Connect with us

Tocantins

13ª edição da Festa da Colheita do Capim Dourado mantém tradição local

Publicado

em

Trazendo um novo olhar sobre a forma de apresentar a comunidade Mumbuca para turistas e visitantes, encerrou no domingo, 19, a Festa da Colheita do Capim Dourado, a festividade mais marcante do povoado. Mais de duas mil pessoas participaram das atrações durante os três dias de evento, que contou com maratonas, desfiles, futebol, cavalgada, peças teatrais e premiações. A 13ª edição teve o apoio do Sebrae Tocantins e da Energisa.

O evento também teve um papel social fundamental, em que a Energisa Tocantins levou o projeto “Energia para Crescer”, em parceria com o Sebrae. Segundo o gerente da Assessoria de Gestão de Projetos da Energisa, Leandro Fernandes, foi possível resgatar a cultura do Capim Dourado, além de fazer o recadastramento de famílias de baixa renda.


“O Energia para Crescer é um projeto que tem o objetivo de desenvolver três comunidades quilombolas da região do Jalapão: Mumbuca, Prata e Rio Novo. Nesse final de semana, tivemos a oportunidade de estar na Festa da Colheita, onde resgatamos um pouco da cultura do povoado Mumbuca, junto aos moradores. A Energisa entende que o seu papel vai além de distribuir energia; é por isso que estão sendo desenvolvidas ações sociais em todo o Estado”, destacou.

De acordo com a analista do Sebrae, Admary Barbosa, a Festa envolveu todos, seja na organização, nas atividades realizadas ou na programação de um modo geral. “Foi um evento excelente. Nós do Sebrae, em parceria com a Energisa, contribuímos com estrutura, iluminação, material de comunicação, a fim de ter um ambiente que pudesse receber os visitantes, e que eles pudessem participar das atrações e conhecer a comunidade, trazendo esse novo olhar sobre a vida e trabalho do povoado”, pontuou.

Railane Ribeiro, diretora executiva e presidente da Associação dos Artesãos do Povoado Mumbuca, afirmou que o evento superou as expectativas. “Terminamos a nossa Festa e foi surpreendentemente bom. Contribuiu para integrar ainda mais a comunidade e nos unir para continuarmos levando nossa cultura por todo o País”, celebrou.

Povoado Mumbuca
O povoado está localizado próximo à rodovia TO-110, no trecho entre as cidades de Mateiros e São Félix do Tocantins. A comunidade é formada, em sua maioria, por descendentes indígenas e negros, vindos da Bahia em 1909, em busca de melhores condições de vida. Já a Festa da Colheita do Capim Dourado já faz parte da tradição e é promovida pela Associação dos Artesãos do Povoado Mumbuca. O período é uma oportunidade para conhecer cultura, tradições e saber como se dá o processo artesanal do capim dourado. (Assessoria de Imprensa do Sebrae Tocantins)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Wanderlei exonera 9 secretários de Carlesse

Publicado

em

Nada mais, nada menos que nove secretários do Governo Carlesse, foram exonerados pelo governador em exercício Wanderlei Barbosa, na noite desta segunda-feira, 25. As exonerações foram publicadas no Diário Oficial. Veja a lista:

Aldison Wiseman Barros de Lyra (Ton Lira), secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços

Divino Allan Siqueira, secretário da Governadoria

Élcio de Souza Mendes, secretário de Estado da Comunicação

José Humberto Marquez Pereira, secretário Extraordinário de Assuntos Parlamentares

Keliton de Sousa Barbosa, secretário Extraordinário de Ações Estratégicas

Luiz Edgar Leão Tolini, secretário de Estado da Saúde

Rolf Costa Vidal, secretário-Chefe da Casa Civil

Sandro Henrique Armando, secretário de Estado da Fazenda

Thiago Pinheiro Maciel, Presidente da Agência de Tecnologia da Informação

Continue lendo

Tocantins

ARAGUAÍNA: Abertas inscrições para novas turmas de cursos gratuitos na Praça CEU

Publicado

em

A Prefeitura de Araguaína por meio da Secretaria de Esporte, Cultura e Lazer está disponibilizando mais de 65 vagas para os cursos de violão, break dance, incentivo à leitura e produção de bijuterias. As aulas são ofertadas gratuitamente na Praça CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados), que fica no Setor Araguaína Sul 2. 

As inscrições iniciam nesta segunda-feira, 25, e seguem abertas até o preenchimento das vagas, disponibilizadas de acordo com o curso e a faixa etária. Para participar das aulas de violão, por exemplo, é necessário ter entre 8 a 15 anos, ao todo são 20 vagas. No caso do break dance, também é oferecida a mesma quantidade de oportunidades, podendo participar moradores com mais de 10 anos.

