Connect with us

Tocantins

ARAGUAÍNA: Saúde faz nova vacinação drive thru contra gripe nesta quarta, 15

Publicado

em

Nesta quarta-feira, 15, a Secretaria Municipal da Saúde fará nova vacinação no modelo drive thru para aumentar a cobertura vacinal contra a influenza. A ação será no Parque de Exposições de Araguaína, das 13 às 18horas e devem participar crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas, pessoas de 55 a 59 anos que ainda não estão imunizados contra a gripe.

O atendimento dentro dos veículos é para evitar a aglomeração de pessoas nas unidades básicas de saúde (UBS), diminuindo as chances de contágio do coronavírus (covid-19).

“Estamos proporcionando mais essa oportunidade para as pessoas desse público-alvo que menos procurou a vacina no período de campanha. Acreditamos que muitos tiveram receio de ir até as UBS em função do aumento dos casos da covid, por isso decidimos dar a opção do drive thru”, explicou a coordenadora municipal de Imunização, Samila Braga.

Serão disponibilizadas 1.200 doses da vacina para a ação desta quarta-feira. Para a vacinação a pessoa precisa levar o cartão de vacina e um documento com identificação.

Números atualizados

Até agora, de acordo com os dados da Secretaria da Saúde do Município, 38.051 pessoas de todos os grupos da campanha foram vacinadas. Segundo o levantamento, muitos grupos prioritários alcançaram menos de 50% da meta de vacinação, como o de crianças de seis meses a menores de seis anos, as mulheres no pós-parto até 45 dias, que teve uma procura em torno de 41%.

14 mil doses contra influenza estão disponíveis nas 15 unidades básicas de saúde da cidade, que continuarão atendendo os grupos prioritários para alcançar a meta de 90% de vacinação.

“Nós tivemos uma excelente adesão logo no início da campanha, principalmente pelos idosos e profissionais da saúde, tanto que desses grupos prioritários conseguimos passar de 100% da cobertura. Esperamos que as demais pessoas aproveitem essa oportunidade e busquem a vacina que é muito importante, já que a influenza é também uma doença grave”, disse a coordenadora de imunização.

Público-alvo
Todas as pessoas que se enquadram dentro dos grupos prioritários, que não receberam a imunização, ainda podem vacinar. Na lista estão os idosos e trabalhadores da Saúde; motoristas de transporte coletivo; indígenas; jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; pessoas com doenças crônicas não-transmissíveis; presos e funcionários do sistema prisional. 

Além de crianças de seis meses a menores de seis anos; gestantes; pessoas com deficiências; mulheres no pós-parto até 45 dias; adultos de 55 a 59 anos e professores das redes pública e privada.

Locais de vacinação
UBS Avany Galdino da Silva (Rua Gonçalves Lêdo, nº 1.217 – São João);
UBS Bairro de Fátima (Rua Padre Anchieta, s/nº, Bairro de Fátima);
UBS Couto Magalhães (Avenida Perimetral, s/nº, Setor Couto Magalhães);
UBS Dr. Dantas (Rua CE, quadra 22, lote 1, Setor Jardim Costa Esmeralda);
UBS Dr. Francisco Barbosa de Brito (Rua A esquina c/ Rua L, Vila Aliança);
UBS José Ronaldo Pereira da Costa (Rua 09, quadra 1, lote 1, Setor Dom Orione);
UBS Lago Azul (Avenida Araguaia, quadra 4, lote 02, Parque do Lago);
UBS Manoel dos Reis Lima (Rua das Hortências, nº 46, Setor Jardim das Flores);
UBS Manoel Maria Dias de Brito (Rua dos Ingaxixes, quadra 28, lote 1, Setor Cimba);
UBS Nova Araguaína (Rua 19, s/nº, Setor Nova Araguaína);
UBS Novo Horizonte (Avenida Araguaia, s/nº, Novo Horizonte);
UBS Palmeiras do Norte (Rua das Camélias, nº 1055, Setor Palmeiras do Norte);
UBS Ponte (Rua Joaquim Caboclo, s/nº, Setor Ponte);
UBS Senador Benedito Vicente Ferreira – (Rua 07, nº 07, Setor José Ferreira);
UBS Setor Barros (Avenida Bernardo Saião, nº 1082, Setor Barros).

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Villa Nova-MG bate o Palmas na estreia do Brasileiro da Série D

Publicado

em

O Villa Nova aproveitou o fator casa e bateu o Palmas por 3 a 1 na tarde deste domingo (20) no estádio Castor Cifuentes, em Nova Lima (MG).

Os gols da partida foram marcados por Lucas Grossi, Etinho e Daniel. Bruninho diminuiu para o Tricolor.

O Leão do Bomfim teve o controle do jogo durante os 90 minutos do duelo. Com a vitória, o time de Nova Lima é vice-líder no grupo 6, leva vantagem no saldo de gols em relação Tupynambás e Gama, que vêm em seguida com três pontos.

O próximo compromisso do Villa será no sábado (26), às 15h, contra o Bahia de Feira, na Bahia. Já o Palmas terá pela frente o Tupynambás, também no sábado, às 18h, no Nilton Santos, em Palmas. Globo Esporte)

Continue lendo

Tocantins

Tocantins tem 63.423 casos confirmados de Covid-19 e 46.178 recuperados

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que neste domingo, 20 de setembro, foram contabilizados 259 novos casos confirmados para Covid-19.

Deste total, 58 foram registrados nas últimas 24 horas e o restante por exames coletados em dias anteriores e que tiveram seus resultados liberados na data de ontem.

Desta forma, hoje o Tocantins registra um total de 193.657 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 63.423 casos confirmados da doença. Destes 46.178 pacientes estão recuperados e 16.379 estão ainda ativos (em isolamento domiciliar ou hospitalar), além de 866 óbitos.

Clique AQUI e veja o boletim completo.

Continue lendo

Tocantins

Adapec apreende no Tocantins ovos férteis enviados de forma ilegal via Correios

Publicado

em

Após receber denúncias dos Correios, a Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec) apreendeu na manhã desta sexta-feira,18, em Palmas, ovos férteis em uma caixa térmica, pesando 950 gramas, por estarem desacompanhados da Nota Fiscal e da Guia de Trânsito Animal (GTA), que são exigidas para esse tipo de produto. Esta é a 9ª apreensão feita pela Agência este ano. Os materiais recolhidos serão descartados no aterro sanitário.

A Agência alerta que, para o trânsito de produtos e subprodutos de origem animal, vegetal e material biológico, é obrigatório apresentar documentos zoofitossanitários e outros previstos pela defesa sanitária animal e vegetal, seja por via terrestre, aérea ou fluvial, como prevê o Art. 7º da Lei Estadual nº 1.082, de 1º de julho de 1999.

Continue lendo
publicidade Bronze