Policiais civis e militares das cidades de Guimarães e Mirinzal, em cumprimento a um mandado de prisão expedido pelo Juiz Ângelo Antonio Alencar dos Santos, da Comarca de Guimarães, prenderam, no início da manhã desta terça-feira, 7, Carlos Magno Sá, 34 anos, acusado de chefiar o tráfico de entorpecentes na região da Baixada Maranhense.

A prisão aconteceu no Povoado Nazaré, localizado a 70 km da sede do município de Mirinzal. Em poder do traficante foram encontradas duas espingardas municiadas.

Segundo informações policiais, Carlos Magno era proprietário de uma plantação de maconha descoberta em setembro de 2009, ocasião em que a polícia queimou cerca de 12 mil pés da droga.

Ao perceber a presença dos policias, o traficante fugiu. Na época, a polícia ainda realizou diligências para encontrar Carlos Magno, porém por se tratar de uma localidade com mata bastante densa, ele conseguiu escapar.

A localização do foragido, agora, foi possível, após a polícia investigar durante dois meses Carlos Magno. Nesse período, acreditando que as autoridades policiais haviam esquecido o caso, ele retornou para a propriedade da plantação e já estava residindo no local.

Para chegar ao povoado, os policiais precisaram andar por mais de uma hora. Após receber voz de prisão, ele foi encaminhando à Delegacia de Guimarães, onde foi autuado em flagrante, onde ficará detido aguardando decisão da Justiça.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.