Connect with us

Tocantins

650 novas tornozeleiras eletrônicas serão coladadas em apenados no TO

Publicado

em

O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), iniciou a instalação dos novos equipamentos de monitoração eletrônica destinados a pessoas que cumprem pena de privação de liberdade. Em Palmas, as instalações estão sendo realizadas na Central de Monitoramento Eletrônico (CME), conforme cronograma de instalação estabelecido entre a Seciju e a nova empresa contratada, UE Brasil. Nos próximos dias, serão instaladas as tornozeleiras destinadas a pessoas que cumprem penas em outros municípios do Estado.

No total, 650 novas tornozeleiras serão instaladas, entre essas, 270 tornozeleiras da antiga empresa serão substituídos em Palmas e Araguaína. O saldo restante das substituições será utilizado para atender novas demandas de instalação. Além disso, 30 dispositivos de proteção à vítima de violência doméstica estão disponíveis para instalação, a fim de garantir proteção da vítima. Esse tipo de dispositivo dispara alerta de proteção conforme aproximação do agressor.

De acordo com o gerente de Monitoramento Eletrônico de Pessoas, Rhomenyng Afonso, os beneficiados pela alternativa de monitoração eletrônica devem se dirigir à CME para a substituição ou nova instalação dos aparelhos. “Nossa equipe tem o controle de dados de todos os monitorados e uma programação para a instalação dos novos equipamentos. Os monitorados devem ir até a central de monitoramento, onde passam por uma atualização de cadastro e posteriormente pela instalação das novas tornozeleiras, isso inclui os apenados condenados, em prisão preventiva e de medida protetiva”, explicou.  

Capacitação

Para realizar as instalações de forma adequada e preparar os servidores para utilização da nova ferramenta de monitoramento, a Seciju, em conjunto com a empresa UE Brasil, iniciou na última segunda-feira, 11, um curso voltado aos processos de monitoramento eletrônico. A capacitação, direcionada à Gerência de Monitoramento Eletrônico de Pessoas , ligada ao Sistema Penitenciário e Prisional do Tocantins (Sispen/TO), conta com a participação de 25 servidores e encerra nesta quinta-feira, 14.

O curso é dividido entre parte teórica e prática e tem conteúdos relacionados a conceitos básicos do Sistema Akiles de monitoração, informações sobre instalação e desinstalação de equipamentos, cadastramentos e outros serviços.

Rhomenyng de Sousa ressalta que o curso tem intuito de preparar a equipe de monitoração eletrônica para os processos da nova empresa. “O curso tem como foco demonstrar os conceitos do sistema utilizado pela empresa UE Brasil, além de qualificar ainda mais os processos de trabalho realizados por nossa equipe, desde a instalação até a análise de uma possível violação dos equipamentos”, conta.

De acordo com o diretor de operações da UE Brasil, Vadislau Gomes, o curso possibilita que os participantes dominem a ferramenta. ”O Sistema possibilitará que o servidor visualize formas de fiscalização das condições da medida judicial e informe o judiciário, caso haja casos de violação. A capacitação permite que os participantes dominem a ferramenta”, explicou.

Para o agente de Execução Penal, Jonatas Ribeiro, aprimorar os conhecimentos na área torna o trabalho ainda mais eficaz. “O curso é de grande valia para exercer a função de fiscalização com eficiência e cumprir com o papel do Estado, que é fiscalizar, colaborar com a ressocialização dos apenados e garantir segurança para sociedade”, relatou.

Nova empresa

O contrato emergencial com a empresa UE Brasil Tecnologia tem duração de seis meses. De acordo com o gerente de monitoramento, a empresa contratada forneceu os novos equipamentos, um novo sistema para ser utilizado pelos servidores e suporte técnico 24 horas. A Cidadania e Justiça é responsável pelo fornecimento de mão de obra, maquinário administrativo e ambiente adequado para desenvolvimento dos trabalhos da equipe.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Tocantins acumula 75.425 casos de Covid-19, com 63.347 recuperados 1.097 óbitos

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que nesta sexta-feira, 30 de outubro, foram contabilizados 331 novos casos confirmados para Covid-19.

Deste total, 128 foram registrados nas últimas 24 horas e o restante por exames coletados em dias anteriores e que tiveram seus resultados liberados na data de ontem.

