Connect with us

Tocantins

2º Fórum das Serras Gerais destaca turismo e potencialidades da região

Publicado

em

Empresários, prefeitos, diretoria do Sebrae Tocantins, moradores, representantes de instituições financeiras e de turismo participaram, na sexta-feira (3), do 2º Fórum de Turismo das Serras Gerais, no Colégio João D’Abreu, em Dianópolis. O objetivo foi discutir ações para o desenvolvimento sustentável do turismo na região, na cidade polo sudeste do estado.

José Salomão, prefeito de Dianópolis, comemorou a continuação do Fórum, que representa relevância para o segmento. “Estamos sendo ouvidos e participando juntos nessa construção do turismo e fortalecimento dos atrativos da nossa região, com grutas, cachoeiras, trilhas, cavernas que encantam nossa comunidade e os visitantes. Nosso município é a capital do mundo e estamos de portas abertas para receber iniciativas que tornem nosso estado ainda mais pujante e rico”, ressaltou.

O superintendente do Sebrae, Moisés Gomes, enfatizou a importância de colocar o turismo cada vez mais em evidência como pauta de alinhamento entre os órgãos públicos e privados. “Nossa agenda aqui hoje tem tudo a ver com a bandeira do Sebrae. O turismo é uma das molas mestras do Tocantins e uma das atividades que mais cresceu no estado, com potencial enorme e que podemos desenvolver ainda mais o setor, por meio das parcerias com as prefeituras, o Governo do Estado e o Sistema S. Neste momento que o turismo está retomando aos poucos, se abre uma janela imensa de oportunidades, com novos hábitos e o turismo de céu aberto, de aventura, de vivências e tudo isso temos a oferecer aqui”, reforçou.

O presidente da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Hercy Ayres Rodrigues, ressaltou a união das entidades para superar os desafios do setor. “Se somarmos nossas forças, eu não tenho dúvidas de que o resultado aparece. Juntos, Municípios, Estado e o Sistema S, nós temos muito a produzir. Quanto mais investimentos fizermos no turismo, mais emprego e renda daremos às pessoas. Temos a honra de participar da segunda edição do Fórum das Serras Gerais e percebemos que temos tudo para colocar o turismo como a mola propulsora do desenvolvimento”, destacou.

Nilton, Roversi, vice-presidente do Centro Empresarial do Turismo (Cetur), afirmou que a região das Serras Gerais é marcada por pessoas capacitadas e que tem uma característica empreendedora “na veia”. “Temos uma gente que carrega nas costas o desenvolvimento local. Vi o Sebrae lapidar essa joia do turismo, trazendo para cá uma oportunidade para todos, com a dignidade do trabalho, para que cada pessoa pudesse ter melhores condições econômicas e que hoje já é realidade. Estamos todos de parabéns!”, comemorou.

A diretora técnica do Sebrae, Eliana Castro, moderou o painel que debateu o tema: “Negócios, Inovação e Sustentabilidade”. “Enxergamos nas Serras Gerais oportunidades de negócios latentes e que podem fortalecer os atrativos locais, colocando a região em destaque ainda mais no estado e no Brasil. São iniciativas como essa que podemos acreditar e reforçar as ações para que os frutos sejam em benefício de todos, por meio de um turismo sustentável e que atenda as necessidades da comunidade e dos visitantes que aqui se encantam”, disse.
Deuzuita Santana, proprietária de um restaurante no Rio Azuis falou sobre a experiência de capacitação feita pelo Sebrae. “Eu sou muito grata ao Sebrae pelas atividades e dedicação com os pequenos negócios aqui na região. Sempre que precisamos de qualificação, apoio ou consultorias, podemos ter acesso às diferentes possibilidades para melhorar o turismo das Serras Gerais”.

Público conferiu ainda a palestra “O Turismo na Nova Economia”, com a coordenadora de Turismo na Unidade de Competitividade do Sebrae Nacional, Ana Clévia e a apresentação do Inventário e Planejamento Turístico do Tocantins, conduzido pelo Sebrae Tocantins, com o diretor executivo da Agência Brasileira de Engenharia Turística (Abet), Dener Fonseca.

Estiveram presentes os gestores públicos e secretários de diversos municípios da região, além de instituições financeiras como o Banco da Amazônia, Caixa Econômica Federal e Agência de Fomento do Turismo, para oferecer e apresentar as linhas de crédito para o setor.

