Pelo menos 100 mil moradores de três bairros de Ananindeua, na região metropolitana de Belém, serão beneficiados pelas novas estações de tratamento de água, inauguradas pela governadora Ana Júlia Carepa, nesta segunda-feira, 13. Além das estações, o município ganhou uma adutora para garantir maior qualidade na água servida à população.

A primeira inauguração foi a Estação de Tratamento de Água do Coqueiro. Um investimento de R$ 1,3 milhão, que vai atender 24 mil pessoas. A segunda ETA inaugurada foi a do Paar, onde foram gastos R$ 4,8 milhões, para quase 56 mil moradores. A última ETA inaugurada foi a do Centro de Ananindeua, para beneficiar cerca de 20 mil pessoas, com um investimento de R$ R$ 1,9 milhão.

Com as Estações, a água passa por um processo de tratamento mais rigoroso. As três obras foram executadas com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), governo estadual e FGTS. Dezenas de lideranças dos bairros atendidos pela Cosanpa participaram das inaugurações.

A última inauguração da manhã foi a 1ª etapa da nova adutora da zona de expansão, que levará água tratada do complexo Bolonha para a Cidade Nova e Jaderlândia, em Ananindeua. A adutora tem capacidade para atender 50 mil famílias e contou com investimento de R$ 33 milhões.

O prefeito de Ananindeua, Helder Barbalho, lembrou que os últimos investimentos feitos pela Cosanpa no município foram em 1993. “Agradecemos o empenho do governo do Estado em mudar a realidade vivida hoje pela nossa população, que passou tanto tempo sem receber investimentos em água”, disse ele.

O presidente da Cosanpa, Sérgio La-Rocque, ressaltou que Ananindeua é apenas um dos municípios paraenses que receberam investimentos da Companhia nos últimos 3 anos. “A atual gestão entra para a história da Cosanpa como a que mais investiu em saneamento no Pará. Em todo o estado, foram mais R$ 700 milhões”, declarou.

Para o presidente do Conselho Comunitário do Paar, Antônio Melo, que durante o evento falou em nome da população beneficiada, além da melhoria da água ofertada, deve ser destacado o trabalho social realizado pela Companhia nas áreas atingidas com as obras, como cursos, oficinas e palestras que ajudaram na conscientização para evitar o desperdício e manter o serviço de qualidade.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.