Depois de “tomar” o PODEMOS do deputado federal, Carlos Gaguim, que ficou sem comando do partido e deve migrar para outra legenda, o prefeito de Palmas e pré-candidato a governador, Carlos Amastha (PSB), está trabalhando nos bastidores para levar para sua base o PHS, de Mauro Carlesse.

O presidente da Assembleia Legislativa sabe que sua atual legenda é pequena para poder negociar uma espaço majoritário em 2018, por isso, vem estudando migrar para um partido de maior relevância.

Sabedor da intenção de Carlesse, Amastha já enviou intermediários para tratar junto a direção nacional do PHS, a migração da legenda para sua base.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.