Como parte da programação do “Projeto Natal Luz”, a Igreja Católica de Ananás apresentará nesta quinta-feira, 28, às 22h, na Praça Matriz, um grande show cultural com o cantor, compositor e violeiro Claudivan Santiago, uma das revelações da música tocantinense. O evento é beneficente e toda a renda será destinada para a compra de aparelhos de ar-condicionado da Igreja.

O projeto Natal Luz é encabeçado pela publicitária Letícia Cardoso, que, juntamente com artesãos, donas de casa, estudantes e toda a comunidade local embelezaram a Praça da Matriz utilizando materiais reciclados, como garrafas pet, pneus, tampinhas, madeira e, claro, muita criatividade.

O violeiro

Claudivan Santiago nasceu no município de Tocantinópolis e atualmente mora em Brasília. Passou toda a sua adolescência em Ananás, de onde saiu em 1992, aos 19 anos, para cursar faculdade em Araguaína. Músico autodidata, começou a tocar profissionalmente aos 15 anos na banda de forró do seu pai, Raimundo Santiago, que ainda mora na cidade. Participou de festivais de música no Tocantins e tem quatro discos gravados.

Estudou na Escola de Música de Brasília, uma das mais conceituadas do país, e teve como professor o pesquisador Roberto Correa, doutor em viola caipira pela USP (Universidade de São Paulo) e um dos responsáveis pela codificação da arte de tocar viola caipira no Brasil. No ano de 2013, recebeu em São Paulo o mais importante prêmio da viola brasileira da atualidade, o Prêmio Rozini de Excelência da Viola Caipira, juntamente com ícones da música-raiz, como a apresentadora Inezita Barroso e violeiro Almir Sater.

Atualmente, Claudivan Santiago se apresenta em teatros e casas noturnas de Brasília e região com um show puramente de viola caipira. Também se apresenta em emissoras de tevê e de rádio em nível nacional, representando o Tocantins. Graças a isso, já é conhecido em praticamente todo o Brasil e tem seu trabalho comparado ao de Almir Sater, devido ao estilo de suas composições, sua técnica e versatilidade e a grande semelhança vocal com o violeiro do Pantanal.

O show

De acordo com o cantor, o show terá duração de cerca de uma hora e meia e um repertório especialmente montado para o público ananaense, para os verdadeiros amantes da viola caipira. No palco, Claudivan Santiago estará acompanhado de suas violas e mais quatro músicos: Rogério Rodrigues (baixo), Paulo Ramos (violão nylon), Alex Soares (percussionista) e Pedro Ítalo (violão aço). “Cantar na minha cidade com certeza terá um sabor diferente de tudo que já vivi. Porque as memórias da minha adolescência certamente virão à tona. Estarei cantando diante dos meus amigos, dos meus familiares e da igreja onde eu tocava violão no grupo de jovens. Será emocionante”, avisa Santiago. (Assessoria)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.