- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
terça-feira, 23 / julho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Amélio Cayres assume interinamente o Governo do Tocantins

Mais Lidas

O governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa, estará em missão oficial na Europa de 25 de junho a 3 de julho. Acompanhado da primeira-dama e secretária extraordinária de Participações Sociais, Karynne Sotero, e de uma equipe técnica, o chefe do Executivo participará do 12° Fórum de Lisboa, em Portugal. O evento reunirá líderes dos três poderes do Brasil e autoridades internacionais para discutir questões fundamentais para o aprimoramento e eficiência na gestão pública.

Na ausência do governador, o vice Laurez Moreira deveria assumir o cargo, mas ele também estará em viagem internacional durante esse período. Assim, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Tocantins (Aleto), deputado Amélio Cayres, assumirá o cargo de governador interino.

Wanderlei Barbosa embarcou na tarde desta segunda-feira, 24, e garantiu que os trabalhos no Estado continuarão. “Vamos seguir atentos às necessidades do Estado, mesmo durante este período. O Amélio Cayres tem liberdade para inaugurar obras e realizar as ações necessárias”, afirmou Barbosa.

Amélio Cayres, agora governador interino, afirmou que assume a gestão com tranquilidade. “Sempre tivemos uma relação institucional harmoniosa na Assembleia Legislativa. Assumo este cargo com honra e humildade, mantendo a estabilidade que o Governo do Tocantins oferece aos tocantinenses”, comentou.

A viagem foi oficializada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta segunda-feira, 24.

Fórum de Lisboa

Anteriormente conhecido como Fórum Jurídico de Lisboa, o evento chega à sua 12ª edição e agora se chama Fórum de Lisboa, refletindo uma série de eventos ocorridos ao longo do ano no Brasil e em Portugal.

Este ano, o tema é “Avanços e recuos da globalização e as novas fronteiras: transformações jurídicas, políticas, econômicas, socioambientais e digitais”.

O fórum acontecerá em Lisboa, na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, de 26 a 28 de junho. Durante esses dias, autoridades, especialistas, acadêmicos e representantes da sociedade civil do Brasil e da Europa discutirão o impacto da globalização nas relações entre estados, instituições, empresas e povos.

O evento é organizado pelo Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa (IDP), pelo Centro de Estudos de Direito Público de Lisboa (LPL) da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, e pelo Centro de Inovação, Administração e Pesquisa do Judiciário da Fundação Getúlio Vargas (FGV Justiça).

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias