Connect with us

Bico do Papagaio

ANANÁS: Equipe de mutirão encontra caso de sub-registro

Publicado

em

“Nasci em São Domingos no Estado do Pará. Mudei para Ananás com 15 anos para morar com minha irmã. Não conheço meu pai. Sempre morei com minha mãe. Um dia senti vontade de ir à escola e pedi a minha mãe para me registrar. Todas as vezes que eu pedia, ela sempre tinha alguma coisa para fazer. Eu não quis mais pedir e assim ficou. Estou com 27 anos e não tenho nenhum documento. Meu sonho continua sendo o de estudar. Também tenho vontade de votar. Sempre quando tem eleições, todos os meus vizinhos votam menos eu. Estou muito feliz”. Esta é a história de Lucivânia Alves de Castro que agora é uma cidadã brasileira.

Depoimentos como este, são a prova de que a realidade das pessoas pode ser diferente. O registro de nascimento é o primeiro passo para o começo de uma nova vida.

Ao ser atendida pela equipe do Mutirão da Cidadania, Lucivânia foi encaminhada para o cartório de Registro Civil de Ananás, com duas testemunhas. O documento foi feito. Retornando aos atendimentos do Mutirão, a jovem tirou as carteiras de identidade e de trabalho, a xerox e as fotos 3×4.

Para a solicitação do CPF, o cidadão tem que ter em mãos, o número do título de eleitor. Nos municípios menores, normalmente, não tem cartório eleitoral. A equipe do 5° Mutirão da Cidadania vai estar em Xambioá nos dias 2 e 3 de fevereiro, emitindo toda a documentação básica, inclusive o registro de nascimento. O município fica a 70 km de Ananás.

Registro

De acordo com a Cartorária, Maria José Miranda Dias, no município é raro um caso de sub-registro. A justificativa deve-se às permanentes atuações da Prefeitura Municipal e do Governo do Estado para a emissão da certidão de nascimento. “Tem épocas de nós vamos de casa em casa para tirar o registro do povo”, afirmou a dona do cartório, Maria José.(Umbelina Costa)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Professor Eliézio comenta sobre acidente com tiro que matou Celi Pintor

Publicado

em

Nesta quinta, 3, o professor Eliézio Vieira, divulgou um vídeo comentando sobre o acidente que ocorreu em sua chácara, na zona rural de Araguatins, no Bico do Papagaio, no início do mês de novembro, que provocou a morte de Celi Pintor, amigo de Eliézio e bastante conhecido na cidade.

A fatalidade é tratada como um acidente, provocado pelo manuseio de uma arma de fogo.

Eliézio divulgou o vídeo, após ser veiculado em redes sociais, um áudio, afirmando que a Polícia teria concluído laudo pericial, onde apontaria Eliézio como culpado e que a Polícia estaria a procura do professor. A informação não procede.

Continue lendo

Bico do Papagaio

BURITI: Itamar diz que não disputará presidência da Câmara e pretende apoiar prefeita eleita Lucilene

Publicado

em

O vereador reeleito para seu 3° mandato Professor Itamar Martins (MDB), disse que não disputará a presidência da Câmara Municipal não por falta de experiência, conhecimento e habilidade mais por outros motivos. “Já decidi, não vou participar da eleição pra presidente”, disse o parlamentar.

Perguntado sobre quem apoiaria ele respondeu, “Estamos conversando, analisando, garanto que será um dos candidatos. Professor Itamar explicou ainda que seu principal objetivo é contribuir com a cidade junto com a gestora eleita Lucilene Brito ( SD ) e demais vereadores fazer projetos para melhoria na educação, saúde, infraestrutura, esporte e demais área nesse momento é meu foco principal”, finalizou. (Ascom)

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Prefeitura afirma que não há atraso de salários e 13º e que ação jurídica é sem motivos

Publicado

em

A Prefeitura de Araguatins informou nesta quinta-feira, 3, que tomou conhecimento com “estranheza” dos rumores de que a assessoria jurídica do prefeito eleito teria impetrado um mandado de segurança para impedir atrasos e parcelamentos nos salários dos servidores, dentre outras finalidades. 

A ação proposta, segundo a atual gestão, é desnecessária e tem a mera finalidade de publicitar atos inexistentes, já que todos os servidores estão com os salários em dia e o 13° salário, desde o mês de janeiro, vem sendo antecipado 50% na data do aniversário dos servidores, conforme prevê a Legislação Municipal. 

Com base nesses fatos, a prefeitura reiterou que não há nenhum indício de que a gestão tenha demonstrado a intenção de deixar de cumprir seus compromissos com os servidores, descaracterizando assim, qualquer motivação para o mandato ora impetrado.

Continue lendo
publicidade Bronze