Comércio e serviços são os setores, com exceção do poder público, que mais empregam em Palmas. Juntos somam 29.752 empregos formais, sendo, respectivamente, 12.130 e 17.622. Os dados são do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e referem-se ao ano de 2009. Ao prosseguir com a análise verifica-se ainda que os homens lideram os postos de trabalho, com 7.569 no comércio e 9.624 em serviços. As mulheres, por sua vez, respondem, respectivamente, por 4.561 e 7.998 das vagas.

Constata-se ainda que além de serviços ser o que mais emprega, também é o que oferece os melhores salários. A remuneração média de empregos formais, no ano passado, no comércio, era de R$ 955,95 para homens e R$ 796,74 para mulheres. Uma diferença de R$ 159,21, ou 19,98%. Já na área de serviços, o sexo masculino recebia em média R$ 1.733,99 e o feminino, R$ 1.624,98.

Palmas abriu, no ano de 2009, 110.148 vagasformais. Deste total, 55.136 foram ocupadas por homens e 55.012 por mulheres. Os empregados foram distribuídos entre oito atividades: extrativa mineral (108); indústria de transformação (1.943); serviços industriais de utilidade pública (1.869); construção civil (6.016); comércio (12.130); serviços (17.622); administração pública (70.137) e, por último, o setor agropecuário, com 323. De janeiro a outubro o levantamento do MTE aponta que o salário médio de admissão do  comércio é de R$ 646,91 e em serviços é de R$767,84.

O Censo traz outros indicadores do mercado de trabalho. Os trabalhadores formais (compreende os empregados com carteira assinada, militares e estatutários) são em sua maioria da cor parda, com 14.729. Deste total, 9.485 são homens e 5.244 são mulheres. Em segundo lugar ficam os denominados de cor branca 11.541. Os de cor preta ocupam o terceiro lugar com 1.522, os homens com 1.218 e mulheres com 304. Já os indígenas respondem por uma parcela de 180 – homens com 110 e as mulheres, 70. Por fim tem a raça de cor amarela 43, homens com 21 e mulheres com 22. (Theíza Cristhine – Jornaql do Tocantins)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.