Após a primeira etapa da Operação Enem 2018, desenvolvida pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), o esquema de segurança é mantido para o segundo dia de provas, no próximo domingo (11). A operação envolve mais de 6.500 agentes de segurança, mobilizando representantes de diversas instituições, como Correios, Exército, Polícia Militar, guardas municipais, Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Celpa (concessionária de energia elétrica) e Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), que realiza o Exame

Na segunda etapa da operação, as ações foram iniciadas na última quinta-feira (8) com o deslocamento dos caminhões dos Correios que levam os malotes contendo os cadernos de provas, escoltados por viaturas da Polícia Militar até as agências dos Correios de cada localidade onde haverá o Enem. No domingo, os cadernos serão reconduzidos para as escolas, também com apoio da PM.

No primeiro dia do Exame (4 de novembro), a PM realizou 278 escoltas, número que deve se repetir na segunda etapa. Alguns desses percursos serão acompanhadas por viaturas do Departamento de Trânsito do Estado (Detran), que possuem tecnologia embarcada, o que possibilita o envio de imagens em tempo real do deslocamento.

No dia 11, a Operação Enem terá início às 5h30 com o acompanhamento, em tempo real, pelo Centro Integrado de Comando e Controle Estadual (CICC), que repassará informações ao comando nacional, por meio do Sistema Córtex. O CICC funciona nas instalações do Centro Estadual Integrado de Inteligência (CEII), localizado na Avenida José Bonifácio, em Belém. Lá estarão reunidos representantes dos órgãos envolvidos na operação. A previsão de término é às 22 h, depois da coleta das provas e do direcionamento para o local de correção, no Estado de São Paulo.

Atenção ao horário – No Pará, mais de 281 mil estudantes se inscreveram para o Enem 2018. Haverá aplicação do exame em 75 municípios do Estado. Às 11 h – horário local -, os portões serão abertos e ao meio-dia, também do horário local, fechados. Na capital, a segurança nas escolas municipais ficará a cargo da Guarda Municipal. Nas escolas estaduais e particulares, em Belém e no interior, a segurança será de responsabilidade da Polícia Militar.

Segundo o secretário Adjunto de Operações da Segup, coronel André Cunha, a primeira etapa da operação foi um sucesso em relação à segurança. Para o segundo dia do Exame a expectativa é que as ações sejam ainda mais eficazes e eficientes. “Todos os esforços da segurança pública e demais órgãos envolvidos resultaram em uma operação de muito êxito na primeira etapa. Para a segunda etapa, a perspectiva é melhorar ainda mais quanto à celeridade das entregas e coletas de provas”, disse o coronel. (Laís Menezes)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.