Nesta segunda-feira, 2, o prefeito Ronaldo Dimas entregou o novo prédio da Escola Municipal Cabo Luzimar Machado. A nova construção tem capacidade para beneficiar 330 crianças da região funcionando como escola e, agora, também uma creche de período integral. A entrega faz parte das comemorações pelo 61º aniversário de Araguaína.

Dimas também anunciou que construirá um local para esporte e lazer e que finalizará a reconstrução da unidade básica de saúde (UBS). “Infelizmente ainda não conseguimos a autorização da Justiça para usar a área desapropriada e paga. Vamos melhorar ainda mais o bairro, é um compromisso nosso entregar a UBS, a praça e o campo de futebol”, afirmou.

Para a ex-professora Vânia Queiroz, 63 anos, que é uma das pioneiras no Setor Ponte, a obra é uma confirmação do avanço da cidade. “Eu fico muito feliz por estar lucida para ver isto. Há 40 anos, a gente dava aula com lamparina, em uma barraca de palha. É muito gratificante ver o que fizemos dar frutos”, contou.

Nova estrutura
A obra foi construída com recursos municipal e federal. São seis salas de aula e ainda mais uma sala para o Atendimento Educacional Especializado (AEE), todas com ar condicionado. Os banheiros, um masculino e um feminino, são adaptados com apoio para crianças com necessidades especiais.

Além destes itens, a escola foi entregue com outros dois equipamentos que estão se tornando padrão nas escolas municipais: tubo de armazenamento da água expelida pelo ar-condicionado, para reaproveitar na limpeza, e câmeras de monitoramento para melhor segurança das crianças, funcionários e dos bens públicos.

Outras instalações
Na parte administrativa, o local conta com salas para professores, direção, coordenação e secretaria e ainda um banheiro unissex também adaptado para deficientes. Já a cozinha segue o padrão de excelência com depósito para alimentos e freezer, o que evita contaminação e contribui para melhor qualidade dos alimentos que são servidos no refeitório.

Maior espaço
As 85 crianças que atualmente estão na Creche Otaerson Souza Lima serão transferidas para estudarem no novo prédio da escola. A união trará melhor utilização dos recursos públicos e facilitará o deslocamento dos pais para levarem e buscarem seus filhos.

Investimento em educação
Já são 16 novas unidades entregues para a comunidade com padrão de excelência na gestão Dimas. Além dessas, mais sete foram reconstruídas. Totalizando a ampliação e reforma em 22 unidades de ensino. Todas as salas de aula da Rede Municipal de Ensino, urbanas e rurais, são climatizadas.

Desde 2013, a Prefeitura destina cerca de 40% do orçamento do Município na Educação araguainense. Mais de R$ 29 milhões, entre recursos federais e municipais, foram investidos na Educação nesse período. O que contribuiu para dobrar a capacidade de atendimento em Araguaína, de 12 para 25 mil alunos, e manter uma margem que garante vagas para todos prevendo o desenvolvimento da cidade nos próximos 10 anos.

Segundo a diretora creche-escola, Josiane Sousa, o número de crianças atendidas no maternal dobrou nos últimos 10 anos. “De 2009 para cá, houve aumento de 39 para 85 crianças na creche. Muito em função dos pais trabalharem o dia todo no frigorifico e no Distrito Agroindustrial de Araguaína (Daiara)”, contextualizou. (Marcelo Martin/Foto: Marcos Sandes)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.