O médico Antônio Lopes Varão foi assassinado na madrugada de sábado, 11, por volta das 2h00, no hospital municipal Adroaldo Alves Matos, na cidade de Bom Jardim, a 400 km de Imperatriz.

O clínico estava de plantão no hospital quando teria sido surpreendido por dois homens armados, que desferiram dois tiros no rosto do médico, o qual teve morte instantânea.

Doutor Varão foi vereador por várias legislaturas no município e chegou a ser vice-prefeito de Bom Jardim.

O corpo do médico foi levado durante a madrugada para o Instituto Médico Legal (IML), em São Luís, e liberado no início da tarde.

Crime

A Polícia Civil já está investigando o crime, mas, a princípio, trabalha com a hipótese de crime de encomenda. A suspeita é que os homens que assassinaram o médico Varão sejam pistoleiros contratados para a execução do serviço.

A elucidação do crime é questão de horas, pois o carro que conduzia os homicidas que fugiam, possivelmente para São Luís, capotou em Vitória do Mearim.

Quatro pessoas estavam dentro do Fiesta branco que capotou na curva dos Crentes em Vitória, duas fugiram e as outras estariam hospitalizados na própria cidade.

Esse é o segundo caso de assassinatos de médicos no Maranhão em menos de uma semana. Na última quarta-feira (8), o médico Anderson Costa Veloso, 61 anos, foi encontrado morto na residência onde morava no Jardim Eldorado, na capital maranhense. O corpo foi encontrado com marcas de tortura, como estrangulamento e espancamento por uma pedra. Duas pessoas foram presas e a polícia está procurando o assassino. O médico Anderson Costa Veloso era homossexual e constantemente era visto com jovens garotos de programa.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.