A Coordenadoria Geral do PROCON notificou as agências bancárias de Parauapebas que não seguiram legislação consumerista e apresenta agora o relatório das decisões administrativas das autuações da fiscalização das agências bancárias do município.

Depois de percorrer todas as agências bancárias de Parauapebas em fevereiro deste ano, o PROCON percebeu o descumprimento da lei Municipal 4.449/2011, que estabelece o prazo máximo de 20 minutos para permanência dos clientes em filas de agências bancárias.

As agências ainda apresentaram irregularidades como ausência de entrega de senhas e falta de plaqueta com o número do Procon. As mesmas terão dez dias, a contar da data de recebimento da notificação, para recorrer da decisão do Procon.

Caso a decisão permaneça, além da multa, as agências ainda deverão corrigir as irregularidades apresentadas no relatório.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.