Desta forma, hoje o Tocantins registra um total de 234.022 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 75.425 casos confirmados da doença. Destes 63.347 pacientes estão recuperados e 10.981 estão ainda ativos (em isolamento domiciliar ou hospitalar), além de 1.097 óbitos.

Clique AQUI e veja o boletim completo.

Continue lendo

Tocantins

Tocantins tem 75.106 casos de Covid-19

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que nesta quinta-feira, 29 de outubro, foram contabilizados 293 novos casos confirmados para Covid-19.

Deste total, 69 foram registrados nas últimas 24 horas e o restante por exames coletados em dias anteriores e que tiveram seus resultados liberados na data de ontem.

Desta forma, hoje o Tocantins registra um total de 232.923 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 75.106 casos confirmados da doença. Destes 62.740 pacientes estão recuperados e 11.271 estão ainda ativos (em isolamento domiciliar ou hospitalar), além de 1.095 óbitos.

Clique AQUI e veja o boletim completo.

Continue lendo

Tocantins

Sebrae Tocantins participa da 6ª Edição da SICTEG

Publicado

em

A 6ª Edição da Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi (SIGTEC), teve início nessa quarta-feira, 28 e veio como pede o momento, toda online e gratuita. Serão três dias de intensa programação numa realização do município de Gurupi e Sebrae e conta com o apoio da Universidade de Gurupi (Unirg), Universidade Federal do Tocantins (UFT), Instituto Federal do Tocantins (IFTO), Fundação de Amparo à Pesquisa do Tocantins (FAPT), Sesi, Senai, Senac e Governo do Tocantins.

A abertura do evento contou com a participação de diversas autoridades, que discorreram sobre a importância do evento e parabenizaram os organizadores, que mesmo em meio a pandemia, se reinventaram realizar a Semana e possibilitar a divulgação de inovações e tecnologias. Este ano a SICTEG tem como tema: inteligência artificial: a nova fronteira da ciência brasileira. O evento tem como objetivo aproximar a ciência, a tecnologia, a inovação, o empreendedorismo e a inteligência artificial da população, promovendo ações que congregam academias, governo e empresas a fim de discutir as implicações sociais da ciência para o desenvolvimento regional.

Para o Secretário Nacional de Empreendedorismo, Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Paulo Alvim, elogiou a realização da Semana que acontece em sintonia com a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. “A pandemia nos mostrou que a transformação digital chegou para mudar e acelerar alguns processos, e o ambiente de popularização da ciência e tecnologia não podia ser diferente, parabenizo a todos pelo evento e por criar essa oportunidade de popularizar a inovação e a ciência”, avaliou.

O reitor da Unitins, Augusto Rezende, que representou o governador do Estado, Mauro Carlesse, destacou a participação da Instituição no evento, que terá 102 pesquisadores, 122 pesquisas e alunos dos mais diferentes campis. Complementou ressaltando o investimento do governo estadual na inovação e empreendedorismo por meio da FAPT e da Universidade Estadual do Tocantins.

De forma virtual, o prefeito de Gurupi, Laurez Moreira, destacou o que o evento representa para o município. “É um evento que começamos há seis anos e que vimos crescer, a cidade tem recebido bons resultados. Tenho certeza que tudo isso incentiva as pessoas a ver como é importante investir na ciência e tecnologia. Agradeço a todos os parceiros por ser esforçarem a realização de algo tão grande e inovador”, reforçou.

O reitor da UFT, Luiz Eduardo Bovolato, analisou que o evento é uma oportunidade de amplificar a participação, compartilhar sobre o que é produzido no Tocantins além das fronteiras. Já a reitora da Unirg, Sara Falcão, contou da alegria por estar acolhendo a SICTEG, e citou os primeiros números do evento. “Nós temos 6 mil inscritos, participantes de quatro países e 20 Estados, ou seja, estamos revolucionando. É um grande prazer mostrar que vivemos num mundo tecnológico e podemos utilizar da melhor forma para produzir conhecimento e divulgá-los”, disse.

A SICTEG na versão online, reúne 26 instituições, terá 60 palestras, 52 minicursos, 49 mesas redondas e competição de games. Para participar, os interessados devem fazer a inscrição no site www.sictegon.com.br e acessar o ambiente virtual da Semana.

Continue lendo
publicidade Bronze