A gerente do Sebrae em Dianópolis, Fabíola Wolney, pontuou que as discussões aqueceram o turismo na região. “Nossa segunda edição foi um sucesso e conseguimos perceber o brilho nos olhos dos empreendedores e comunidade local, com tantas possibilidades que temos a conquistar, com propostas sustentáveis e inovadoras”.

O Fórum foi realizado pelo Sebrae em parceria com o Ministério do Turismo, Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado, Fecomércio, Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc) e Associação de Desenvolvimento do Turismo Sustentável e Produção Associada de Serras Gerais do Tocantins (Assegtur), uma entidade não governamental e sem fins lucrativos. (Assessoria de Imprensa do Sebrae Tocantins)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

ARAGUAÍNA: Município terá Semana D de combate à Dengue

Publicado

em

Do dia 24 a 29 de janeiro, a Prefeitura vai intensificar as ações da Campanha Araguaína contra a Dengue. Durante a Semana D de conscientização estão previstas a divulgação de mídias na cidade, visitas dos agentes, vistorias domiciliares, mutirões de limpeza nos bairros, caminhada, palestras e apresentações teatrais nas escolas e empresas.

A semana tem como objetivo reforçar o combate ao mosquito Aedes aegypti transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya, que já vem sendo feito com vistoria nas casas e pelo carro fumacê nos bairros com maior incidência das doenças

“Será uma semana de ações intensas para conscientização da população, pois é importante que cada um, na sua casa, faça o seu papel de proteção e entenda que não está protegendo só a sua família, mas sim o bairro e a cidade”, afirmou a secretária da Saúde de Araguaína, Ana Paula Abadia.

Números preocupam
Conforme o LIRAA (Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti), que mede o número de focos por casa, Araguaína alcançou uma marca de 8%, um valor considerado alto, já que o índice máximo aceitável pelo Ministério da Saúde é de 1%. Nos primeiros 15 dias de 2022, foram notificados 226 casos de dengue na cidade. 

Diante do aumento dos casos, o superintendente da Vigilância em Saúde, Eduardo Freitas, explicou a importância da participação da comunidade para o controle da dengue. “Teremos uma caminhada de abertura e paralelo a isso diversas ações, mas pedimos o apoio de toda a população, pois sabemos que mais de 70% dos focos do mosquito encontrados em Araguaína estão dentro das próprias residências”.

Araguaína contra a dengue
A Semana D de Conscientização de combate ao Aedes aegypti inicia com a Caminhada Araguaína contra a Dengue. Os agentes de combate a endemias, da saúde, Corpo de Bombeiros, ASTT (Agência de Segurança, Transporte e Trânsito), GMA (Guarda Municipal de Araguaína), Demupe (Departamento de Posturas e Edificações) e servidores de outros órgãos vão percorrer a Avenida Cônego João Lima, no centro comercial da cidade, no dia 24, entregando panfletos de conscientização e fazendo um alerta às pessoas.

Durante a semana, estão previstas orientações sobre a dengue por toda a cidade. Painéis e panfletos serão distribuídos pelas principais vias da cidade e um carro de som também irá transitar nos bairros com a mensagem de alerta.

Os agentes ainda estarão visitando as residências em pontos estratégicos, realizando mutirões de limpeza e orientando os moradores para evitar a proliferação do mosquito. Em locais como lotes baldios, calçadas, casas abandonadas, os profissionais do Demupe intensificarão a fiscalização dos matos altos e lixo.

Vistorias também serão realizadas nas secretarias municipais e órgãos públicos, além de palestras e peças teatrais em escolas e empresas. A programação completa da Semana D de conscientização está prevista para ser divulgada até esta sexta-feira, 21. (Giovanna Hermice / Foto: Marcos Sandes)

Continue lendo

Tocantins

ARAGUAÍNA: Vacinação de crianças contra Covid-19 começa nesta sexta, 21

Publicado

em

Araguaína iniciará a vacinação de crianças contra a covid-19 nesta sexta-feira, 21. O grupo que tem quase 19 mil meninos e meninas foi subdividido para aplicação por etapas. As primeiras a serem atendidas são da faixa etária de 5 a 11 anos, que tenham deficiência permanente ou comorbidades.
 
