Muitas pessoas em Belém pararam para ver de perto Tayná Carvalho, a paraense vencedora do concurso “Menina Fantástica”, do programa Fantástico, da Rede Globo. Ela saiu, durante a manhã, pelas ruas da cidade em um carro aberto do Corpo de Bombeiros e logo percebeu o orgulho que a população da capital paraense sente pela sua nova estrela.

A carreata saiu da esquina da Lomas Valentina com Antônio Everdosa, e passou pela Pedro Miranda, Alcindo Cacela, José Malcher, Generalíssimo e Nazaré, até a Basílica Santuário, onde a modelo agredeceu a Nossa Senhora de Nazaré pelas vitórias que conquistou nesse ano. Em seguida, ela foi para a TV Liberal. Antes e durante o percurso, admiradores tentavam se aproximar de Tayná, para tirar foto ou conseguir um autógrafo. A modelo sempre retribuía o carinho dos fãs com muita simpatia. “Eu estou sentindo uma emoção enorme. É muito gratificante o reconhecimento do público”, disse a modelo, que retorna a São Paulo no dia 4 de janeiro. “Eu sinto falta do calor de Belém, da comida de Belém. Eu amo a minha cidade”, afirmou.

A paraense conta que sua vida mudou radicalmente desde o resultado do concurso. “Minha família não tem carro. A gente anda de ‘busão’ mesmo. A questão de andar na rua vai mudar, mas eu pretendo continuar a mesma que sempre fui”, afirma.

Tayná chegou à avenida Nazaré. Descalça, parou em frente à porta da Basílica, juntou as mãos, baixou a cabeça, fechou os olhos e fez uma oração silenciosa. “Eu não posso pedir mais nada. Agora eu vou agradecer por tudo que aconteceu comigo. Vou cumprir a promessa que eu tinha feito. Sou uma pessoa muito religiosa”, comentou. Após a oração, a modelo recebeu o carinho de um homem que pedia dinheiro em frente à porta da igreja. “Que Deus lhe dê muito dinheiro e felicidade. Você merece”, disse o pedinte. Tayná se aproximou para agradecer. “Obrigada e que Deus lhe dê muita saúde”, respondeu.

Imaculada Carvalho, mãe da “Menina Fantástica”, afirma que a ficha ainda não caiu. “Estou muito feliz e tento aproveitar o máximo esse momento junto com ela. Quando ela estiver em São Paulo, vou tentar ficar perto dela. É muito difícil a gente ficar longe de filho, ainda mais quando é filho único. Mas, nesse caso, vale a pena. Mudou toda a rotina da gente, mas eu estou gostando”, conta.

Orgulhosa por ter uma vizinha famosa, a doméstica Cleide Silva, de 63 anos, não se conteve e pediu para Tayná autografar em suas costas. “Eu não vou mais lavar. Vai ficar assim”, brincou. “Ela é o orgulho da gente. Merece tudo isso”, disse.

A recepcionista Daniele Moraes, de 31 anos, também quis ver de perto a Menina Fantástica. “Eu quero que ela seja muito feliz e tenha muito sucesso. É uma menina muito esforçada”, opinou. (O Liberal)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.