Connect with us

Maranhão

Aeroporto de São Luís apresenta 81% de risco de acidentes, diz Cenipa

Publicado

em

Segundo os dados do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), 58 ocorrências com risco de acidentes provocados por aves foram registradas em aeroportos do Maranhão desde janeiro. O aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado, em São Luís, detém 81% desses riscos, com 47 ocorrências. A proximidade do Aterro da Ribeira provoca a incidência de urubus na área de segurança aeroportuária, mas há outros problemas.

Percorrendo o entorno do aeroporto é possível encontrar alguns buracos abertos no muro. Do outro lado, muito lixo, tudo que sai das casas vizinhas vai parar na área que pertence ao aeroporto. Alguns buracos já foram tapados, mas outros estão se transformando em verdadeiras ameaças.

Na Avenida José Sarney, por exemplo, os assaltos aumentam à velocidade em que os buracos vão surgindo isso tem acontecido no bairro do São Cristóvão.

Os moradores da região afirmam que desde que parte do muro desabou os marginais tem usado o local como esconderijo, principalmente à noite. O acúmulo de lixo no terreno tem atraído urubus para dentro do aeroporto. Outro motivo que estaria atraindo as aves pra pista de pouso do aeroporto seria a falta de manutenção no Aterro da Ribeira.

O secretário de Obras e Serviços Públicos de São Luís, José Silveira disse que o município já está tomando providencias para diminuir o número de aves no aterro sanitário.

Em nota, a Infraero ressaltou que a presença de aves é fortemente influenciada por fatores externos ao aeroporto, como a presença de aterros sanitários e lixões no entorno, o que é atrativo para animais.

Além da educação ambiental, a Infraero realiza a limpezas dentro da área do aeroporto, além de buscar o diálogo com os órgãos municipais responsáveis pela identificação e retirada desses focos nas áreas fora do aeroporto. Quanto ao muro patrimonial, a nota informa que esse trecho, situado na Vila Cotia, já foi consertado diversas vezes por ser alvo de destruição.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

IMPERATRIZ: Policial que matou médico em boate é expulso da PM

Publicado

em

Adonias Sadda

A família do médico, Bruno Calaça Barbosa, de 24 anos, assassinado em julho, a tiros durante uma festa ocorrida em Imperatriz, na região Tocantina, estado do Maranhão, antecipou que o policial militar, Adonias Sadda, responsável pelo disparo de arma de fogo que causou a morte, foi exonerado da Polícia Militar.

O Comando Geral da Polícia Militar deve publicar a decisão esta semana.

Sadda deve ser transferido para a penitenciaria de Pedrinhas, em São Luís.

Continue lendo

Maranhão

AÇAILÂNDIA: PROCON fiscaliza o cumprimento da gratuidade para jovem e idosos no transporte

Publicado

em

O PROCON de Açailândia realizou na quinta-feira, 20, campanha de fiscalização aos prestadores de serviços de transporte de passageiros no Terminal Rodoviário da Cidade, sobre a obrigatoriedade de isenção e concessão de descontos em passagens para viagens intermunicipais e interestaduais para idosos e jovens.

A fiscalização constatou que todas as empresas comprovaram o cumprimento do benefício legal. O PROCON está elaborando um relatório a respeito que será encaminhado para Promotoria do Consumo desta de Açailândia.

Toda reclamação sobre Direito do Consumidor também pode ser registrada diretamente na sede do PROCON, localizada na Rua São Francisco, nº. 1160, Centro, ou no E-mail institucional: [email protected] .

Continue lendo

Maranhão

CAROLINA: Promotorias de Justiça ganham novas sedes

Publicado

em

O Ministério Público do Maranhão realizou, nesta quinta-feira, 21, a solenidade de inauguração da nova sede das Promotorias de Justiça de Carolina. A inauguração foi presidida pelo procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, e contou com a presença de autoridades locais, como o prefeito da cidade, Erivelton Teixeira Neves, e membros e servidores do MPMA.

A nova sede está instalada em um prédio histórico, que foi recuperado pelo MP. A obra teve o valor de R$ 858 mil, sem aditivos. A área construída é de 297,86 m², com área total de 425,9 m² (edificação e terreno).

O novo prédio possui hall de entrada, recepção, protocolo, banheiros feminino e masculino com normas de acessibilidade, sala de reunião, gabinete, sala de servidores, sala de arquivo e área de serviço.


“Cada vez que inauguramos um prédio, ficamos satisfeitos de estar servindo melhor a nossa comunidade. Esses prédios não são para o Ministério Público, são para a sociedade. Nós somos agentes para isso, para cuidar do nosso povo”, destacou o procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau.

O presidente da Associação do Ministério Público do Estado do Maranhão (Ampem), Gilberto Câmara, ressaltou que o novo prédio oferece maior comodidade para a população e para membros e servidores. Ele acrescentou que o MP contribuiu também para a preservação do patrimônio histórico de Carolina. “O Ministério Público, por meio de suas obras e reformas, está atuando no sentido de preservar o patrimônio histórico do município. Esse prédio aqui é um presente para a cidade”, ressaltou.

Pronunciamento semelhante fez o promotor de justiça Marco Túlio Lopes enfatizando a importância da recuperação do imóvel para a cidade de Carolina. “Conseguimos fazer com que um prédio que estava abandonado fosse recuperado, com uma seara de resgate da cultura e história da nossa cidade. Além disso, com as novas instalações, a gente tem a potencialidade de ofertar melhores serviços”, afirmou o promotor de justiça Marco Túlio.

Acompanharam a solenidade servidores e membros do MPMA, entre os quais os promotores de justiça Thereza Muniz de La Iglesia, chefe de Gabinete do PGJ; Joaquim Ribeiro de Souza Júnior, assessor especial do PGJ; Nahyma Abas, coordenadora do Centro de Apoio Operacional de Defesa da Probidade Administrativa; Lítia Cavalcanti, coordenadora do CAOp Consumidor; Reinaldo Campos Castro Júnior, 1º vice-presidente da Ampem; Cláudio Cabral Marques, 2º secretário da Ampem.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze