Connect with us

Maranhão

Acidente de lancha no Rio Tocantins mata mecânico

Publicado

em

O acidente aconteceu nesse domingo (20), por volta de 18h40, no rio Tocantins, em frente ao Náutico Clube. Segundo informações, a lancha conduzida pelo mecânico Francisco Paulo, o “Cabila”, 40 anos, chocou-se contra uma das boias existentes na área da Ponte Dom Felippe Gregory.

Com o impacto, o mecânico e uma jovem que se encontrava com ele foram jogados na água. O mecânico afundou e até o início da noite dessa segunda-feira o corpo ainda não tinha sido encontrado. A jovem, que não teve o nome revelado, foi salva por pessoas que ainda se encontravam no Náutico Clube. Ela foi retirada da água com vida, mas sofreu várias lesões e se encontra internada em um dos hospitais da cidade.

As investigações para saber as causas do acidente estão a cargo de militares da Agência da Marinha em Imperatriz. Os laudos deverão sair em quinze dias.

A lancha foi retirada do rio e se encontra no Box 26 do Náutico Clube. A embarcação ficou com o casco danificado.

Afogamento

Por coincidência, outro mecânico também morreu no rio Tocantins vítima de afogamento. O corpo de Paulo César de Lima, 48 anos, foi encontrado boiando por volta de 6 horas dessa segunda-feira (21), no Porto da Balsa.

O Corpo de Bombeiros foi avisado por barqueiros, foi para o local e resgatou o corpo de Paulo César. Segundo informações, ele era funcionário de uma empresa que presta serviços à Suzano. Paulo César era natural da cidade de Telemaco Borba, estado do Paraná, para o corpo foi trasladado.

A Defesa Civil de Imperatriz tem alertado as pessoas para o perigo de frequentar as praias, tanto de Imperatriz como as do estado de Tocantins. O sobe-desce das águas do Tocantins não tem dado condições para que as pessoas possam tomar banho sem o perigo de um acidente, como ocorreu com o mecânico Paulo César de Lima.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

ESTREITO: Orla corre risco de desmoronamento

Publicado

em

A Defesa Civil informou que há riscos de desmoronamento em partes da estrutura da Orla, na cidade de Estreito, na região Tocantina maranhense, que faz divisa com o Bico do Papagaio.

A Prefeitura solicitou que a população não ultrapasse as áreas interditadas que estão identificadas com as fitas zebradas.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Marginais estão saqueando casas alagadas

Publicado

em

Famílias da cidade de Imperatriz, na região Tocantina, sul do Maranhão, que faz divisa com o Bico do Papagaio, em São Miguel, além de passagem por sérias dificuldades por conta da enchente do Rio Tocantins, estão sendo vítimas de criminosos que estão saqueando as casas durante a madrugada.

Os marginais estão roubando telhas e fiação elétrica das residências.

A Polícia Militar de Imperatriz deflagrou a “Operação Anfibius” para caçar os delinquentes. A operação, que irá ocorrer até a normalização do nível do Rio Tocantins, com patrulhamento nas áreas alagadas com utilização de carros e lanchas.

Continue lendo

Maranhão

Técnico de enfermagem é suspeito de furtar medicamentos da rede pública no Maranhão

Publicado

em

Um técnico de enfermagem, pertencente a Rede Municipal de Saúde de Santa Luzia, a 294 km de São Luís, foi preso na tarde de domingo (16) suspeito de furtar medicamentos do hospital do município. A prisão foi realizada pela Polícia Militar (PM) após denúncia anônima.

A PM foi informada que o técnico de enfermagem, de 46 anos, que não teve a sua identidade revelada, aproveitava os plantões de fim de semana para praticar os furtos. A polícia revistou o carro do funcionário e no local foram encontrados alguns medicamentos do hospital público.

A polícia apreendeu frascos, de pelo menos, oito tipos de medicamentos. Além disso, foi encontrada uma carteira de identidade com a foto dele e o nome de outro homem. Também havia com ele um bloco de receita de controle especial, que fica sob responsabilidade do diretor do hospital e que somente o diretor deveria liberar esse documento.

Os policiais ainda apreenderam também carimbos em nome de dois médicos. O técnico de enfermagem foi apresentado na delegacia de Polícia Civil de Santa Inês.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze