IMG-20141219-WA0053

Na manhã desta sexta-feira, 19, Policiais Militares e Oficiais de Justiça cumpriram um mandado de reintegração de posse da área pertencente ao estado do Tocantins, a qual faz parte do Projeto Sampaio, nas imediações do porto da balsa, município de Sampaio. A ordem judicial foi expedida pelo Juiz da Comarca de Augustinópolis, Doutor Jefferson David Asevedo Ramos  Havia cerca de 80 habitações, sendo que algumas delas eram edificadas com tijolos e já estavam co suas delimitações definidas por cercas.

Ao chegarem no local, os oficiais e os militares convocaram os ocupantes para ler o texto da ordem judicial, bem como solicitar que a desocupação fosse feita de forma pacífica, o que realmente aconteceu. A partir daí as pessoas começaram a retirar seus objetos pessoais das residências, para que um trator procedesse à derrubada de cercas e casas. A prefeitura de Sampaio disponibilizou caminhões, ônibus e caçambas para realizar o transporte de móveis, objetos e pessoas, sendo que a maioria partiram para o município de Cidelândia-Ma.

De acordo com a Polícia Militar, havia várias denúncias de que na área invadida funcionava comercialização de entorpecentes e animais silvestres, porém não foi encontrando nenhum indício de que isto estivesse ocorrendo ali. Alguns dos ocupantes alegaram que não invadiram as terras e que foram enganados  por um senhor, que lhes vendeu os lotes pelo valor de hum mil reais. Diante disto, os policiais orientaram as pessoas a prestarem queixa contra o suposto estelionatário para que a Polícia Civil investigue o caso. (Patrulha na Net)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.