O policial militar Jean Claúdio dos Reis Apinajé, principal suspeito de assassinar a tiros o cinegrafista José de Ribamar Carvalho Filho, no último sábado (29), em Imperatriz, se entregou no 3° Batalhão de Polícia Militar, na madrugada desta quinta-feira (4). A informação foi confirmada pela Polícia Militar.

Jean Cláudio dos Reis será apresentado ao delegado regional e transferido para o Quartel do Comando Geral da Polícia Militar do Maranhão, em São Luís. Além da morte do cinegrafista, o PM é suspeito de ter assassinado uma segunda pessoa, no bairro Bacuri, minutos depois da morte do cinegrafista.

Entenda

José de Ribamar Carvalho Filho estava acompanhado dos dois filhos quando foi abordado pelo assassino. Ele ainda correu para os fundos do bar, mas ficou sem saída e levou cinco tiros. Levado para o hospital, o cinegrafista de 48 anos de idade, não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo no Hospital Municipal da cidade.

José de Ribamar, que era conhecido como ‘Carvalho’ no meio da imprensa, era produtor e cinegrafista de um programa policial independente, exibido no canal 21. A violência do crime chocou todos os seus amigos.

Em nota, o governo do Estado do Maranhão lamentou a morte do cinegrafista José de Ribamar Carvalho Filho e afirmou que ele era considerado um profissional muito querido em Imperatriz pela sua competência e dedicação ao trabalho. Já a Secretaria de Estado de Segurança Pública, informou que o trabalho de investigação será intensificado.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.