Connect with us

Tocantins

ARAGUAÍNA: Primeira paciente curada de coronavírus no HDT-UFT recebe alta

Publicado

em

Por volta das 17h30 desta segunda-feira (11), a lavradora Maria Ilda Rodrigues Lopes de 52 anos recebeu alta após seis dias de tratamento no Hospital de Doenças Tropicais da Universidade Federal do Tocantins (HDT-UFT), instituição filiada à Rede da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, instalada no município de Araguaína (TO). A paciente foi diagnosticada com Covid-19.

Dona Ilda conta que os primeiros sintomas ocorreram há oito dias e foram tosse, febre, muito cansaço, dor de cabeça e nas costas, dificuldade no paladar e para respirar. Assim, ela procurou uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), fez o teste rápido, mas deu negativo. Porém, como os sintomas continuavam, colocaram-na no isolamento e repetiram o teste que deu positivo. Logo, a paciente foi encaminhada para o HDT-UFT, onde ficou seis dias internada.

Emocionada, ela falou sobre sua experiência. “Quando fui internada, as pessoas achavam que eu não ia voltar com vida, mas quando você tem fé, tudo dá certo, foi colocado na minha frente os médicos e enfermeiros certos e o tratamento correto na hora certa, eu nunca tive dúvida que eu iria me curar. Para mim, é indescritível o que eu sinto com o resultado dessa cura, se não fosse Deus na minha vida, eu não estaria aqui, porque só eu sei como eu me senti, sentada, sem conseguir falar porque não respirava direito, e  hoje em casa podendo contara minha história de vitória”.

A paciente lembrou ainda da importância de levar as medidas de proteção a sério. “Depois de tudo que passei, eu reforço a todos que tenham muito cuidado, a prevenção é o melhor remédio, fiquem em casa e e precisar sair, use máscara, álcool em gel, proteja a si e os outros”, conclui.

Conforme o Plano de Contingência/Covid-19 da Secretaria de Estado da Saúde, atualmente, o HDT-UFT é responsável pela internação de pacientes infectados com o novo coronavírus, classificação moderados, com a disponibilidade de dez leitos.

Atuação da Rede Ebserh

Desde os primeiros anúncios sobre o COVID-19, a Rede Ebserh tem trabalhado em parceria direta com o Ministério da Saúde, com participação do Centro de Operações de Emergência (COE) do órgão e tendo como diretrizes monitorar a situação no país e em suas unidades, realizar treinamento de funcionários da Rede, promover webaulas, definir fluxos, montar câmaras técnicas de discussões com especialistas e atuar como hospitais referência em algumas regiões. (Ascom UFT)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Tocantins tem 64.273 casos confirmados de Covid-19

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que nesta terça-feira, 22 de setembro, foram contabilizados 786 novos casos confirmados para Covid-19.

Deste total, 197 foram registrados nas últimas 24 horas e o restante por exames coletados em dias anteriores e que tiveram seus resultados liberados na data de ontem.

Desta forma, hoje o Tocantins registra um total de 195.370 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 64.273 casos confirmados da doença. Destes 46.843 pacientes estão recuperados e 16.553 estão ainda ativos (em isolamento domiciliar ou hospitalar), além de 877 óbitos.

Clique AQUI e veja o boletim completo.

Continue lendo

Tocantins

Organização criminosa responsável por fraude a licitação para construção de estradas no Tocantins é alvo da PF

Publicado

em

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (22) a Operação “Tempos Modernos”, visando desarticular organização criminosa envolvida em fraudes a licitação e contratos públicos de pavimentação e abertura de estradas vicinais na região sul do Estado.

Aproximadamente 45 Policiais Federais cumprem 10 mandados judiciais de busca e apreensão, três afastamentos de cargos públicos e outras medidas judiciais diversas, todas expedidas pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região – TRF1, para cumprimento nas cidades de Alvorada/TO, Jaú do Tocantins/TO, Paraíso do Tocantins/TO e Palmas/TO.

A investigação teve início após o aporte de informações contendo indícios de que as licitações estariam sendo direcionadas a determinada empresa que estaria vencendo todas as licitações no sul do Estado do Tocantins.

O grupo criminoso atuava através de pagamento de propina aos servidores públicos envolvidos no processo de licitação, contratação e fiscalização. A empresa responsável pelas fraudes subcontratava a execução das obras, que sempre aconteciam em condições inferiores as tipificadas nos contratos. As investigações apontam um prejuízo de aproximadamente R$ 3 milhões de reais aos cofres públicos.

Os investigados poderão responder, nas medidas de suas responsabilidades, pelos crimes de fraude a licitação, peculato, organização criminosa, corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro.

O nome da operação “Tempos Modernos” faz uma referência crítica ao mundo capitalista, em que tudo gira em torno do capital e do lucro, e para atingir seus objetivos algumas organizações lançam mão de uma requintada estrutura de corrupção, em detrimento da sociedade e do bem público.

Continue lendo

Tocantins

ARAGUAÍNA: ASTT orienta a população sobre mudança de sentido de ruas

Publicado

em

A partir desta semana, a Avenida Flor de Lis passará a ter sentido único, da Av. José de Brito até a Av. Filadélfia. A paralela, Rua das Camélias, fará o sentido oposto, ligando a Av. Filadélfia à Av. José de Brito. 

O diretor de engenharia e planejamento da ASTT, Caio Augusto Lobo Rodrigues, explica que essa mudança foi definida após um estudo técnico a respeito do fluxo de veículos no local. “A implantação de sentido único de circulação foi definida para melhorar a segurança e fluidez das vias, já que isso diminui os conflitos entre as trajetórias de veículos. Além disso, no caso de vias estreitas como essas, permite criar vagas de estacionamento”.

A mudança

De acordo com a ASTT, a mudança é realizada de forma gradativa, à medida em que as placas de sinalização forem instaladas. Também está sendo estudada a instalação de um medidor de velocidade na Rua das Camélias, que fará o sentido oposto.

Durante o período de mudança de sentido das ruas, agentes de trânsito serão enviados para o local para orientar a população. A fiscalização será apenas educativa e tem o objetivo de facilitar a adaptação dos motoristas a estas mudanças. (Felipe Maranhão)

Continue lendo
publicidade Bronze