transamazonica-araguatins

Integrantes do Movimento Frente Nacional de Luta no Campo e na Cidade (FNL), prometem repetir nesta quarta-feira, 14, o bloqueio da rodovia Transamazônica (BR-230), na região da Água Amarela, no município de Araguatins. O grupo de cerca de 70 pessoas vivem em um acampamento denominado Fidel Castro, às margens da rodovia e reivindica lonas e alimentos.

No último dia 9, o grupo bloqueou a Transamazônica, por cerca de 3 horas, mas policiais militares e bombeiros, conseguiram convencer o grupo a desobstruir a via.

Ananias Almeida, líder do FNL
Ananias Almeida, líder do FNL

Segundo o coordenador do movimento, Ananias Almeida, o prazo solicitado pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), para atender as reivindicações do movimento social, venceu nesta terça-feira, 13, e por volta das 8h desta quarta, o grupo decidirá em assembleia no acampamento se fará o bloqueio.

O chefe da Unidade do Incra em Araguatins, Valdiné Reis de Sousa, o Goiano, disse a nossa reportagem, que o órgão em Araguatins não tem condições de atender as solicitações do FNL, pois deixou de ser unidade gestora. Segundo Goiano, as tratativas reivindicadas pelo movimento social, foram feitas direto com a Superintendência em Palmas.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.