A governadora Roseana Sarney (PMDB) anunciará, às 11h da próxima terça-feira,14, a nova estrutura da administração e o secretariado estadual. Segundo informou NA sexta-feira, 10, o secretário de Comunicação, Sérgio Macedo, logo depois desse anúncio a proposta será encaminhada à Assembleia Legislativa para aprovação dos deputados. Apesar de ter optado por editar a reforma por meio de Medida Provisória, que tem validade imediata, Roseana fez questão de encaminhar o texto imediatamente para análise dos parlamentares.

Segundo Sérgio Macedo, não haverá muitas mudanças na estrutura do governo além do que já foi anunciado pela governadora. A grande novidade da reforma é a volta das gerências regionais. Serão cerca de 20. Roseana explicou que isso não trará maior custo ao Estado porque quase todas as secretarias têm uma estrutura regional, a ser aproveitada.

A Casa Civil vai coordenar as gerências. O prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Silva (DEM), será o titular da pasta. Ele já marcou para o dia 30 deste mês a solenidade de passagem de cargo para o vice-prefeito Gil Cutrim (PSL) em uma grande festa na cidade.

Também estará de volta a Comissão Permanente de Licitação (CPL). O chefe da CPL será Francisco Batista. Roseana só confirmou até agora a fusão das secretarias de Administração e Planejamento, a exemplo do que acontece no Governo Federal.

Ela quer manter no Maranhão uma estrutura semelhante à do Governo Federal. O objetivo é captar para o Estado todos os programas postos em prática em nível federal. Por conta disso, secretarias que seriam extintas como Mulher e Igualdade Racial vão permanecer. Será criada uma estrutura para cuidar da administração penitenciária.

Apesar de especulações nos meios políticos, Roseana não confirmou a criação de uma secretaria exclusivamente para cuidar da pesca. Ela explicou que a pasta que cuida do setor chama-se Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca. A governadora disse que adotará tolerância contra a corrupção.

A grande dificuldade para fechar a reforma é a disputa por cargos. Roseana disse que o novo governo será técnico sem esquecer os políticos. Eu sou política, lembrou.

A secretária Olga Simão deve permanecer no comando da Secretaria de Educação até o início de março. Roseana afirma estar convencida de que o novo titular da pasta tem de ter um perfil mais de administrador que educador.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.