- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
quarta-feira, 17 / agosto / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

ARAGUAÍNA: Ponte da Cônego João Lima será demolida para passagem da Via Norte

Mais Lidas

As obras da primeira etapa da Via Norte, maior projeto de infraestrutura urbana do Tocantins, avançam para a fase de conexão da nova avenida com a Cônego João Lima, no Centro. Para isso, será necessária a remoção da ponte da antiga avenida, que dará lugar às aduelas de canalização da nova via.

A demolição será iniciada neste sábado, 4, a partir das 13h30, horário em que já é menor o movimento em direção à região central da cidade. A previsão para liberação total da via, de acordo com a construtora responsável pela execução das obras, é para o dia 11 de outubro.

“A gente espera reduzir ao máximo esse período, já que as obras fluem com rapidez para que a gente possa entregar o mais breve possível a ligação da Via Norte com a Cônego João Lima”, comentou o prefeito Wagner Rodrigues.

Rotas alternativas

A Agência de Segurança, Transporte e Trânsito (ASTT) orienta os condutores sobre as rotas alternativas para evitar o trecho interditado. Quem segue no sentido Entroncamento ao Centro, deve desviar pela Marginal Neblina e na sequência poderá seguir pela Rua 13 de Maio ou Avenida Tocantins. Outra opção é o acesso ao Centro seguindo pela Rua 13 de Junho, no Setor Dom Orione, até a Rua Neblina.


Já quem vai do Centro rumo ao Entroncamento, pode desviar pela Rua 13 de Junho, seguida da 13 de Janeiro e 13 de Julho, podendo retornar à Cônego João Lima pela Rua Soares.

“Todas as modificações serão devidamente sinalizadas, haverá placas indicativas dos pontos interditados e rotas de desvio”, afirmou o diretor de Engenharia e Planejamento da ASTT, Antônio Ferraz Júnior. 

Águas de Araguaína
O desenvolvimento sustentável, com investimento em infraestrutura aliado à preservação das nascentes, é o objetivo do Projeto Águas de Araguaína. O projeto é executado com financiamento obtido por meio do Banco de Desenvolvimento da América Latina – Corporação Andina de Fomento (CAF).

A canalização evitará a degradação dos recursos hídricos disponíveis nos córregos Canindé e Neblina, principais afluentes da bacia do Lontra, consequentemente colaborando para a despoluição do Lago Azul.

Além da implantação da Via Norte, que ligará o centro da cidade a 14 bairros, o Projeto contempla uma série de obras nos bairros, a criação de bacias de detenção da água das chuvas, e a implantação de vários pontos de área verde, totalizando um investimento de mais de R$ 350 milhões.

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias