Connect with us

Tocantins

Advogado nega relação de Marcelo Miranda com atos de corrupção

Publicado

em

advogado_solano

O advogado de Marcelo Miranda (PMDB), Solano Donato, negou que o governador do Tocantins tenha envolvimento com atos de corrupção. Ele prestou depoimento durante aproximadamente 4h, na sede Justiça Federal, em Palmas, na tarde desta segunda-feira (28) e deixou o local sem se pronunciar sobre o assunto.

O governador é alvo operação da Reis do gado, na qual a polícia investiga corrupção e lavagem de dinheiro no Tocantins entre os anos de 2005 e 2012. Além disso, identificou que R$ 200 milhões foram lavados.

“O governador respondeu todas as perguntas naturalmente, não tem absolutamente nada a esconder. Foi um depoimento tranquilo. Formalmente não há qualquer tipo de acusação, é um inquérito policial. Está sendo feita uma investigação e ele está colaborando. Ele não tem envolvimento com qualquer tipo de ato irregular”, afirmou o advogado.

O ministro Mauro Campbell, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que veio a Palmas para acompanhar o depoimento de Marcelo Miranda, retornou para Brasília. Ele tem foro privilegiado pelo fato de ser governador.

A polícia cumpriu mandados de busca e apreensão na casa de Marcelo Miranda, que não foi encontrado no local. Ele chegou a Palmas no final desta manhã para prestar depoimento na Justiça Federal.

O ex-governador Siqueira Campos foi conduzido coercitivamente. O chefe da Delegacia de Repressão e Combate ao Crime Organizado, Cleyber Malta, explicou que ele foi levado para prestar depoimento porque foi verificado que algumas empresas que estabeleceram contratos em 1998, na gestão dele, para a construção de pontes, permaneceram executando serviços em várias gestões.

“A partir do estabelecimento dos contratos das pontes, percebemos que o grupo permaneceu e apenas alternou-se em relação aos diversos governadores que iriam passando. Havia sempre uma tentativa de composição destas empresas com os governadores para que permanecessem fazendo obras e pagamento de propina para a manutenção destes contratos. A propina era paga tanto para o recebimento das obras, quanto em forma de doação de campanha”, explicou Malta.

A assessoria de comunicação do ex-governador disse que ele prestou depoimento na na sede da Polícia Federal, em Palmas, na condição de testemunha. “O ex-governador Siqueira Campos não é investigado na operação e reitera prosseguir à disposição da Justiça e da Polícia Federal para prestar qualquer esclarecimento sempre que for solicitado”, informou em nota. (G1)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Ex-deputado Edmundo Galdino morre aos 62 anos

Publicado

em

O ex-deputado federal Edmundo Galdino da Silva morreu nesta quinta-feira (22) em Araguaína, no norte do estado, após sofrer uma parada cardíaca. Segundo a família, ele estava internado há 10 dias em um hospital particular da cidade, onde tratava problemas renais.

Edmundo Galdino nasceu em Filadélfia e morava em Araguaína. Ele atuou como político por mais de 10 anos, entre 1982 e 1996.

A irmã de Galdino, Maria do Rosário Matos da Silva, disse que “ele foi um homem forte, que veio de uma família de poucos recursos, mas conseguiu alçar grandes voos”.

Várias autoridades e políticos publicaram notas de pesar e lamentaram a morte de Galdino.

O velório será realizado em Araguaína. Por causa da pandemia da Covid-19, a cerimônia vai ser restrita à família. Nesta sexta-feira (23), a partir de 9h, haverá um cortejo saindo do Jardim Filadélfia até o cemitério São Lázaro, onde será o enterro.

Edmundo Galdino começou a carreira política em 1982, quando foi eleito vereador de Araguaína. Depois foi deputado estadual, pelo então estado de Goiás, e após a criação do Tocantins foi eleito deputado federal, atuando em questões agrárias, deixando a função apenas em 1996.

Ao longo de vários anos Galdino também foi presidente da Agência Tocantinense de Saneamento (ATS) e diretor do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) no Tocantins. (G1)

Continue lendo

Tocantins

COLINAS: Equipes da BRK Ambiental realizam nesta sexta, 23, melhorias no sistema de abastecimento

Publicado

em

Na próxima sexta-feira (23), as equipes da BRK Ambiental realizam melhorias estruturais no Reservatório Apoiado (RAP) 001, que integra o sistema de abastecimento de água de Colinas do Tocantins. Os trabalhos têm o objetivo de garantir mais qualidade e segurança no fornecimento de água para o município.

Os trabalhos terão início às 06h da manhã, neste horário o serviço de distribuição de água será interrompido para os bairros: Oeste, Novo Planalto, Alvorada, Novo Horizonte, Araguaia I e II, Recanto do bosque, Aeroporto I, II e Vila São João.

A conclusão das obras deve ocorrer poucas horas depois, até o meio-dia. Com o término, a retomada do abastecimento será gradual, das regiões mais baixas para as mais altas.

O engenheiro da BRK Ambiental em Colinas do Tocantins, Felipe Lisboa, recomenda que os moradores economizem água até que o abastecimento esteja restabelecido. “Recomendamos que os moradores dessas áreas adiem atividades que demandam maior consumo, como a lavagem de roupas, irrigação de plantas, lavagem de pátios e carros, por exemplo. Desse modo, a água do reservatório do lar pode suprir a demanda para uso essencial nesse período”, explica.
O cliente que precisar de mais informações sobre o status dos trabalhos, poderá entrar em contato com a concessionária pelo telefone 0800 6440 195 ou WhatsApp (11) 99988-0001.

Continue lendo

Tocantins

ARAGUAÍNA: Marginais são presos após furtarem papelaria no centro da cidade

Publicado

em

A Polícia Militar prendeu na madrugada desta quarta-feira, 21, no Setor Central em Araguaína, dois homens, 28 e 29 anos, pelo crime de furto. Durante a ação os policiais militares localizaram uma quantia pecuniária em espécie, 19 caixas de lápis de cor, três pacotes de balinhas, três pacotes de chicletes, 24 tesouras, dois pacotes de borracha, duas cadeiras de praia, uma caixa de caneta esferográfica, um lápis, dez cadernos de matéria, seis kits de lápis de cor e 13 máscaras de tecido. O material havia sido escondido pela dupla em um terreno baldio.

Após denúncia via 190, a guarnição deslocou ao endereço, onde de acordo com informações, dois indivíduos haviam entrado em um estabelecimento comercial. Ao chegar no local foi constatado a veracidade dos fatos. De imediato foram realizadas diligências nas imediações na tentativa de localizar os acusados, momento em que os militares avistaram os dois suspeitos.

Após abordagem e busca pessoal, os dois indivíduos informaram que haviam escondido o material furtado em um terreno baldio. A equipe de policiais militares foi até o local indicado e localizou todo o material. Diante dos fatos, os homens e objetos apreendidos foram apresentados à Central de Flagrantes de Araguaína para os procedimentos legais.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze