Connect with us

Geral

9 dicas para começar 2021 com as contas no azul

Publicado

em

O ano de 2020 não foi nada fácil para as finanças da maioria dos brasileiros. O índice de desemprego chegou a 14,4% em outubro, o que representa a maior taxa desde 2012, atingindo 13,8 milhões.

Com as contas no vermelho, é preciso planejamento para que 2021 entre no azul. De acordo com dados de um estudo realizado pela QuiteJá, plataforma de renegociação de dívidas, com a participação de 1.400 usuários da plataforma, de todos os estados brasileiros, 47,7% dos respondentes possuem dívidas entre R$ 1.000,00 e R$ 5.000,00. Dentre elas, 24,7% têm entre 25 a 54 anos e 34,8% possuem idade entre 35 a 44 anos. Outro dado levantado pela pesquisa é que 81,4% dos respondentes possuem renda mensal entre R$ 1.000 e R$ 3.000.

Com a chegada do ano novo é comum a criação de metas e objetivos para colocar em prática no próximo ano, entre elas uma das mais comuns é ser mais organizado com as finanças. No início do ano, uma pesquisa divulgada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), mostrava que guardar dinheiro era a principal meta financeira do brasileiro para 2020 (49%), mas a pandemia tirou esse foco.

Para colocar em prática a organização financeira em 2021, Larissa Brioso, educadora financeira da Mobills, startup de gestão de finanças pessoais, dá as 9 dicas abaixo.

1 – Limite seu orçamento

Estabelecer um teto de gastos para as categorias de despesas mensais ajuda a economizar e evitar desperdícios. As áreas da saúde, moradia, transporte e alimentação são essenciais, então devem ser priorizadas. Com isso, separar uma quantia específica para usar com os gastos extras evita o consumo exagerado com itens desnecessários.

2- Necessidade

Fazer uma lista do que deseja comprar é um passo fundamental para a organização. Dividir os itens nas categorias: “quero” e “necessito”, faz com que os produtos da segunda categoria tenham prioridade em relação aos da primeira.

“Usar a técnica chamada “3 Ps e 1 Q” pode ser uma ótima opção. O consumidor tem que perguntar a si mesmo se realmente PRECISA do que ele quer adquirir, se ele pode PAGAR por aquilo, se o PREÇO está bom e se ele realmente QUER, evitando o impulso”, afirma Larissa.

3 – Organização

Um dos maiores problemas dos gastos com compras excessivas é a perda de controle por falta de organização. Roupas, calçados, livros e tudo aquilo que leva ao desejo do consumo, sempre devem estar muito bem organizados e visivelmente dispostos, assim você não esquecerá daquilo que já tem e não precisa comprar.

4 – Cuidado com o cartão de crédito

Inicialmente, uma compra de valor baixo pode parecer inofensiva, mas o acúmulo de pequenos gastos pode comprometer o orçamento dos meses seguintes. Ao optar por pagamentos parcelados, inclua o valor da fatura no seu planejamento de compras. Mas, dê preferência por opções à vista, e evite ao máximo recorrer ao cheque especial.

5 – Comparação de preços

Atualmente, com a ajuda da internet, pesquisar sobre a variação de preços de um mesmo produto pode render uma boa economia. Os valores podem variar das lojas físicas e online, além das multimarcas. Ficar atento aos cupons de desconto pode ser interessante também, pois um grande número de sites de compras, de quase todos os segmentos, oferece vouchers de descontos.

6 – Corte de gastos

Em casos em que a renda mensal é menor ou próxima do total de gastos, a verificação de possíveis cortes é a melhor alternativa para evitar situações sufocantes em que a única saída seriam os empréstimos. Atividades de lazer e entretenimento de alto custo podem ser substituídas por opções mais baratas e até mesmo gratuitas. Além disso, conhecer e colocar em prática suas habilidades de forma criativa pode te ajudar a ganhar mais dinheiro.

7 – Poupança

Guardar mensalmente uma parcela da renda total traz grandes benefícios, principalmente a longo prazo. A construção de uma poupança gera uma segurança maior dentro do planejamento financeiro. Uma maneira para estimular essa poupança é estabelecer metas e aplicar o dinheiro em algum investimento que proporcione rendimentos.

8 – Reserva para emergências

Imprevistos acontecem a qualquer hora, por isso é primordial ter uma quantia guardada para situações extremas. A reserva de emergência pode variar dependendo de cada pessoa, porém, normalmente ela representa seis vezes o valor do custo médio mensal e é essencial para alcançar a tranquilidade financeira.

