Daniel Ferreira de Oliveira é o da esquerda.

Daniel Ferreira de Oliveira proprietário de uma extensa ficha criminal, por delitos como assassinatos e roubo, mas que mesmo assim, seguia gozando de liberdade, foi preso pela Polícia Militar do estado do Maranhão, na última sexta-feira, 14, no município de Sítio Novo do Maranhão, próximo ao limite com Amante.

Daniel é o mesmo marginal acusado de matar em 24 de janeiro de 2012, junto com Reginaldo Silva, o casal Cláudio Oliveira da Cruz e Dinaide Pereira Amorim, encontrados mortos à beira do Rio Araguaia, próximo ao povoado Santa Luzia, no município de Araguatins, no Bico do Papagaio. O motivo da execução do casal foi para roubar R$ 400,00 (quatrocentos reais), uma espingarda e uma moto serra. Daniel foi preso 20 dias após o crime, mas estava solto. Clique AQUI e relembre a prisão.

Nesta sexta, quando voltou a ser preso, Daniel estava junto com Artur Filipe Bernardes Cruz, também criminoso. Ambos são suspeitos de pelo menos 12 assassinatos e tinham mandados de prisão da Justiça de Goiás. A dupla foi encaminhada para a Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz (UPRI), onde estão à disposição da Justiça.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.