Connect with us

Pará

ANTAQ e CPH discutem operações da hidrovia Tocantins Araguaia

Publicado

em

A operacionalização da hidrovia Tocantins Araguaia será discutida em reunião entre representantes da Companhia de Portos e Hidrovias do Pará e a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ) nesta quarta e quinta-feira, 10 e 11, respectivamente, em Brasília.
Serão tratados também temas como o o derrocamento do Pedral do Lourenço no Rio Tocantins, retomada do projeto e construção do Porto Público de Cargas de Marabá, construção concomitante da eclusa junto com a barragem, na futura usina de Marabá, dentre outros assuntos de relevância para o estado do Pará.
publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

PARAUAPEBAS: PROSAP amplia canais de comunicação com lançamento de site

Publicado

em

Manter um bom relacionamento com as comunidades, baseado num diálogo direto e transparente, é um dos compromissos do Programa de Saneamento Ambiental, Macrodrenagem e Recuperação de Igarapés e Margens do Rio Parauapebas (Prosap). Nesse sentido, o programa amplia seus canais de comunicação, com o lançamento de mais uma importante ferramenta: o site prosap.parauapebas.pa.gov.br

Com layout simples e fácil navegação, o site pode ser acessado a partir de diferentes dispositivos tecnológicos, como smartphones, notebooks e computadores, mantendo suas características e funcionalidades.  

Na plataforma, o usuário tem acesso a imagens, vídeos institucionais, documentos, legislação e estudos relacionados ao programa, bem como, a toda estrutura administrativa do Prosap, entre outros conteúdos.   

O site foi desenvolvido pelo analista de sistemas do Prosap, João Melo, com o acompanhamento da gestão e equipe de comunicação do programa. “Ele é parte de um conjunto de ações de comunicação que tem como objetivo aproximar a população do programa, oferecendo à comunidade informações sobre a importância das obras de saneamento ambiental e todos os benefícios que serão gerados para Parauapebas”, diz a jornalista Jéssica Borges.

“Estamos lançando agora, mas entendendo que as melhorias serão realizadas continuamente para que essa plataforma atenda aos nossos diversos públicos”, completa João Melo. 

Canais de relacionamento

Com o site, o Prosap amplia e fortalece seus canais próprios de relacionamento com a comunidade. Atualmente, o programa disponibiliza contato de Whatsapp (94) 9 9973-0476 para dúvidas, perguntas e manifestações da comunidade, além de e-mail: [email protected], e dos atendimentos presenciais realizados nos escritórios do programa nos bairros Rio Verde e Vale do Sol.

O Escritório de Gestão Socioambiental na Rua Minas Gerais, n° 65, bairro Rio Verde, atende ao público no horário das 8h às 18h (sem interrupção para almoço), de segunda a sexta-feira. 

Enquanto que o Escritório Social no Residencial Vale do Sol, localizado na Rua Sebastião Leite, Quadra 08, Lote 01, atende ao público do reassentamento no horário das 8h às 12h e das 13h às 18h, de segunda a sexta-feira. O público do reassentamento abrange as 250 famílias retiradas de áreas de risco compreendidas por obras da primeira fase do Prosap.  (Jéssica Borges)

Continue lendo

Pará

PARAUAPEBAS: Observatório de Gênero será implementado nos próximos meses

Publicado

em

Idealizado por professores e alunos da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), o Observatório de Gênero será implementado nos próximos meses em Parauapebas. Caberá ao projeto colocar à disposição municipal indicadores estratégicos de gênero e ferramentas analíticas para a formulação de políticas públicas, manter atualizado o acompanhamento da autonomia política, física e econômica das mulheres, bem como produzir boletins mensais sobre dados relacionados à violência contra a mulher. 

Na semana passada técnicos da Secretaria Municipal da Mulher (Semmu) e do Programa de Saneamento Ambiental, Macrodrenagem e Recuperação de Igarapés e Margens do Rio Parauapebas (Prosap), acompanhados pelas professoras da Ufra, Daniela Castro dos Reis e Josilene Ferreira Mendes, visitaram a área em que o Observatório de Gênero será instalado. 

Trata-se de um espaço no próprio campus da universidade, onde serão montados dois contêineres totalmente adaptados e equipados com cadeiras, mesas, computadores, centrais de ar, armários, e toda a estrutura necessária para o desenvolvimento das atividades. A Prefeitura de Parauapebas, por meio do Prosap, destinará 60 mil dólares para a aquisição dos itens acima, conforme orienta a forte política de gênero promovida pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).  

Mestre e doutora em pesquisa do comportamento, a professora Daniela Castro dos Reis é categórica ao afirmar que o Observatório de Gênero é um projeto inovador na Amazônia, “ele vai nos ajudar a discutir os dados da política pública em Parauapebas. A gente quer falar sobre essa violência praticada contra mulheres, crianças, adolescentes, e estudar também os autores da agressão. Há uma gama de possibilidades para discutir e garantir políticas públicas”. 

A também professora da Ufra, Josilene Ferreira Mendes, doutora em Direito, antecipou que a proposta do observatório é também lançar um aplicativo para o fortalecimento da rede de atendimento à mulher e a elaboração de um livro que resgate a história do movimento no município. “A ideia é justamente fortalecer a política municipal e também trabalhar a prevenção nas escolas”, destacou.

A secretária da Mulher, Edileide Maria Batista, demonstrou entusiasmo pelo andamento do projeto, assim como a subcoordenadora de ações sociais do Prosap, Eulália Almeida. “A política de gênero do BID tem como principal objetivo promover projetos que definam a igualdade de gênero e o empoderamento de mulheres. Essa parceria entre as instituições é muito importante para que avancemos nesse assunto”, completou. (Jéssica Borges)

Continue lendo

Pará

TUCURUÍ: Independente vence Tapajós por 1 a 0

Publicado

em

A partida entre Independente e Tapajós foi marcada por oportunidades de ambas equipes de marcarem gols, mas apesar das chances, somente Danrlei soube aproveitar, marcando o único gol do confronto. Tanto o Boto, quanto o Galo, não conseguiram ser felizes na finalização.

No grupo C o Águia de Marabá e o Independente venceram na primeira rodada e conquistaram três pontos, ficando nas primeiras colocações da tabela. O Castanhal empatou em 1 a 1 com o Paysandu e está na terceira colocação. Já no grupo B, Tapajós, Carajás e Tuna perderam e não conquistaram nenhum ponto ainda. O Clube do Remo joga na segunda

Na segunda rodada o Independente enfrenta a Tuna Luso no Estádio Souza em Belém. A partida será no sábado (6) às 9h30. Já o Tapajós “recebe” o Águia de Marabá no domingo, dia 7 de março às 16h.

Continue lendo
publicidade Bronze