Três pessoas foram presas nesta quinta-feira (6) em Marabá, no sudeste do Pará, pelo transporte irregular de oito toneladas de queijo em caminhão de transporte bovino. A carga foi apreendida e os presos, entre eles o dono da mercadoria, devem responder por prática de crime contra o consumidor.

O flagrante foi feito a partir de uma denúncia anônima. O veículo foi interceptado pela Polícia Civil na saída da cidade. O produto era transportado coberto por lonas e sacos plásticos e estava sendo levado para o Maranhão.

Equipes da Vigilância Sanitária e da Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adepará) avaliaram a mercadoria e condenaram o consumo.

Segundo o gerente regional da Adepará, Mathias Damasceno, o material teria que ser transportado com refrigeração adequada. “Esse veículo é de transporte bovino e chegamos a encontrar dejetos fecais de animais, o que invializa o consumo”, disse.

O motorista do caminhão prestou depoimento à Polícia e foi liberado. A mercadoria deve ser descartada. A terceira pessoa presa foi o carregador do caminhão que tem ligações com o dono da carga.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.