9 – Anote tudo que entra e sai da sua conta

O valor de um cafézinho pode parecer que não vai impactar as suas finanças, mas se você não tiver controle sobre os pequenos gastos que são feitos no dia a dia, pode ser que você não saiba como está gastando o seu dinheiro. Por isso, é importante encontrar uma maneira de se adaptar melhor para criar o hábito de registrar cada ganho e gasto que tem em seu cotidiano. (Gabriela Cardoso)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Geral

Veja o edital do concurso da Polícia Federal

Publicado

em

Foi publicado na sexta, dia 15, o edital do concurso para os cargos de Delegado, Agente, Escrivão e Papiloscopista da Polícia Federal. No documento, disponibilizado no Diário Oficial da União, estão detalhados os requisitos para concorrer a uma das 1500 vagas, além dos conteúdos programáticos e os prazos.

As inscrições podem ser realizadas entre os dias 22 de janeiro e 9 de fevereiro de 2021 no site http://www.cebraspe.org.br/concursos/pf_21 e a prova objetiva está prevista para o dia 21 de março de 2021.

Os candidatos a todos os cargos deverão fazer, além da prova objetiva, prova discursiva, Exame de Aptidão Física, Avaliação Médica e avaliação psicológica. Aqueles interessados em concorrer a uma vaga de Delegado de Polícia Federal deverão fazer também prova oral e avaliação de títulos. Já os candidatos ao cargo de Escrivão passarão por uma prova prática de digitação.

A previsão é que os candidatos aprovados participem do Curso de Formação Profissional na Academia Nacional de Polícia no segundo semestre.

Para acessar o edital na íntegra clique aqui​.

Continue lendo

Geral

Pacientes de Manaus são transferidos para o terceiro hospital universitário federal da Rede Ebserh/MEC

Publicado

em

Uma mistura de emoção, solidariedade e integração entre a rede de hospitais universitários federais que fazem parte da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), vinculada ao Ministério da Educação (MEC), tem marcado a chegada dos pacientes que estavam internados em Manaus com Covid-19. Eles estão sendo transferidos para unidades da Rede Ebserh em oito capitais e no Distrito Federal e, na madrugada deste domingo (17), 15 pacientes foram trazidos para o Hospital Universitário da Universidade Federal de Brasília (HUB-UnB/Ebserh). Outros 32 pacientes já haviam sido transferidos para o Hospital Universitário da Universidade Federal do Piauí (HU-UFPI/Ebserh) e o Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (HU-UFMA/Ebserh), desde a última sexta-feira (15).

“O MEC, por meio da Ebserh, está fazendo tudo que é necessário, integrando um esforço nacional para oferecer atendimento aos pacientes de Manaus. A atuação em rede dos 40 hospitais universitários federais que fazem parte da Ebserh é fundamental, pois soma força para obtermos melhores resultados no esforço federal. É nosso papel unir o ensino à saúde em uma rede nacional. As pessoas internadas, tanto em Manaus quanto nos outros locais, terão todo o atendimento necessário e tudo o que for possível será feito para que voltem bem para suas casas”, afirmou o presidente da Rede Ebserh, Oswaldo Ferreira.

Os primeiros nove pacientes chegaram em Teresina (PI) por volta de 12h da última sexta-feira (15) para serem instalados no HU-UFP/Ebserh. A equipe da unidade hospitalar já estava a postos para receber os pacientes com todos os equipamentos e os cuidados necessários para esse tipo de operação, que foi bem-sucedida. Em São Luís (MA), a chegada de 12 pacientes aconteceu à noite e os profissionais do HU-UFMA/Ebserh também já estavam de braços abertos para o atendimento. Outros 11 pacientes chegaram na tarde de ontem (16) à mesma unidade. Emocionadas e com sentimento de solidariedade, as equipes buscaram transmitir apoio e acolhimento com mensagens de afeto.

Operação Manaus

Com a coordenação do Ministério da Saúde (MS), uma rede de apoio foi criada em todo o país para receber os pacientes de Manaus com Covid-19. Na quinta-feira (14), a Ebserh/MEC encaminhou um ofício ao MS disponibilizando, aproximadamente, 150 leitos, distribuídos em nove hospitais universitários federais que fazem parte de sua rede hospitalar a fim de ajudar o estado. Dos 150 leitos, 22 são de UTI e os demais de enfermaria. No sábado, esse número foi ampliado para 205 leitos.

