Connect with us

Tocantins

ARAGUAÍNA: Entrega de primeira etapa do Hospital Eduardo Medrado possibilita normalização dos atendimentos em outras unidades hospitalares

Publicado

em

O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, entregou a primeira etapa do prédio próprio do Hospital Municipal Eduardo Medrado (HMEM), nesta segunda-feira, 12 de outubro, localizado no Jardim das Flores. A nova instalação será, inicialmente, um hospital de campanha referência para tratamento de pacientes com covid-19 e tem capacidade de 20 leitos em unidade de terapia intensiva (UTI) e 40 leitos clínicos. 

Para o Dimas, o maior ganho com a início de funcionamento da nova unidade é possibilidade de centralizar o tratamento referente à covid-19 para que outros hospitais, unidades básicas de saúde (UBS) e de Pronto Atendimento (UPA) retornem ao atendimento normal. “Aqui será também a única porta de entrada para quem procura atendimento da covid-19. Assim, toda rede de saúde poderá voltar seu foco de atendimento para outras doenças, porque pacientes que precisavam de tratamento eletivos há meses, hoje já precisam do tratamento com urgência”.  

O hospital de campanha seguirá o atendimento que vinha sendo realizado na unidade da Vila Norte, que será cedida ao Hospital do Amor para implantação de um centro de prevenção do câncer. “Hoje, o novo prédio tem cinco leitos de UTI e 20 leitos clínicos instalados e os outros leitos serão transferidos para cá na medida que forem ficando vagos no Hospital Municipal de Campanha (HMC). A previsão é que essa mudança seja concluída em 15 dias”, explicou a secretária municipal da Saúde, Ana Paula Abadia. 

Já o presidente do Conselho Municipal da Saúde, Jair Clarindo, destacou a atuação da Prefeitura em deixar um legado para Araguaína. “Diferente do que aconteceu em vários municípios do Brasil, em que tudo será desmontado, aqui ficará uma obra para a população”. Segundo levantamento, o recurso investido na construção da etapa, aproximadamente R$ 9 milhões, sendo 66% de contrapartida do Tesouro Municipal, seria igual na instalação de hospital provisório.

Estrutura adequada 

Os leitos contam com estrutura completa, sendo ventiladores pulmonares, carro de parada e monitorização com monitores, oxímetros, bombas de infusão, além de mobiliário geral.  

A equipe de suporte clínica tem com profissionais médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, fisioterapeuta, farmacêutico, bioquímico, entre outros. A operação do local será gerenciada pelo Instituto Saúde e Cidadania (ISAC), que já administra o Hospital Municipal de Campanha, Hospital Municipal Eduardo Medrado (HMEM) e Ambulatório Médico de Especialidades.  

Obra completa  

Atualmente o HMEM funciona em prédio alugado e adaptado. A obra completa prevê um investimento total de mais de R$ 22,9 milhões, sendo R$ 19,3 milhões oriundos de emenda impositiva da bancada federal tocantinense e R$ 3,5 milhões do Tesouro Municipal.  A área será aproximadamente nove mil metros quadrados, com possibilidade de ampliação vertical no futuro, podendo chegar a mais de 15.000 m².   

A unidade contará com ambulatório de pediatria e cirurgia ambulatorial de adultos; salas de pesquisa química, coleta e imagens; pronto atendimento de urgência e emergência; hall de entrada, onde será feito o acolhimento de pacientes; alas de internação; centro cirúrgico; capela ecumênica; salas para administração; sala de suprimentos e almoxarifado; espaço para farmácia e nutrição; e a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica.  

Detalhes da 1ª etapa   

A obra tem 1.782,89 m² de área construída. A cobertura do prédio é estruturada por perfis metálicos com telha termoacústica, que além de servir como cobertura, têm como função o isolamento da temperatura (termo) e do som (acústica). A estrutura é conhecidas como telha sanduíche, por serem duas placas metálicas de aço galvanizado (ou galvalume) encostadas uma à outra e recheadas por um material isolante.   

