Connect with us

Pará

Açaí tem alta recorde de preço no Pará, diz pesquisa

Publicado

em

O açaí, tradicional alimento na mesa dos paraenses, está se tornando cada vez mais um ‘luxo’ para as famílias. Isso porque o preço do alimento tem registrado altas recordes nos últimos meses. Só este ano, o aumento já ultrapassa 50%, segundo levantamento feito pelo Dieese no Pará (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), divulgado nesta segunda-feira (16).

Em abril, pelo quarto mês consecutivo este ano, o litro do açaí apresentou alta generalizada de preços em 25 pontos de venda distribuídos na grande Belém. A trajetória de preços do açaí mostra que o aumento não foi uniforme nos últimos 12 meses. O litro do açaí do tipo médio, por exemplo, custava em média R$ 11,39 em abril de 2010. No final do ano passado, foi comercializado em média a R$ 8,26. No mês de janeiro de 2011, foi comercializado em média a R$ 8,57; no mês de março de 2011 foi comercializado em média a R$ 12,20 e no mês passado (abril) voltou a subir de preço, sendo comercializado em média a R$ 12,45.

‘Com isso, o litro de açaí do médio apresentou um reajuste de preço no mês de abri em relação a março de 2,08%’, enfatiza Roberto Sena, supervisor técnico do Dieese no Pará. No comparativo de preços dos quatro primeiros meses de 2011, este tipo de açaí já apresenta um reajuste acumulado de 50,77%. A inflação estimada para o mesmo período não chega a 3%.

‘Os preços do litro de açaí são muitos diferenciados em função dos vários locais de vendas’, explica Sena. Por isso, existem diferenças de preços entre as várias feiras e pontos de vendas espalhados pela cidade. O litro do açaí médio, por exemplo, foi encontrado pelo Dieese com os seguintes preços no mês de abri: nas feiras livres, o menor preço encontrado foi R$ 8 e o maior R$ 14. Já nos supermercados, o menor preço encontrado foi R$ 13,98 e o maior R$ 14.

O açaí do tipo grosso também está mais caro. Em abril de 2010, o litro do mesmo custava em média R$ 15,21. Em dezembro, foi comercializado em média a R$ 12,54 por litro. No mês de janeiro de 2011 foi comercializado em média a R$ 12,81; em março foi comercializado em média a R$ 16,12 o litro; e no mês passado, com nova elevação de preço, foi comercializado em média a R$ 16,48 o litro. Com isso, o litro de açaí do grosso apresentou um reajuste de preço em abril de 2,21% em relação a março. Nos quatro primeiros meses deste ano, o reajuste já chega a 31,39%. O litro do açaí grosso foi encontrado nos seguintes preços: nas feiras livres, o menor valor foi R$ 12 e o maior R$ 15. Nos supermercados, os preços variam de R$ 16,98 a R$ 22.

O açaí do tipo papa, que somente é comercializado em feiras livres da RMB, também está mais caro. Em abril, o produto foi comercializado em média a R$ 16,84 por litro, com um reajuste de 2,11% em relação ao mês de março. Nos quatro primeiros meses de 2011, o tipo papa já acumula um reajuste de 23,90%. O açaí do tipo papa pode ser encontrado com preços que variam entre R$ 15 e R$ 18.

Já o açaí do tipo fino manteve seu preço estável no mês passado, sendo comercializado em média a R$ 5 o litro. Mesmo assim, nos quatro primeiros meses de 2011, o reajuste acumulado chega a 66,67%. ‘Mesmo com a entressafra do produto chegando ao fim, os preços do litro de açaí até agora não caíram. As pesquisas do Dieese na primeira quinzena de maio mostram esta situação’, analisa Roberto Sena.

Economia

A produção paraense de açaí em caroço alcançou, no ano passado, mais de 500 mil toneladas, a maior do país. Na cadeia produtiva direta ou indireta, são quase 100 mil empregos gerados. ‘A falta de uma política mais ampla que abranja a produção e a comercialização deste produto no Estado tem feito com que, ao longo dos anos, mesmo com uma produção gigantesca, o paraense venha enfrentado imensa dificuldade na sua aquisição devido ao fator preço. É preciso mudar esta história’, finaliza o economista.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

PARAUAPEBAS: 13ª da Prefeitura será pago dia 7 de dezembro

Publicado

em

O secretário de administração de Parauapebas, município da região de Carajás, Pará, Cássio André Flausino, anunciou as datas de pagamento do 13ª Salário e os meses de novembro e dezembro.

O 13ª Salário será pago dia 7 de dezembro. O pagamento do mês de novembro será nesta sexta, dia 26 e o mês de dezembro, dia 17 do mesmo mês.

Continue lendo

Pará

PARAUAPEBAS: Saúde faz convocação para pesagem dos beneficiários do Auxílio Brasil

Publicado

em

A Prefeitura de Parauapebas através da Secretaria Municipal de Saúde, (Semsa), alerta os beneficiários do Programa Auxílio Brasil (antigo bolsa família), sobre o prazo final da pesagem obrigatória dos contemplados pelo programa. Os mesmos devem realizar a pesagem referente ao segundo semestre de 2021 até o dia 12 de dezembro para evitar o bloqueio do benefício.

Para contemplar a maior parte dos beneficiários, a SEMSA irá realizar uma ação extraordinária neste sábado, (27), de 8h às 14h, em cinco pontos na cidade, e até o dia 12 de dezembro os beneficiários devem procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência e realizar a avaliação nutricional, no horário de 7h às 11h e das 13h às 17h.

O público-alvo da ação serão crianças menores de sete anos e mulheres entre 14 e 44 anos. É necessário levar cartão do SUS, cartão do Auxílio Brasil (com o número do NIS) e carteira de vacinação das crianças e de gestantes.

Confira os locais:

•             Escola Mário Lago /Sede – VS 10;

•             UBS Guanabara;

•             Escola Terezinha de Jesus- Cidade jardim;

•             Escola Nelson Mandela – Jardim Tropical;

•             Escola Olga da Silva – Altamira.

A pesagem do Programa Auxílio Brasil (antigo Bolsa Família), deve ser realizada duas vezes por ano, uma no primeiro semestre (janeiro a junho) e outra no segundo (julho a dezembro), para conferir a saúde de mulheres e crianças inscritas no programa. Os beneficiários que não comparecem às unidades de saúde no prazo informado para fazer a pesagem podem ter o benefício suspenso ou cancelado.

Continue lendo

Pará

MARABÁ: Prefeitura paga salário dos servidores nesta sexta, dia 26

Publicado

em

A Prefeitura autorizou o pagamento dos salários de todos os servidores públicos municipais para esta sexta-feira, dia 26 de novembro. O valor da Folha mais encargos é de R$ 37.425.724,46

O valor estará disponível nas contas-salário de todos os servidores na manhã do dia 26 de novembro, sexta-feira.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze