Connect with us

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Acadêmicos realizam trabalhos de extensão no Quilombo Ilha de São Vicente

Publicado

em

A equipe do projeto de extensão intitulado “Discursos, narrativas e poemas quilombolas do Tocantins” do curso de Letras, do Câmpus Araguatins, da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), realizou na semana passada, uma visita ao Quilombo da Ilha de São Vicente, iniciando a etapa de escuta e registros dos textos que integrarão o corpus final do projeto.

“Nessa etapa da pesquisa registramos o discurso de Fátima Barros, liderança da comunidade quilombola, que narrou a trajetória histórica da existência da comunidade da Ilha de São Vicente, fundada no século XIX por ancestrais negros, escravizados e posteriormente libertos. A existência do quilombo remonta às origens da fundação do próprio município de Araguatins”, explica a coordenadora do projeto, professora Dra. Luama Socio.

O trabalho de escuta e pesquisa teve a participação do professor Me. Victor Borges, coordenador do curso de Letras e colaborador do projeto, Léo Daniel da Conceição Silva, acadêmico do segundo período de Letras, e de Walter Antunes, colaborador externo. Além disso, a integração com o grupo de acadêmicos da Universidade Estadual da Região Tocantina Maranhão (Uemasul), sob coordenação da profa. Dra. Edna Sousa Cruz.

No entendimento dos realizadores do projeto, para que a sociedade, juntamente com a universidade, caminhe em direção à construção de um entendimento amplo do conceito de cultura, é necessária a integração das amplitudes plurais identitárias das construções sociais na dimensão de suas práticas discursivas. As poéticas preservadas ou criadas por membros das comunidades quilombolas fazem parte das raízes do imaginário da identidade do país e também especificamente do estado do Tocantins.

“Consideramos as poéticas preservadas e cultivadas pelos quilombolas da Ilha de São Vicente, no município de Araguatins, região do Bico do Papagaio, como uma literatura em que se pode, privilegiadamente, encontrar símbolos de forte conexão entre os seres humanos e o seu lugar de pertencimento, incluindo toda a pluralidade de formas próprias da arte literária, que vai desde a estética de sua linguagem até os sentidos variados de seus conteúdos simbólicos”, explica Luama.

Além do registro do discurso de Fátima Barros, as atividades de pesquisa incluíram a interação com vários membros da comunidade quilombola no espaço da Ilha de São Vicente, segunda maior Ilha fluvial do Estado do Tocantins, que abriga uma rara vegetação nativa, coexistente às roças, animais domésticos, e as construções e utensílios específicos da cultura quilombola que compõem os objetos e seres do dia-a-dia na Ilha de São Vicente. (Josiane Mendes)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

SAMPAIO: Arma de fogo e munições são apreendidas

Publicado

em

A Polícia Militar apreendeu na madrugada desta segunda-feira, 26, no centro de Sampaio, Norte do Estado, um revólver calibre 38 com cinco munições intactas. A arma apreendida é suspeita de pertencer a dois indivíduos, entre eles, um menor de idade, acusados de praticarem roubo de aparelho celular naquela cidade.

A guarnição da PM realizava patrulhamento quando recebeu informação por parte das vítimas comunicando que dois homens armados de revólver haviam acabado de roubar seus aparelhos celulares. Uma das vítimas ainda chegou a entrar em luta corporal com um dos criminosos.

Com a chegada da PM, os autores abandonaram o revólver no local e conseguiram fugir por um matagal próximo. A guarnição realizou diligências, mas ninguém foi localizado. A dupla conseguiu subtrair das vítimas aparelhos celulares e carteira com documentos pessoais. A arma e munições foram apresentadas na Delegacia de Polícia para as demais providências.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: TRE adia para quinta, decisão sobre recurso de Rocha Miranda

Publicado

em

A expectativa de aliados, candidatos a vereador e eleitores de Rocha Miranda (PTB), foi frustrada na tarde desta segunda, 26, com o adiamento da votação do recurso que a Coligação “De Volta ao Progresso”, apresentou junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), pedindo a reforma da decisão de primeira instância, que indeferiu o pedido de registro para a disputa da Prefeitura Municipal.

O recurso começou a ser examinado na sessão da manhã, e um voto chegou a ser proferido. Foi da relatora do processo, juíza Ana Paula Brandão, que chegou a elogiar a decisão de José Carlos Tajra Reis Júnior, juiz da 10ª Zona Eleitoral, que indeferiu o registro de Rocha Miranda e votou pela confirmação do indeferimento.

Em seguida, o juiz Marcelo Cordeiro, pediu vistas do processo, por conta de dúvidas sobre um ponto do relatório e acabou pedindo mais tempo para estudar a situação, prometendo regressar na pauta da tarde.

De fato, o que aconteceu, foi que o recuso de Rocha Miranda e outros, acabaram não entrando na pauta da tarde, desta segunda e acabaram sendo postergados para julgamento na sessão da manhã de quinta, 29.

Enquanto isso, os rochistas seguem em tensão, sem a definição da situação e com a campanha praticamente parada.

Ao todo, são 7 juízes que votarão no processo. A juíza Ana Paula Brandão, já deu seu voto pelo indeferimento, restam outros 6 magistrados.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Com 1 voto pelo indeferimento de Rocha Miranda, juiz pede vistas e julgamento será retomado ainda nesta segunda

Publicado

em

Esta segunda-feira, 26, é um dia decisivo para a Coligação “De Volta ao Progresso”. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE), começou a analisar o recurso do candidato Rocha Miranda (PTB), que pede a revisão do julgamento em primeira instância, que indeferiu seu pedido de registro, por conta de condenação de dano ao erário público, ainda quando prefeito.

O pedido de impugnação foi feito pela Coligação “Juntos Por Araguatins”.

A análise do recurso começou na manhã desta segunda, e já recebeu um voto pela confirmação da sentença de primeira instância, proferida pelo juiz da 10ª Zona Eleitoral, José Carlos Tajra Reis Júnior. O voto na sessão de hoje, no TRE, foi dado pela relatora, juíza Ana Paula Brandão, que elogiou a decisão de Tajra.

No segundo voto, que seria do juiz Marcelo Cordeiro, ele pediu vistas do processo, por conta de dúvidas sobre um ponto do relatório e acabou pedindo mais tempo para estudar a situação. Cordeiro deve retornar o processo para pauta, na sessão das 17h, ainda desta segunda.

Continue lendo
publicidade Bronze