Já o curso de Incentivo à Leitura que tem como proposta trazer atividades lúdicas que estimulem a reflexão, curiosidade, criatividade meio dos livros, jogos e dinâmicas pedagógicas, podem participar alunos a partir de 6 anos, ao todo são 12 vagas. Para quem deseja ter uma renda extra, o curso de bijuteria oferece 15 oportunidades e as matrículas podem ser realizadas por pessoas com mais de 15 anos.

Como se matricular

As matrículas são realizadas na sede administrativa da Praça CEU, localizada na Avenida Tietê, ao lado do CRAS (Centro de Referência e Assistência Social). O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8 às 11 horas e das 14 às 17 horas.

Os documentos necessários para se inscrever nas modalidades são:  cópias do RG, CPF e comprovante de residência. Em caso do menor de idade, além dos documentos do aluno, anexar cópias da documentação do responsável.

Benefício para comunidade

O Projeto de Esporte e Cultura tem como objetivo beneficiar mais 20 mil moradores de setores como: Raizal, Tereza Hilário Ribeiro, Imaculada Conceição, Morada do Sol I, II e III, Setor Coimbra, Vila Patrocínio e Jardim das Flores.

Desde agosto, as aulas na Praça CEU estão atendendo gratuitamente mais de 135 alunos em aulas de futsal, break dance, iniciação teatral, flauta doce, vôlei e inglês, além de curso de bijuteria, grupo de terapia, oficina pedagógica com incentivo à leitura e atendimento social.

“É prazeroso ver as crianças, jovens e adultos sendo atendidos dentro de um instrumento da prefeitura que oferece várias modalidades de esporte, cultura e lazer e convívio social. Queremos desenvolver naquele espaço um padrão de atendimento que se torne referência nacional em breve iremos ampliar mais ainda nossos atendimentos”, afirmou o secretário de Esporte, Cultura e Lazer, Zeca de Oliveira. (Giovanna Hermice / Foto: Marcos Sandes)

Continue lendo

Tocantins

Sicteg On foi encerrado com música e campeonato de games

Publicado

em

Chegou ao fim a 7ª edição da Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi (Sicteg On), na sexta-feira (22). O evento marcou a volta dos eventos presenciais no município de Gurupi e reuniu de forma remota lideranças locais, instituições de ensino superior e empresas regionais.

Durante a cerimônia de encerramento, o diretor-geral do Campus IFTO de Gurupi, Marcelo Terra, destacou a importância da integração e parcerias entre governos e empresas na realização do evento. “A Sicteg cada vez mais tem trazido inovação a esferas de extrema importância da nossa comunidade e tem cumprido seu papel, que é aproximar o setor produtivo, o poder público, e as academias, onde é gerada a inovação e conhecimento. Então, dessa forma este conhecimento vem atender e fomentar soluções por meio da tecnologia”, enfatizou.

A diretora do Programa InovaGurupi, Adriana Terra, ressaltou as parcerias firmadas para a realização da 7° Sicteg, com a presença do IFTO, UnirG, Unitins, UFT, UFNT, Embrapa, o “S’, Empresas, Fapt, em um formato que demonstra a força e relevância da ciência.  “A consolidação do modelo Sicteg, como atividade de política pública do Programa InovaGurupi, só é possível pelo apoio financeiro e econômico da Prefeitura de Gurupi, Sebrae e Instituições de pesquisa. Isso permite que a ciência, a tecnologia e a inovação possam continuar dando sua inequívoca contribuição para a solução dos problemas da sociedade tocantinense”, reforçou.

A diretora técnica do Sebrae, Eliana Castro, agradeceu aos parceiros e ressaltou a importância da Sicteg para a comunidade acadêmica e empresarial do município. “Batemos a nossa meta, com a participação de acadêmicos, professores, empresas privadas, grandes nomes do governo local e a comunidade em geral. Foi um excelente evento, com mais de seis mil participantes. O sentimento é de dever cumprido!”, comemorou.

A programação contou ainda com premiações dos campeonatos de games e também dos trabalhos científicos submetidos durante a Sicteg On. A noite foi encerrada com a apresentação do músico João Bolo que encantou ao público com belas canções.

Balanço Geral

O evento contou com cerca de 6.789 participantes inscritos; 104 palestras ministradas; 49 mesas redondas; 4 minicursos; 120 Mostras Sicteg; 95 Mostras Unitins; 776 Mostras Siepe, que totalizaram 991 nos três dias de realização.

“A transversalidade da ciência, tecnologia e inovações para o planeta”, foi o tema da 7ª Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi/TO (Sicteg), realizada entre os dias 20 a 22 de outubro de 2021. A Sicteg é uma ação alinhada à 18ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – SNCT/MCTI.  O evento gratuito foi coordenado pelo Programa InovaGurupi da Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia de Gurupi, Conselho de Gestores de Instituições de Ensino Superior de Gurupi e conta com a colaboração do Governo Federal/Estadual, Senac, Sesi, Senai e Sebrae. (Assessoria de Imprensa do Sebrae Tocantins)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze