Connect with us

Bico do Papagaio

9ª BPM divulga balanço da Operação Lockdown

Publicado

em

A Polícia Militar realizou entre os dias 19 e 23 de maio a operação Lockdown que ocorreu em diversas cidades do estado, entre elas, cidades da região do Bico do Papagaio, área de atuação do 9º Batalhão da PM (9º BPM), tendo em vista o isolamento social ampliado nesse municípios conforme previsão do Decreto Estadual nº 6.095. Dos 400 policiais militares que atuaram na operação, 138 deles estavam na regência do 9º Batalhão. Cerca de 56 viaturas foram empregadas na região. 

A operação Lockdown teve como supervisor o comandante da Unidade, tenente-coronel Valdemi Silva Reis e coordenada pela subcomandante, major Allana Lopes Sousa Silva.

Dentre as ações realizadas na operação foram abordagens a pessoas, blitz,  abordagem a veículos de carga, de transporte e passeio a fim de controlar o acesso a cidades definidas no Decreto Estadual contra a Covid-19.

A operação Lockdown foi realizada com a participação de órgãos estaduais e municipais, entre eles, as secretarias de saúde dos municípios. Em toda a região foram abordadas 3.614 pessoas durante ações de fiscalização no controle de acesso às cidades do Bico do Papagaio e conscientização da população no trabalho de combate à pandemia do COVID-19, nenhuma ocorrência foi registrada. 

Para o comandante geral da PM, coronel Jaizon Veras Barbosa, a atuação da PM se deu no sentido de fiscalizar, auxiliando as barreiras sanitárias dos municípios em parceria com as Forças de Segurança e profissionais da saúde, bem como intensificar a presença da PM e conscientizar a população quanto ao cumprimento do decreto no Tocantins, visto que a ação de um indivíduo pode prejudicar a saúde de várias pessoas. 

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Ainda em estado grave, médico diz que na próxima semana Osemar pode estar consciente e fora do tubo

Publicado

em

A última Nota divulgada pela família, ma noite de quinta, dia 24, informa que o empresário Osemar Mousinho, que pretendia disputar a Prefeitura de Araguatins, ainda está na UTI e inconsciente, com quadro estável, porém com boas perspectivas apontadas pela equipe médica

Leia a Nota:

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Pedido de registros de Cláudio e Ian são formalizados junto a Justiça. Conheça os Planos de Governo

Publicado

em

A coligação “Justos Por Araguatins”, integrada por MDB e SD, formalizou, nesta sexta-feira (25), o pedido de registro de candidatura à reeleição de Cláudio Santana (MDB) e de seu novo vice Edgar Tolentino (SD), à prefeitura de Araguatins, no Bico do Papagaio.

O candidatos do PL, Ian Cavalcante e seu vice Milton Jonathan, também oficializaram o pedido

Conforme informado, a documentação foi encaminhada de forma digital, através de sistema disponibilizado pela Justiça Eleitoral, em cumprimento às novas regras definidas em razão da pandemia do Coronavírus (Covid-19).

Os partidos políticos e as coligações têm até o sábado, dia 26, para entregarem requerimento de registro de seus candidatos.

Clique AQUI e conheça o Plano de Governo de Cláudio Santana e AQUI o de Ian Cavalcante.

Continue lendo

Bico do Papagaio

XAMBIOÁ: Justiça cassa Liminar de Júnior Leite e candidato pode ficar fora de eleição

Publicado

em

O Tribunal de Justiça (TJ), por meio da 2ª Câmara Cível cassou a Liminar que garantia ao candidato do MDB, Júnior Leite, a condição de disputar o pleito eleitoral deste ano. A Liminar suspendia a condenação por ato de improbidade administrativa quando Júnior Leite, foi prefeito de Xambioá e não prestou contas de um convênio com a Secretaria do Trabalho e Ação Social do Tocantins (Setas).

A Ação foi ajuizada pelo administração do ex-prefeito, Richard Santiago e causou condenação de 6 anos de inelegibilidade a Júnior Leite.

A decisão pela cassação da Liminar foi unânime da 2ª Câmara Cível.

A defesa de Júnior Leite afirma ainda que o processo não configura enriquecimento ilícito nem dano ao erário e, por isso, é improvável que ele esteja inelegível.

Continue lendo
publicidade Bronze