Na estrutura de paredes interna foi utilizado o sistema Drywall (placas de gesso acartonado). Esse sistema é eficiente evita o desperdício e acúmulo de entulho, promovendo a sustentabilidade e fácil manutenção. Já na parte externa, o sistema utilizado nas paredes tem a função isolamento de chamas em caso de incêndio.  

A obra conta com estação de tratamento de esgoto, onde o efluente será tratado e lançado na rede de esgoto existente.  Na parte elétrica terá um gerador de 125 KVA em caso de falha no fornecimento de rede elétrica da concessionária.   

O sistema de gases medicinais, que são os tubos de cobre levam oxigênio e ar comprimido para paciente, foi dimensionado para uma futura ampliação do hospital municipal.   

A área externa do hospital tem calçada com piso podotátil (piso para deficiente visual), rampa para acessibilidade, gradil de fechamento no perímetro da obra, grama esmeralda e sistema de irrigação. 

Homenageado 

Nascido em Salvador, Bahia, o médico Eduardo Novaes Medrado Santos tornou-se araguainense em 1981. Personalidade forte, defendia com firmeza seus ideais e teve participação marcante na luta pela criação do Tocantins. Como primeiro secretário, implantou a estrutura da Saúde por todo o Estado e, em Araguaína, o Hospital Regional. 

Visionário, foi o grande responsável pela vinda do primeiro curso de medicina em toda região Centro-Norte, a Faculdade de Medicina do Itpac. Como secretário da Saúde de Araguaína, implantou o Hospital, que hoje leva seu nome, para atender as crianças de toda a região. Faleceu em 2016, aos 70 anos, deixando três filhos e um grande legado para o Brasil.  

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Avião cai e mata 6 no Tocantins

Publicado

em

Um avião com parte da equipe do Palmas Futebol e Regatas, time da Série D, caiu na manhã deste domingo (24), pouco após decolar, no distrito de Luzimangues, em Porto Nacional (TO). Quatro jogadores, o presidente da agremiação, Lucas Meira, e o piloto da aeronave morreram.

Os atletas que morreram são Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari. O piloto foi identificado como Comandante Wagner.

A equipe enfrentaria o Vila Nova pela Copa Verde em Goiânia. A partida estava programada para esta segunda-feira (25). O Vila Nova emitiu nota lamentando o acidente e informando que vai colaborar para o adiamento da partida.

Imagens feitas no local mostram que a aeronave ficou completamente destruída com o choque. Além do IML e dos Bombeiros, equipes da Polícia Militar estão no local prestando apoio.

O presidente do time, Lucas Meira, chegou a ser candidato a vice-prefeito de Palmas na chapa da vencedora das eleições Cinthia Ribeiro (PSDB). Ele acabou deixando a coligação alegando motivos pessoais. (G1)

Continue lendo

Tocantins

Inscrições para o concurso da PM do Tocantins encerram neste sábado, 23

Publicado

em

O certame para ingresso na Polícia Militar do Tocantins encerra suas inscrições neste sábado, 23, às 18 horas, horário oficial de Brasília/DF. Conforme o edital divulgado em dezembro do ano passado, os candidatos devem realizar o pagamento da taxa de inscrição até o dia 09 de fevereiro deste ano. São ofertadas 1.000 vagas para praças, sendo 950 vagas para o quadro operacional QPPM, 25 vagas para o quadro de músicos (QPE-Músicos); e 25 vagas para o quadro da saúde (QPS) distribuídas em 20 para técnico em enfermagem e cinco para técnico em Saúde Bucal.

As inscrições estão abertas desde o dia 4 de janeiro e o valor da inscrição é de R$ 80,00. O concurso público visa atender à demanda de reposição de efetivo da Polícia Militar após a anulação do concurso realizado em 2018, além de suprir às novas demandas surgidas devido à pandemia da Covid-19.

Para realizar a inscrição, o candidato pode acessar o banner do concurso no site da Polícia Militar (https://www.pm.to.gov.br/) e, clicando no link da vaga de interesse, ser redirecionado para a página da Cebraspe. O edital do concurso, com todas as informações sobre o certame, pode ser acessado no endereço: https://www.cebraspe.org.br/concursos/PM_TO_20_QPPM

O chefe do Estado-Maior da Polícia Militar e presidente da Comissão de Organização do Concurso, coronel Márcio Antônio Barbosa, reforçou que o atual concurso está sendo realizado com toda segurança e seguindo conforme o planejamento. “É uma oportunidade única para àqueles que sonham em ingressar na gloriosa e iniciar uma carreira de sucesso na Polícia Militar do Tocantins”, afirmou o coronel Barbosa.

Para o comandante-geral da corporação, coronel Jaizon Veras Barbosa, o concurso atende aos anseios de toda tropa e da sociedade. “Temos um efetivo que naturalmente tem sido reduzido no decorrer dos anos, devido à conclusão do tempo de serviço dos policiais que ingressaram no início dos anos 90. O esforço empreendido pelo Governo do Tocantins, em prover a Polícia Militar com os recursos necessários para a realização desse certame, é uma prova de responsabilidade com toda sociedade e do cuidado que a Polícia Militar tem recebido em todo esse tempo”, destacou o coronel Jaizon Veras Barbosa.

Inscrição

A inscrição no concurso para soldado tem como pré-requisito o ensino médio completo, idade mínima de 18 anos no ato da inclusão na corporação e idade máxima de 32 anos no ato da inscrição no concurso.

Para concorrer às vagas destinadas ao quadro da saúde, os candidatos devem, além dos requisitos gerais, possuir os cursos de Técnico em Enfermagem ou Técnico em Saúde Bucal. Já para o quadro de músicos, não há necessidade de ser portador de certificado de cursos na área, porém o candidato será submetido a uma prova prática instrumental como etapa do certame.

A carreira

Os candidatos aprovados no concurso ingressarão na Polícia Militar para realização dos cursos de formação de praças na graduação de Aluno-Soldado. Ao término do curso, receberão a graduação de Soldado 2ª Classe, nova graduação criada recentemente pela Lei n° 3.731, de 16 de dezembro de 2020. Os salários iniciais, após os cursos de formação, são de R$ 3.330,99 devendo o militar ficar no mínimo 36 meses na graduação. 

Continue lendo

Tocantins

Avião com pacientes Covid de Manaus faz pouso técnico em Palmas

Publicado

em

Um grupo de pessoas, que estava internado na rede estadual daquele Estado, foi removido na tarde desta quinta-feira, 21, para continuar o tratamento na capital do Espírito Santo, Vitória

O Governo do Amazonas informou, na sexta-feira, 15, que devido ao colapso do sistema de saúde pública, pacientes com Covid-19, seriam transferidos da rede pública hospitalar do Estado para outros sete entes federativos, como também, para o Distrito Federal durante os dias conseguintes. Um grupo de pessoas, que estava internado na rede estadual daquele Estado, foi removido na tarde desta quinta-feira, 21, para continuar o tratamento na capital do Espírito Santo, Vitória.

Neste grupo de pacientes, cujo voo teve um pouso técnico previsto em Palmas, embarcaram 18 pacientes, dois médicos e quatro enfermeiros. O Governo do Tocantins, em conjunto com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), mobilizou uma equipe especializada com UTI terrestre, que foi encaminhada para o aeroporto, visando oferecer suporte técnico e apoio médico, caso houvesse intercorrências.

A Operação Vida faz parte de uma força-tarefa realizada pelo Governo do Amazonas, por meio do Ministério da Saúde, para melhorar o fluxo de atendimento na rede pública de saúde. (George Gomes / Foto: André Araújo)

Continue lendo
publicidade Bronze