Além das três unidades que já receberam pacientes, a infraestrutura necessária foi organizada com leitos exclusivos para executar a ação no Hospital Universitário Onofre Lopes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (HUOL-UFRN/Ebserh), em Natal (RN), no Hospital Universitário Lauro Wanderley da Universidade Federal da Paraíba (HULW-UFPB/Ebserh), em João Pessoas (PB), no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiânia (HC-UFG/Ebserh), no Hospital Universitário Walter Cantídio da Universidade Federal do Ceará (HUWC-UFC/Ebserh), em Fortaleza (CE), no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco (HC-UFPE/Ebserh), no Recife (PE) e no Hospital Universitário Prof. Alberto Antunes da Universidade Federal de Alagoas (HUPAA-UFAL/Ebserh), em Maceió (AL).

Ações nacionais

Desde o início da pandemia, o Ministério da Educação já liberou, aproximadamente, R$ 331,7 milhões para todos os hospitais vinculados à Ebserh para o enfrentamento da Covid-19. Os recursos foram destinados à realização de compras centralizadas de materiais médicos e adequações emergenciais de infraestrutura física, visando ampliação de leitos e espaços. Foram contratados mais de 4 mil profissionais em toda a Rede Ebserh por meio de processo seletivo emergencial e, apenas nos últimos dias, mais 700 aprovados foram convocados. Além disso, serão enviadas 4 toneladas de medicamentos, materiais médicos e EPI’s de outros hospitais da rede Ebserh para o Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV/Ebserh), em Manaus.

Sobre a Ebserh

Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas.

Devido a essa natureza educacional, a os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede de Hospitais Universitários Federais atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde da região.

Continue lendo

Geral

Cresce os serviços de reparos domésticos para mulheres e público LGBTS

Publicado

em

A pandemia vem mudando o mundo de várias formas, e uma dessas mudanças é o comportamento das empresas e responsabilidade social.

Sendo assim, com a ideia de expandir e oferecer melhores serviços, o segmento de reparos tem sido avaliado para atender um público mais segmentado, as mulheres e as pessoas LGBTQIA+.

Aliás, com os reflexos da pandemia, muitas pessoas têm apostado neste tipo de serviço para empreender, incluindo atendimento exclusivo para este público.

Com o aumento da procura por reparos domésticos e reformas, o mercado de suprimentos cresce constantemente desde o começo da pandemia, atingindo uma inflação de 10,16% em 2020.

Não é só as empresas e empreendedores que aproveitam esse cenário, vários cursos são ofertados por Instituições de ensino de forma online, aproveitando esse novo perfil de consumidor.

Sendo assim, os serviços ofertados vão desde simples reparos como uma instalação de torneira, ajuste de campainha elétrica, trocar caixa de descarga e construções e reformas em geral.

E as mulheres, por sua vez, são o público que impulsiona esse mercado, atendendo as demandas de profissionais da área.

Mulheres e pessoas LGBTQIA+ ganham espaços em empresas de manutenção e reparos

Hoje podemos contar com um público grande de mulheres engenheiras, carpinteiras e até pedreiras, exercendo funções que até um tempo atrás eram vistas com preconceito.

Diante disso, também podemos encontrar empresas que só possuem mão de obra feminina, atendendo clientes que têm essa preferência de profissional.

Mulheres solteiras que moram sozinhas, mães e idosas são o público alvo, além é claro, das pessoas LGBTQIA+ que buscam por esses serviços.

Dessa forma, os empreendedores desse nicho de negócio buscam contratar pessoas que entram neste perfil de colaborador, adotando um público mais segmentado de clientes.

Faça você mesmo: Dicas de pequenos e simples reparos domésticos

Mas se você quer cortar os gastos dos seu orçamento mensal, saiba que aprender a realizar reparos simples em sua casa é uma das dicas para começar 2021 com as contas no azul.

Essas opções valem para serviços que não necessitam de uma visão profissional, mas com ajuda de poucos materiais, você mesmo pode fazer o reparo.

  • Trocar Lâmpada tomando todos os cuidados necessários;
  • Consertar vidro quebrado usando a melhor cola para vidro (Ideal para conserto de vidro de carro, peças decorativas e janelas);
  • Vedar janelas para acabar com vazamentos causados pela chuva;
  • Corrigir imperfeições na parede usando massa corrida e tinta;
  • Desentupir pias e vaso sanitário;
  • Pendurar quadro ou prateleiras para decorar um ambiente.

Nessas opções você pode escolher assistir um vídeo na internet e até fazer cursos rápidos com passo a passo para realizar o conserto.

No entanto, se preferir, conte com as empresas de manutenção e reparos de sua confiança, existem muitas opções que podem se encaixar na sua demanda de serviço.

Continue lendo
publicidade Bronze