Antes do início da aplicação, as equipes serão treinadas para administração, que tem medida e diluição diferente do que é aplicado nos maiores de 12 anos. “O que muda visualmente é o volume, que é 0,1 miligrama menor para as crianças e o rótulo do frasco é laranja. Além disso, o princípio ativo da vacina é um terço do que é aplicado nos adolescentes e adultos”, explicou a diretora municipal da Imunização, Samilla Braga.
 
A diretora ressalta que as crianças não estão isentas de complicações causadas pela covid-19 e por isso devem ser imunizadas. “Avaliando o cenário epidemiológico de 2020 e 2021 no Brasil, foram registrados mais de seis mil casos graves de covid em criança e dessas 308 morreram. A imunização é necessária para que elas tenham a possibilidade de combater o vírus e evitar o agravamento”.
 
Público-alvo
O cronograma de vacinação é estabelecido pela Nota Técnica nº 2/22, do Ministério da Saúde. Após o grupo com deficiência e comorbidades, o próximo a receber o imunizante é formado por crianças indígenas e quilombolas, seguido por crianças que morem com pessoas com alto risco. Concluída essas etapas, a aplicação seguirá a ordem decrescente de idades, começando pelos mais velhos 11 e 10 anos, e continuando para 9 e 8 anos, 7 e 6 anos, e finalizando nas crianças de 5 anos.
 
Programação
A primeira remessa tem previsão de chegada hoje, 19, com 2.120 doses, e o treinamento teórico e prático com todas as equipes de vacinação municipal será realizado amanhã, 20. Após a sexta-feira, 21, o atendimento nas UBS retornará na segunda-feira, 24, e seguirá enquanto durar o estoque enviado pelo Ministério da Saúde.
 
Onde tomar?
São cinco UBS (unidades básicas de saúde) disponíveis para vacinação desse público-alvo contra covid-19. Às UBS JK, Lago Azul, José Ronaldo Pereira da Costa (Dom Orione) e Dr. Dantas (Costa Esmeralda) atende das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30, e a Dr. Francisco Barbosa de Brito (Vila Aliança) atende em horário estendido, das 7 às 18 horas.

Continue lendo

Tocantins

Mais de 250 mil tocantinenses não tomaram a segunda dose de vacina contra Covid-19

Publicado

em

O levantamento da Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO), por meio do Centro de Informações e Decisões Estratégicas em Saúde – Integra Saúde, apontou que 252.788 tocantinenses não retornaram aos postos de saúde para completar o ciclo vacinal contra a covid-19, ou seja, não tomaram a segunda dose dos imunizantes.

Deste quantitativo, 27.997 pessoas não receberam o imunizante CoronaVac, 62.748 da AstraZeneca e 162.043 da vacina Pfizer. Ainda segundo o levantamento, no recorte por idade, os mais faltosos são aqueles que possuem de 12 a 19 anos e de 20 a 29 anos. São 75.535 pessoas com idades entre 12 e 19 anos que não procuraram o sistema de saúde para receber a segunda dose dos imunizantes contra a covid-19. Além disso, são 67.794 tocantinenses com idades entre 20 e 29 anos que não completaram o esquema vacinal.

“Novamente, precisamos chamar atenção de toda a população. São dados assustadores e que precisam ser reduzidos urgentemente. Para que isso ocorra, é necessário que as pessoas que ainda não receberam a segunda dose da vacina contra a covid-19 procurem os postos de saúde dos municípios. Estamos recebendo as doses com frequência, mas a população não está procurando a imunização. Por consequência, somos obrigados a reabrir leitos de UTI Covid, o que acaba por comprometer a programação das cirurgias eletivas”, enfatizou o secretário de Estado da Saúde, Afonso Piva.

A gerente de imunização da SES-TO, Diandra Sena, ressaltou que, além de receber segunda dose, é importante que a população também tome a dose de reforço contra a covid-19. “Além da segunda dose, lembramos que já temos a terceira dose – de reforço – que pode ser feita após quatro meses, preferencialmente com o imunizante da Pfizer”, explicou.

Vacinação

Após um mês de instabilidade, causada após ataque hacker ao sistema do Ministério da Saúde, o Vacinômetro – ligado ao Sistema Nacional de Vacinação – voltou a funcionar nesta terça-feira, 18. O Tocantins já imunizou 54,07% da população. Foram 2.706.655 de doses de vacinas contra covid-19 recebidas e 2.064.324 aplicadas. (Mariana Ferreira)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze