Connect with us

Tocantins

ARAGUAÍNA: Hospital de Campanha já contabiliza 40 vidas salvas no tratamento da Covid-19

Publicado

em

Com o único Hospital de Campanha do Tocantins (HMC), Araguaína também tem se tornado referência no acolhimento de pacientes com covid-19. Desde a sua implantação no mês de maio, quase 70 pessoas já foram atendidas na unidade que fica no Setor Vila Norte e foi exclusivamente estruturada para esse tipo de tratamento.

Nos últimos dois meses, 40 pacientes que estavam internados no HMC receberam alta após serem curados da covid-19, entre eles o feirante, de 75 anos, Edevaldo Thomann, que foi o primeiro a receber alta da unidade e ganhou uma grande recepção do lado de fora.

“Confesso que ficamos muito apreensivos quando meu pai foi removido para o Hospital de Campanha e todo o medo e ansiedade mudaram depois que fomos recebidos pela equipe.  Todos sabem que no nosso país as pessoas estão sofrendo com falta de leitos e este hospital em Araguaína foi muito importante para que meu pai conseguisse vencer a doença”, contou a filha do paciente, Priscila Setúbal Thomann.

Atualmente mais de 100 pessoas entre médicos; farmacêuticos; bioquímicos e outros profissionais, trabalham no Hospital de Campanha de Araguaína que conta com 15 leitos clínicos e 5 de UTI para casos mais graves da doença. De acordo com a diretora geral do Hospital Municipal de Campanha, Maria Dulcimary Fonseca, até o fim da semana mais 20 leitos estarão prontos para receber pacientes, chegando a um total de 40.

“Foi um verdadeiro desafio implantar toda essa estrutura em tempo record, mas hoje podemos dizer que Araguaína está cada dia mais preparada para enfrentar a pandemia garantindo a segurança da população”, explicou a diretora geral do Hospital de Campanha, Dulcimary Fonseca.

Recursos

Além do investimento inicial de R$ 960 mil, a Prefeitura de Araguaína também tem recebido recursos de emendas parlamentares, como do deputado Federal Tiago Dimas e do suplente do Senado Ogari de Castro Pacheco, com articulação do senador Eduardo Gomes, além de doações de empresas da cidade, como R$ 350 mil do Grupo Nosso Lar e 100 camas clínicas do frigorífico JBS. Todos os recursos estão sendo destinados exclusivamente para a estruturação do atendimento aos pacientes diagnosticados com a covid-19.
Esta é a primeira vez que é feita a implantação de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para adultos em uma cidade do Tocantins, aumentando a cobertura de atendimento da cidade que já conta com leitos de UTI exclusivos para o tratamento de crianças com covid-19 no Hospital Municipal de Araguaína.

Mais uma unidade

A previsão é que até o final de setembro Araguaína terá mais um hospital de campanha para tratamento de pacientes com covid-19. Serão 60 leitos, sendo 20 Unidades de Terapia Intensiva e 40 clínicos. A obra faz parte da primeira etapa do prédio próprio do Hospital Municipal Eduardo Medrado (HMEM) e prevê um investimento inicial de R$ 9,7 milhões. (Felipe Maranhão/Fotos: Marcos Filho)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

ARAGUAÍNA: Motorista bêbado mata mulher, foge do local, mas é capturado pela PM

Publicado

em

No final da tarde deste domingo, 27, um motorista embriagado provocou um acidente com vítima fatal no km 98 da TO-222 no município de Araguaína. Uma mulher veio a óbito e o condutor fugiu do local, mas foi detido logo em seguida pela Polícia Militar.

Durante patrulhamento, policiais do Batalhão de Polícia Militar Rodoviário e de Divisas(BPMRED) foram informados por transeuntes sobre um acidente que acabara de acontecer entre um automóvel e uma motocicleta na altura do KM 98 da TO – 222. Ao chegar no local do sinistro já havia uma aglomeração de pessoas que informaram que o condutor envolvido havia fugido do local em outro veículo.

Como o socorro já havia sido acionado, os patrulheiros do BPMRED focaram em encontrar o autor do acidente. Após buscas pela região, os policiais encontraram o motorista que apresentava sintomas de embriaguez e recusou-se a realizar o teste do etilômetro. 

Testemunhas do acidente informaram que o condutor do veículo dirigia em alta velocidade fazendo “zig zag” na pista e que na hora do acidente havia outras pessoas no veículo que o ajudaram a fugir e intimidaram as pessoas que tentaram impedi-lo.

O acidente deixou uma vítima fatal. A mulher morta no acidente era mãe de uma jovem de 14 anos, que acompanhava a mãe no momento do sinistro. A menor teve fratura na bacia e lesões internas tendo sido levada pelo SAMU ao Hospital Regional de Araguaína onde passou por procedimento cirúrgico.

A motocicleta conduzida pela vítima fatal incendiou-se e ficou totalmente carbonizada. O tráfego no local do acidente ficou interditado por algumas horas e a equipe do BPMRED contou com o apoio de outras viaturas do 2° Batalhão da PM para controle da situação.

Após a liberação do fluxo na rodovia e finalização dos trabalhos, os detidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia de plantão onde foram tomadas as providências cabíveis.

Continue lendo

Tocantins

Confira o cronograma de interdições de ruas para obras de água e esgoto em Araguaína e Colinas

Publicado

em

A BRK Ambiental, empresa responsável pelos serviços de saneamento em 47 cidades do Tocantins, está realizando a implantação de redes de esgoto em novas áreas de Araguaína e Colinas do Tocantins, na região norte do estado.

O projeto, que tem como objetivo melhorar a qualidade de vida da população por meio do saneamento básico, contempla a substituição de 24,1 km de redes de água e 33,7 km de redes de esgoto, que beneficiarão mais de 2 mil famílias de Araguaína. Na cidade de Colinas, a empresa está expandido as redes de esgoto para novas áreas.

Nesta semana, as equipes continuam trabalhando nas ruas e avenidas do setor Morada do Sol em Araguaína e do setor Santo Antônio em Colinas. 

Confira o cronograma completo das ruas que serão interditadas: 

Setor Morada do Sol em Araguaína

Segunda-feira (28)

Rua 12

Rua C

Terça-feira (29)

Rua B

Quarta-feira (30)

Rua 11

Rua Boa Esperança

Quinta-feira (01)

Rua B

Rua Boa Esperança

Setor Santo Antônio em Colinas do Tocantins

Segunda-feira (28)

Rua Pachorel entre as ruas Goiás e das Flores;

Rua das Flores entre as ruas Pachorel e Joviano;

Rua Pachorel entre as ruas São Francisco e Luiz Alves Guida;

Rua Luz Alves Guida entre ruas Pachorel e Araguaína;

Terça-feira (29)

Rua Goiás entre as ruas Joviano Manoel De Oliveira e Pachorel;

Rua Luz Alves Guida entre as ruas Pachorel e Araguaína;

Rua Pachorel entre as ruas Alves Guida e São João;

Quarta-feira (30)

Rua Joviano entre as ruas Goiás e das Flores;

Rua Das Flores entre as ruas Joviano e Pachorel;

Rua Pachorel entre as ruas São João e São Paulo;

Quinta-feira (01)

Rua São José entre as ruas José Moisés de Araújo e Goiás;

Sexta-feira (02)

Rua José Moisés de Araújo entre a rua São José e Av. Santos Dumont;

Av. Santos Dumont entre as ruas José Moisés De Araújo e Goiás;

Rua São Paulo entre as ruas Pachorel e Santos Dumont;

Sábado (03)

Rua Goiás entre Av. Santos Dumont e rua Joviano;

Continue lendo

Tocantins

Plantio da soja está liberado no Tocantins a partir de 1º de outubro

Publicado

em

Com o fim do vazio sanitário, nesta quinta-feira, 30, abre-se no Tocantins, a janela de plantio da soja para a safra 2020/2021 que tem início no próximo dia 1º de outubro e segue até o dia 15 de janeiro de 2021. O vazio teve início no dia 1º de julho, durante esse período os sojicultores ficaram proibidos de manterem plantas vivas de soja em campo.

Segundo o diretor de defesa, inspeção e sanidade vegetal da Adapec, Alex Sandro Farias Arruda, com abertura da janela de plantio os sojicultores estão autorizados a cultivarem a soja, observando a legislação, referente ao plantio por calendarização. “Nos últimos anos foi estabelecido no Tocantins, o plantio de soja, dentro de uma janela, como uma medida para somar com as demais ações existentes no controle da ferrugem asiática e outras pragas,” disse Alex Sandro.

De acordo com a Adapec, os sojicultores devem obrigatoriamente fazer o cadastro anual de suas áreas de plantio da soja junto ao órgão. O arquivo está disponível no site adapec.gov.to.br, após baixa-lo, o produtor deve preenchê-lo, e em seguida já com a guia de pagamento efetuada, deve entregar todas as documentações, preferencialmente no escritório da Adapec do seu município. O produtor tem até cinco dias úteis após o fim da janela de plantio para efetuar o cadastramento da área.

“Estamos finalizando o período do vazio sanitário no Tocantins, onde a Adapec mesmo em meio a pandemia monitorou em todo o Estado, propriedades que cultivaram soja na última safra orientando os produtores a não manterem plantas vivas no campo, com isso, mantemos o controle sobre a ferrugem asiática para continuarmos produzindo cada vez mais grãos com qualidade,” disse o presidente da Adapec, Alberto Mendes da Rocha.

Dados

Na última safra, foi cultivada no Tocantins, segundo dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), uma área de pouco mais de 1,17 milhão de hectares.

Continue lendo
publicidade Bronze