Uma operação da Polícia Civil resultou na prisão de três pessoas, além de ter efetuado a maior apreensão de pasta base de cocaína da história do Maranhão.

Antônio Marcos Lima, 40 anos; Lúcia Rosa Alves, 29 anos; e Odailton Santos Carvalho, 29 anos, foram apresentados durante coletiva de imprensa realizada na sede da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-MA).

Durante a apresentação dos acusados, a polícia contou que o casal, Lúcia e Antônio Marcos, foi pego em uma casa localizada na via local Quadra 218, no bairro Parque Vitória, enquanto que Odailton foi detido na casa onde residia, na Rua da Vitória, casa 07, no bairro Santa Cruz.

Além das prisões, a polícia apreendeu uma Pick-Up S-10, de cor prata e placa NHN-0989; uma TV de plasma 42″; várias joias; 62 comprovantes de depósitos bancários; três aparelhos celulares; a quantia de R$ 2 190 e 30 kg de pasta base de cocaína e crack.

Rosinha do Pó

A polícia ainda informou que o trio trabalha para a traficante conhecida como “Rosinha do Pó”, que atua em pelo menos três bairros da capital maranhense como, por exemplo: Jordoa, Parque Vitória e Aldeia. O casal preso trabalhava na distribuição e venda das drogas. Odailton fazia a mesma função tendo privilégios diferentes por ser primo da traficante Rosinha. Ainda segundo a polícia, a renda de Rosinha do Pó obtida com a venda de drogas está avaliada na quantia de R$ 100 mil por semana. (O Progresso)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.