Por entender que o evento é uma tradição não apenas em Araguatins, mas em toda a região, sendo referência por quase duas décadas, o empresário Marcos Eticcam, garantiu que mesmo a Prefeitura Municipal não realizando o Réveillon 2018, ele vai se articular junto a empresários locais para realizar a festa.

“Sei que o momento é de crise e que a Prefeitura tem muitas coisas pendentes. Mas não podemos deixar que a falta de organização penalize um evento que além de trazer alegria, gera renda a muitas pessoas”, comentou Eticcam.

O empresário disse que ainda tem esperança que o prefeito, Cláudio Santana, o deputado Rocha Miranda ou o Governo do Estado, se manifestem e mesmo que de maneira modesta, promovam o evento e comuniquem a sociedade até quarta-feira, 27. Caso isso não ocorra, na noite do mesmo dia, Eticcam e empresários parceiros devem definir o formato do evento que será público no Caís do Porto.

“Vamos fazer um evento simples, com artistas locais e regionais, mas vamos fazer. Também terá a tradicional queima de fogos. Caso o poder público não se manifeste vamos anunciar o formato do evento na quinta”, finalizou Eticcam.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.