- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
quarta-feira, 17 / julho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ARAGUAÍNA: Mais de 150 crianças participam do Dia D da Turminha do Lago

Mais Lidas

Mais de 150 crianças de 40 escolas municipais participaram do Dia D da Turminha do Lago, que fez parte da programação de ações da Semana Municipal do Meio Ambiente. O evento realizado na prainha da Via Lago, no dia 6, contou com a apresentação musical da banda Artcum, da Reciclarte, a soltura de alevinos e o plantio de mudas às margens do Lago Azul.
 
A criação e leitura do gibi da Turminha do Lago inspiraram o nome do evento. Em sala de aula, os alunos fizeram oficinas pedagógicas do material desenvolvido pela Prefeitura de Araguaína e que retrata a preservação da natureza, por meio do combate ao despejo irregular de lixo e esgoto no Lago Azul e nos córregos da cidade.
 
Segundo o prefeito, além das 62 unidades de ensino da rede municipal, o material didático está despertando o interesse e irá alcançar outros municípios. “É sucesso em todo o estado do Tocantins, muitos prefeitos estão me pedindo o Gibi da Turminha do Lago para levar para as cidades deles”, disse Wagner Rodrigues durante o evento.
 
Desenvolvendo hábitos de preservação
Segundo o secretário do Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente de Araguaína, Joaquim Quinta Neto, a preservação ambiental está associada à prática de hábitos e destaca que as crianças possuem mais facilidade para absorver e repassar o conhecimento.
 
“Quando trazemos ações educativas para as crianças, além de solidificar com facilidade na cabeça delas, elas vão servir de agentes multiplicadores, pois levarão esses conceitos para os seus pais e avós e a gente fecha um ciclo virtuoso de valores ambientais”, informou Joaquim.
 
O aluno do 3º ano da Escola Municipal Benedito Canuto Braga, Henzo Gabriel Cristino, de 8 anos, leu diversas vezes o gibi da Turminha do Lago e com os personagens da história ele aprendeu uma lição. “Sobrou o palitinho de pirulito e minha mãe jogou no chão, eu falei que não podia, ela foi lá e pegou”, contou o estudante.
 
Soltura de alevinos
No Dia D da Turminha do Lago também foram soltos três mil alevinos, com essa ação o Lago Azul chega a 94.500 peixes inserido dos no lago. A iniciativa faz parte do Projeto Lago Vivo que pretende devolver ao Rio Lontra 200 mil alevinos de espécies nativas da bacia amazônica extintas no local, como tambatinga (caranha), piau e surubim.
 
“Estamos um momento de transição entre o velho Lago Azul e o novo Lago Azul, obras estão sendo feitas por meio da CAF, que é o projeto Águas de Araguaína e um dos principais objetivos desse projeto é preservar nossos recursos hídricos”, explicou o Joaquim.
 
Segundo o prefeito, com ações realizadas no Lago Azul será possível ter um espaço de esporte e lazer para toda a comunidade. “Vai proporcionar daqui a pouco uma pesca esportiva e um local para as crianças e toda família aproveitar”, contou Wagner.  
 
Nosso cerrado preservado por meio da arte e o plantio
O evento foi aberto ao som da música autoral “Nosso Cerrado”, da banda Artcum, formada por professores da Reciclarte. A Escola de Artes realiza a educação ambiental desde a produção de artesanatos a apresentação artística.
 
“Nossos instrumentos são feitos com materiais que seriam descartados. Trazemos em nossas composições o cuidado ambiental, é como essa canção característica da região onde estamos inseridos”, explicou a diretora da Reciclarte, Valéria Elias.
 
Com objetivo de preservar a região, 35 mudas de ingá, buriti, cacau e açaí foram plantadas às margens da prainha da Via Lago pelos alunos do município e os bombeiros mirim do Tocantins. As ações também foram realizadas em parceria do Grupo JDemito, BRK Ambiental e Energisa.

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias