Reuniao na 4ª CIPM (3)

Na manhã desta quarta-feira, 10, aconteceu mais uma reunião no Comandante da 4ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM). O encontro contou com a presença dos oficiais e praças da sede da Unidade.

O pastor e 1º tenente, Deuramar Ribeiro Leite, responsável pelos trabalhos da Capelania Militar Evangélica e chefe da Assessoria de Comunicação (ASCOM) da 4ª CIPM realizou a abertura da reunião com o momento religioso.

O major, Antonio Alberto Lemos Sodré, respondendo pelo Subcomando, enfatizou as necessidades que cada policial deverá observar para o bom andamento das atividades e missão atribuídas ao policial militar da 4ª CIPM. Já o 1º tenente, Dourivan Santos Pereira, comandante do 1º Pelotão Operacional da Unidade, enfatizou as adequações feitas nas escalas de serviço objetivando melhorias para o efetivo empregado na sede da 4ª CIPM.

De acordo com o tenente Santos, “a preocupação do 1º pelotão não é somente com a escala em que o policial militar estará empregado no dia do serviço, mas também, com sua folga, a fim de que o profissional possa ter um melhor descanso, resultando em maior tempo em que o militar passará com a família e o preparo físico e mental para o próximo serviço, em atenção à sociedade”, afirmou.

O tenente coronel QOPM Sherlock, comandante da Unidade, agradeceu a presença de todos, fez alusão à confraternização de final de ano em que a Unidade estará promovendo à família miliciana e às promoções ocorridas este ano, onde vários oficiais e praças da 4ª CIPM foram agraciados. Ele finalizou seu discurso parabenizando pela conquista, e convidou a todos para continuarem se esforçando e se doando através do nobre ofício policial-militar: “Me sinto lisonjeado pelo apoio de cada integrante da Unidade. O mérito do comando da CIPM não é meu, e sim, de todos”, afirmou. (ASCOM 4ª CIPM)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.