específico”, conclui Ramalho. (Com informações da Ufopa)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.