Connect with us

Bico do Papagaio

ANANÁS: Após celeuma, respirador é liberado para Araguaína

Publicado

em

Um respirador mecânico que estava inativo em Ananás, no Bico do Papagaio, foi disponibilizado, nesta quarta-feira, 6, após decisão judicial, ao Hospital Regional de Araguaína (HRA) em caráter de empréstimo. A decisão atende a uma solicitação da Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO), por meio de Ação Civil Pública (ACP), para ampliar os atendimentos aos pacientes de Covid-19 no HRA, que é referência na região Norte do Estado para casos graves da doença causada pelo novo coronavírus, casos estes em que os aparelhos respiradores são considerados necessários ao enfrentamento à doença.

“É um equipamento que, até o momento, não atendia nenhum paciente em Ananás, e nem poderia atender pela atual estrutura e perfil do hospital em que está armazenado. Por outro lado, esse mesmo equipamento em Araguaína significa mais um leito com estrutura similar de UTI, mais uma chance de vida para pacientes graves”, disse o defensor público Sandro Ferreira, autor da ACP proposta nesta quinta-feira, 6, mesma data da decisão expedida pela juíza Wanessa Lorena Martins de Sousa Motta.

Por ser um aparelho estratégico no tratamento de pessoas infectadas pelo novo coronavírus, tendo em vista que o Hospital Municipal de Ananás não suporta o atendimento a possíveis vítimas de Covid-19 em estado grave, o que foi relatado pela própria unidade hospitalar, o Defensor Público entende que o contexto justificou a urgência de se buscar o respirador ocioso e entregar na unidade de referência, que encontra-se com as UTIs lotadas. A Direção do Hospital Regional de Araguaína manifestou ao Defensor Público que o respirador será utilizado imediatamente.

Para Sandro Ferreira, enquanto o respirador estava ocioso em Ananás, município a 488 Km de Palmas, a referência para casos graves da cidade que é Araguaína, distante apenas 116 km de Ananás, suporta uma crescente de casos e ocupação de leitos de UTI, tendo atingido na terça-feira, 5, 100% da taxa de ocupação/bloqueio de leitos de UTI para pacientes de Covid-19.

“Mesmo após instados, mesmo diante da gravidade do aumento da doença, ficaram inertes, como se fosse natural ignorar bem público com tal nível de essencialidade atual. Sequer pedimos a diligência de transporte, pois o município de Araguaína se encarregou de tal tarefa fazendo uma primeira diligência no último domingo [3 de maio] sem êxito, e agora esta, bem-sucedida. A situação era lamentável, visto que se tratava de um bem público, sem uso, capaz de manter pessoas vivas em meio a pandemia, sem custo para o Estado, e abandonado sem providência alguma para remoção e instalação; mas, agora, tudo está resolvido”, comemorou o Defensor Público.

A decisão da juíza Wanessa Motta, da 1a Escrivania Cível de Ananás, também determina que o Estado, o município de Ananás e a Câmara de Ananás, promovam as diligências necessárias para a regularização normativa da cessão de uso de bem público, assim a formalização da cessão do equipamento ao HRA deverá ser realizada no prazo máximo de 10 dias, conforme a decisão.

Respirador

Os equipamentos são estratégicos no tratamento para que os pacientes com insuficiência respiratória consigam respirar. Não são todos os casos de internação por Covid-19 que os respiradores são necessários, porém, nas situações em que a pessoa apresenta grande dificuldade para inspirar e expirar, os equipamentos são fundamentais e podem representar sucesso no tratamento. (Keliane Vale)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

XAMBIOÁ: Menina de 3 anos é vítima de afogamento no Araguaia

Publicado

em

Uma menina de três anos morreu após se afogar no rio Araguaia em Xambioá, no Bico do Papagaio. A criança estaria acampando com a família quando desapareceu nas águas. De acordo com a Polícia Militar, ela chegou a ser socorrida e levada para o hospital, mas não resistiu. O caso foi registrado na tarde de sexta-feira (3).

A PM informou que foi até Hospital de Xambioá, por volta das 16h, após a informação de que uma criança tinha dado entrada na unidade vítima de afogamento. Uma testemunha contou aos militares que mãe da menina teria sentido falta da filha e começou a buscar ajuda.

Um homem que estava no local localizou a criança no fundo do rio e conseguiu resgatá-la até a margem. Eles tentaram reanimar a menina, que teria chegado a vomitar, e logo depois levaram a criança ao hospital.

Ainda segundo a polícia, o médico que estava de plantão relatou que a menina chegou ao hospital sem vida. A perícia foi chamada ao local e a família orientada a procurar a delegacia da Polícia Civil. O caso deverá ser investigado. (G1)

Continue lendo

Bico do Papagaio

MEC indica reitor pro tempore para UFNT

Publicado

em

O Ministério da Educação (MEC) indicou nesta sexta-feira (03), o professor Airton Sieben do curso de Geografia, campus de Araguaína, da Universidade Federal do Tocantins (UFT) para o cargo de reitor pro tempore da Universidade Federal do Norte de Tocantins (UFNT). A indicação passará por avaliação e segue para publicação de portaria.

Para o professor, a implantação da UFNT cria perspectivas de avanços na educação não só do norte do estado do Tocantins, mas também nas áreas circunvizinhas dos estados do Maranhão e Pará. Para ele, a nova universidade amplia a possibilidade de cursos nas mais diversas áreas de conhecimento e aumenta a possibilidade de contribuir de forma mais efetiva para o desenvolvimento social e econômico da região. “A UFNT deve alcançar também a comunidade, a sociedade de forma geral, beneficiando e proporcionando ações para o desenvolvimento regional”, ressaltou Airton.

Próximos Passos

Segundo o professor, a UFNT já nasce multicampi, agregando os campus de Araguaína e Tocantinópolis, e ainda com a perspectiva da futura implantação nos municípios de Guaraí e Xambioá. Os próximos passos, após a nomeação e posse do reitor pró-tempore, serão o estabelecimento de uma comissão para elaborar o estatuto da nova Universidade com a preocupação de se discutir o modelo de gestão, a constituição do CNPJ da UFNT e dar sequência ao projeto de transição que está sendo conduzido pela UFT, que é a Universidade tutora nesse processo.

Currículo

O professor Airton Sieben é doutor e pós-doutor em Geografia, pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU, 2012 e 2015, respectivamente). Mestre em Geomática (Engenharia Agrícola), pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, 2004). Professor da Universidade Federal do Tocantins (UFT) do Campus de Araguaína, desde o ano de 2004 e professor do Programa de Pós-graduação em Cultura e Território (PGCulT), desde 2015. Coordenador do Laboratório de Cartografia e Estudos de Território (LCET), da UFT/Araguaína. Participa em grupos de pesquisa e consultor de revistas científicas. Tem experiência em Educação e Geografia com ênfase em território, população, cartografia, sensoriamento remoto e uso de tecnologias. Vice coordenador do curso de Geografia e membro em várias comissões de gestão da UFT.

Nova universidade

A Universidade Federal do Norte do Tocantins (UFNT) foi criada por meio da Lei 13.856, no dia 8 de julho de 2019, pelo desmembramento dos câmpus de Araguaína e Tocantinópolis. A criação da UFNT atende a necessidade de expansão do ensino superior na região Norte do país. A Universidade beneficiará cerca de 1,7 milhão de habitantes, abrangendo 66 municípios do Tocantins, Pará e Maranhão.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Veja os números da Covid-19 desta sexta, 3

Publicado

em

Continue lendo
publicidade