Connect with us

Maranhão

Ação mapeia tríplice divisa no Maranhão, Tocantins e Piauí

Publicado

em

Faz 153 anos que a primeira e única expedição oficial foi realizada para delimitar as divisas dos estados do Norte do Brasil, incluindo o Maranhão. A história muda em 2021, com a “Expedição Gustavo Dodt”, comandada pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC), autarquia vinculada à Secretaria de Estado de Programas Estratégicos (SEPE), que contou com a presença de professores universitários da área de Geociências. A equipe visitou, de 26 e 31 de agosto, seis municípios do extremo Sul do Maranhão para aferir a situação dos limites com os estados do Piauí e Tocantins, chamada de tríplice divisa.

A primeira expedição dessa natureza foi determinada via decreto imperial, em 1868, e ficou a cargo do cartógrafo Luís Gustavo Guilherme Dodt, incumbido de fazer as divisas dos estados do Norte do Brasil. Foi a primeira grande cartografia do Centro-Norte do País, envolvendo na parte que diz respeito ao Maranhão também os então estados de Goiás, Piauí e Bahia.


“O IMESC, juntamente com pesquisadores do Zoneamento Ecológico-Econômico do Estado do Maranhão (ZEE-MA), percorreu os municípios de Alto Parnaíba, Tasso Fragoso, Balsas, Carolina, Riachão e Estreito, com equipamentos de última geração, para fazer o reconhecimento dessa área e a revisão de todo esse roteiro do ponto de vista ambiental, geológico, geomorfológico, cartográfico e de observação dos principais impactos ambientais, trabalho que não foi feito à época da missão, pela ausência de equipamentos apropriados”, explica o presidente do IMESC, Dionatan Carvalho.

A área percorrida é estratégica porque é divisora das bacias do rio Parnaíba com o Tocantins e destes com o São Francisco, bem como por tudo que representa do ponto de vista ambiental para a proteção de uma das últimas áreas de cerrados nativos e desconhecidos de todo o Brasil. A expedição foi composta por oito pesquisadores: cinco do IMESC/ZEE; dois da Universidade Federal do Maranhão, e o geógrafo Jurandyr Ross, da Universidade de São Paulo, reconhecido nacional e internacionalmente pelos trabalhos de classificação do relevo do Brasil e da América do Sul.

Ross aceitou o convite do IMESC para participar da expedição porque essa é uma das áreas mais desconhecidas sob o ponto de vista da classificação do relevo brasileiro. Uma inovação é que a redefinição do relevo será sob o ponto de vista da sua evolução geológica, ao longo dos milhares e milhões de anos. Isso auxiliará nas discussões sobre os processos ambientais integrados físicos e biológicos, suportes para a existência das atividades humanas.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

AÇAILÂNDIA: Educação promove confraternização entre servidores destacando a importância da empatia e amor à vida

Publicado

em

No mês de conscientização sobre saúde mental, a Secretaria Municipal de Educação preparou um café da manhã alusivo à campanha Setembro Amarelo para os servidores da pasta.

A atividade ocorreu na sede da Secretaria Municipal de Educação e abordou temas relacionados ao luto, perdas, adaptações e medos, dentre outros assuntos ligados ao contexto pandêmico atual. No acolhimento os servidores receberam uma mensagem reflexiva, com informações dos locais de ajuda, e uma “muda de planta que significa gratidão, agradecimento pela vida”.

A secretaria de Educação, Karla Janys, também participou da ação, que considerou como uma iniciativa louvável e de extrema importância nos dias atuais. Já que setembro é o mês mundial de luta pela prevenção ao suicídio e o número de adolescentes que tiram a própria vida está aumentando e silenciar esse drama pode ser fatal.

Continue lendo

Maranhão

PORTO FRANCO: Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência terá programação nesta terça, 21

Publicado

em

O Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência, 21 de setembro, será  comemorado em Porto Franco, na região Tocantina, estado do Maranhão, a partir das 18h, no Espaço Cultural Waldemar Gomes Pereira, no Centro da cidade.

O momento será importante  para a reflexão sobre as políticas e ferramentas para a inclusão das pessoas com deficiência na sociedade.

A programação especial é organizada pela Secretaria Municipal de Educação e do Centro de Apoio Pedagógico em parceria com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Palmas (APAE) e com a Associação Pestalozzi.

O evento conta com o apoio da Câmara Municipal e das Secretarias de Assistência Social e de Saúde.

Continue lendo

Maranhão

PORTO FRANCO: HMAM recebe novos instrumentos cirúrgicos

Publicado

em

Na manhã desta segunda-feira, 20, o Hospital e Maternidade Aderson Marinho (HMAM), no município de Porto Franco, na região Tocantina, Maranhão, recebeu da Secretaria de Saúde novos instrumentais cirúrgicos.

Segundo a Secretaria, os instrumentos visam dar condições para que a equipe possa atender da melhor forma toda a população de Porto Franco e região.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze