image

O pedido de impeachment do governador Marcelo Miranda foi entregue nesta quarta-feira, 14, na Assembleia Legislativa (AL). Logo cedo, sindicalistas do movimento pré-impeachment já estavam na porta da casa de leis com cartazes pedindo o impedimento.

O documento foi entregue simbolicamente pelo presidente do Sindicato dos Servidores Públicos (Sisepe), Cleiton Pinheiro ao presidente da AL, o deputado Osires Damaso (PSC). Posteriormente, o sindicato protocolou o pedido de impedimento.

Conforme Pinheiro, agora uma via do protocolo ao governador, posteriormente e Marcelo Miranda terá uma prazo de 15 dias para se manifestar, o mesmo prazo têm a AL para criar uma comissão especial de Impeachment.

“Esse pedido como assinaturas da população mostra a insatisfação da população com a forma do governo governar”, comentou. O documento com o pedido conta com mais de 13 mil assinaturas. Foram recolhidas assinatura em 17 municípios. Ao todo são 94 páginas que apresentam documentos com supostos crimes de responsabilidade cometidos pela gestão. (Jornal do Tocantins)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.