Cerca de 100 pessoas invadiram a delegacia de Barrolândia, a 105 quilômetros de Palmas, e lincharam Leonilson Batista de Sousa, 27 anos, que estava preso desde o último dia 14, acusado de ter estuprado e matado a jovem Édia Rodrigues Siqueira, de 18 anos. Ela era moradora de Miranorte, a 99 quilômetros da Capital, e estava visitando o irmão em Barrolândia. Segundo informações extraoficiais, Lenilson já teria passagem pela polícia em outro estado e seria foragido da Justiça.

A delegada de Barrolândia, Sinara Campos, disse ao Jornal do Tocantins que na noite em que Leonilson foi autuado, ela determinou a transferência dele para a cidade de Miranorte, em razão da revolta da população. Mas no último dia 18, ele retornou para a cadeia de Barrolândia, de onde foi retirado na madrugada de ontem por um grupo de pessoas encapuzadas, armadas com armas de fogo, barras de ferro, machados e facas. O grupo arrombou a porta da delegacia e fez os dois agentes plantonistas reféns. O preso foi levado para a praça da cidade, em frente à delegacia, onde foi morto e teve seu corpo esquartejado pelo grupo. Os restos mortais do preso foram encaminhados para o Instituto Médico Legal da Capital.

Uma policial de Miranorte disse que Lenilson foi encaminhado de volta para Barrolândia porque há um parente de Édia preso na cadeia de Miranorte. Ele contou ainda que havia um pedido no Fórum de Miranorte para que Lenilson fosse transferido para outra comarca.

Inquérito

Em entrevista à TV Anhanguera, a delegada informou que instaurou inquérito policial para identificar a autoria do crime e vai aguardar o laudo do Instituto Médico Legal e da perícia. “A polícia vai empreender diligência, inclusive para identificar as pessoas que participaram desse movimento”, afirmou a delegada, ao ser questionada se seria possível a identificação já que as pessoas estavam encapuzadas. Sinara Campos disse ainda que vai ouvir, além das testemunhas, os agentes de polícia que foram feitos reféns. Até a tarde de ontem ninguém havia sido preso. (Alessandra Brito e Isabelle Bento – Jornal do Tocantins)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.