- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
domingo, 07 / agosto / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

53% dos contribuintes ainda não declararam no Tocantins

Mais Lidas

Segundo a Delegacia Regional da Receita Federal no Tocantins, 53% dos contribuintes tocantinenses ainda não entregaram a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) . Há menos de 10 dias do prazo final, que é dia 30, 51,8 mil contribuintes declararam IRPF – até às 15 horas de ontem-, o que corresponde a 47% dos 110 mil cidadãos que deverão declarar. De acordo com a Delegacia Regional da Receita Federal no Tocantins, a maioria das declarações, normalmenmte, são entregues nas duas últimas semanas do prazo. Devem declarar os contribuintes que receberam rendimentos superiores a R$ 17.215,08, referente aos ganhos e gastos do ano passado.

Além dessa condição, há outros critérios que definem a obrigatoriedade da Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda (IR), como o recebimento de rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte acima de R$ 40 mil; posse ou propriedade de bens ou direitos acima de R$ 300 mil; ganho de capital na venda de bens ou direitos sujeitos ao IR; quem passou a condição de residente no país; aquele que realizou alienação de bens e direitos e efetuou operações em bolsa de valores; registrou receita bruta da atividade rural de R$ 86.075,40; ou quem está incluso na Isenção da Lei nº 11.196/05.

O delegado substituto da Delegacia Regional da Receita Federal no Tocantins, Gustavo da Silva Oliveira lembra o contribuinte que não deixe para a última hora, pois ele pode errar ao preencher a declaração e não ter mais tempo para corrigir seus erros. Além disso, a multa mínima para quem perder o prazo é de R$ 165, 74 ou 20% do imposto devido.

“É importante frisar também, que o contribuinte não se esqueça de declarar rendimentos de seus dependentes, uma falha que ocorre muito e pode deixá-lo retido na malha fina. Outra dica é dedicar muita atenção na hora de preencher valores, pois qualquer dígito errado compromete a declaração”, pontua Oliveira. (Julliana Ribeiro – Jornal do Tocantins)

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias