Connect with us

Bico do Papagaio

ANANÁS: Presos são devolvidos após tentativa de transferência

Publicado

em

O juiz Baldur Rocha Giovannini, da comarca de Ananás, determinou que os dez presos que haviam sido transferidos provisoriamente da Unidade de Tratamento Penal Barra da Grota (UTPBG) para a cadeia pública daquela cidade retornassem para o presídio de origem.

O motivo da determinação é que os presos foram transferidos para Ananás sem a carta precatória, documento que garante a transferência de responsabilidade do juiz de execução de Araguaína para o juiz titular de Ananás. Os presos, segundo informações, teriam chegado à cadeia pública apenas com o encaminhamento do presídio. Os detentos não chegaram a descer do microônibus.

Os presos saíram de Araguaína por volta das 14h15 e chegaram em Ananás às 18 horas. De acordo com o diretor de Barra da Grota, Edgones Coimbra, a maioria deles foi escolhida para a transferência por bom comportamento e cumpria pena por crime de assalto. Ainda de acordo com o diretor, não há previsão de novas transferências.

Os 20 considerados líderes da rebelião ainda não foram transferidos para Presídio de Segurança Máxima de Catanduva (SP) e Campo Grande (MS). Ontem, o JTo tentou falar com a direção do presídio federal sul-mato-grossense para confirmar a transferência, mas até o fechamento desta edição não conseguiu contato. Também ligou para o presídio federal paulista, mas o diretor da penitenciária, Fabiano Bordignon, informou não oder passar informações por telefone. Os dois presídios são de responsabilidade da Força Nacional de Segurança Pública, departamento ligado ao Ministério da Justiça.

Atualmente permanecem no pavilhão de visitas provisoriamente 168 presos, que devem ser selecionados nos próximos dias para serem transferidos. Além dos líderes, na unidade ainda estão três grupos: os presos em regime semiaberto; o grupo que está em regime fechado; e os outros presos que seriam transferidos para Ananás.

Presídio

A limpeza dos destroços da rebelião ainda está sendo realizada por um grupo de agentes, servidores e alguns presos que cumprem pena no regime semiaberto. O lixo deve seguir para o aterro sanitário municipal. A retirada do entulho foi determinada pela Justiça, para que o departamento de Serviços Urbanos da Prefeitura de Araguaína (SUPAR) realizasse os trabalhos. O número de presos seria reduzido para 158, mas com o retorno dos detentos transferidos para Ananás, o presídio continua com 168.

Vizinhos

Segundo o presidente de bairro do povoado Barra da Grota, Antônio Pereira, muitos moradores já deixaram o local com medo do que possa acontecer. “Elas estão alugando casas em outro lugar por medo” revelou.

Além disso, muitos moradores vizinhos do presídio, também já pensam em se mudar do setor. “Eu vivo assombrada com tudo isso. No dia da rebelião, eu fui para a casa de meu filho, que fica em Araguaína, porque fiquei com muito medo” disse a pensionista Antônia da Silva, que tem 68 anos. Abalada, Antônia chegou a ser internada no dia da rebelião. (JT – Weberson Dias)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
3 Comments

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Dois homens morrem após moto bater em caminhão com 23 indígenas na carroceria

Publicado

em

Dois homens morreram após uma colisão entre uma motocicleta e um caminhão que transportava 23 indígenas da etnia Apinagé na carroceria. O acidente aconteceu na noite desta sexta-feira (14) na TO-126, próximo da entrada do povoado Mumbuca em Tocantinópolis. As vítimas estavam na moto e foram identificadas como Gustavo Borges de Sousa, de 39 anos, e Hildo de Araújo Moraes, de 42 anos.

O motorista contou à Polícia Militar que estava fazendo o transporte dos indígenas após passarem o dia coletando coco babaçu em uma fazenda da região. Durante a viagem ele ouviu um barulho e quando parou percebeu que a moto tinha colidido na traseira do caminhão.


A PM informou que uma equipe médica ainda foi chamada, mas apenas constatou a morte de Gustavo Borges e Hildo de Araújo.

Nenhum ocupante do caminhão se feriu. O motorista permaneceu no local e não apresentava nenhum sinal de alteração da capacidade psicomotora. Depois ele foi levado para prestar depoimento na delegacia de plantão.

A Polícia Científica foi chamada para fazer a perícia e depois o IML recolheu os corpos. Os dois veículos foram apreendidos e entregues na delegacia. (G1)

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Rixa em bar tem tapa na cara, tiro de espingarda e prisão

Publicado

em

A Polícia Militar apreendeu na noite de quinta-feira, 13, uma espingarda calibre 20, em poder de um homem de 36 anos, que acabou preso por porte ilegal de arma de fogo e também por efetuar disparo com a própria arma em vias públicas. A ocorrência se deu nas proximidades de um bar em um bairro de Araguatins, no Bico do Papagaio.

A equipe de policiais militares foi chamada para atender uma ocorrência nas proximidades de um bar, onde acontecia uma briga envolvendo o autor e outro homem de 38 anos, por motivos não revelados.


O autor disse aos policiais, que se encontrava no bar quando o homem de 38 anos, que também acabou sendo preso, chegou e começou a lhe agredir fisicamente com tapas, causando escoriações na cabeça e nas costas.

O autor também relatou à PM que após a agressão foi em sua residência e buscou a espingarda e apontou para o homem de 38 anos e só não atirou devido ter pessoas próximas. 

No momento da ação o autor acabou sendo contido por populares que estavam no bar, e que a espingarda disparou acidentalmente para o alto no momento em que ele era imobilizado. A espingarda foi escondida e entregue aos policiais militares a qual acabou sendo apreendida. 

Os dois homens e a arma de fogo foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil para as providências cabíveis.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Jacaré é visto nadando próximo a cidade

Publicado

em

Um jacaré-açu espécie predominante da Amazônia, foi filmado por moradores de Araguatins, esta semana, no Rio Araguaia, bem em frente a cidade de Araguatins, no Bico do Papagaio. O animal é grande e esmo com a aproximação dos populares, ele não fugiu ou reagiu.

Pelas dimensões do bicho, se trata de um exemplar adulto. Normalmente esse tipo de jacaré se alimenta de pequenos animais, como tartarugas, peixes, capivaras e veados. É uma espécie que esteve à beira da extinção, devido ao valor comercial do seu couro de cor escura e da sua carne. Atualmente, encontra-se protegido e sua população encontra-se estável no Brasil. É a maior espécie de jacaré, podendo atingir até 4,5 metros de comprimento.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze