O secretário de Segurança Pública do Tocantins (SSP), Gilson Souza Silva, informou neste sábasdo, 6, ao Patrulhaweb que Sérgio Mendes da Silva, acusado de ser o mandante da morte da própria esposa, Isabel Barbosa Pereira, 34 anos, em Xambioá, em junho de 2009, já está preso na Casa de Prisão Provisória de Palmas.

Sérgio estava detido num presídio no Acre, desde o dia 27, quando foi capturado por policiais, chegou a Palmas por volta das 23 horas dessa sexta-feira, 5. De acordo com o secretário, por questão de segurança, o acusado continuará detido em Palmas, até nova ordem judicial.

Contudo, nos próximos dias, Sérgio deve ser levado a Xambioá para prestar depoimento. O secretário de Segurança Pública disse que ainda não há data prevista para este depoimento.

Indiciados

No dia 20 de outubro o Ministério Público Estadual (MPE) denunciou dez pessoas que estariam envolvidas no assassinato de Isabel. Dentre estas, já estavam presos Ronaldo Spindola Silva, Antônio Batista da Silva Filho, Wagner Mendes da Silva e Ronisley Mendes da Silva.

O MPE também denunciou pelo crime Anderson de Araújo Souza, Antônio Batista da Silva Filho (cunhado de Isabel), Clênio da Rocha Brito (vice-prefeito de Xambioá), Jenner Santiago Pereira (ex-secretário de Finanças de Xambioá), Ronaldo Spindola Silva, Ronisley Mendes da Silva (cunhado de Isabel), Rosely Francisco Alves Silva, Wilmar Martins Leite (marido da prefeita de Xambioá, Ione Leite), Wagner Mendes da Silva (cunhado de Isabel) e Sérgio Mendes da Silva (marido de Isabel). (Patrulha Web – Valmir Araújo)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.