Connect with us

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Aula Magna terá tema “Impactos da pandemia na educação”

Publicado

em

Os cursos de Letras e Pedagogia do Câmpus Araguatins da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) promoverão no dia 09 de agosto, a partir das 19h, a aula magna com o tema “Impactos da pandemia na educação: perspectivas locais diante de um problema global”, marcando o início das atividades do semestre letivo 2021/2. O evento será transmitido pelo canal da Proex/Unitins no YouTube. As inscrições poderão ser feitas pelo Sistemas de Eventos da Unitins no período de 26 de julho a 09 de agosto.

Segundo os organizadores, a aula magna tem como objetivo discutir os impactos da pandemia na Educação, frisando 13 consequências geradas pelo fechamento das escolas, baseado nos dados da Unesco, em nível global e, ainda, alertar os participantes sobre os desafios enfrentados na Educação pela comunidade local durante a pandemia e identificar os problemas locais em consonância e em dissonância com os problemas globais durante o ensino remoto.


O professor Victor Fernandes, coordenador do curso de Letras/Câmpus Araguatins, defende que a aula magna, pelo tema instigante que traz, pode promover a integração da comunidade acadêmica com as discussões que, segundo ele, englobam os impactos na Educação ocasionados durante a pandemia da Covid-19. “Diante do cenário mundial, as escolas tiveram que se reinventar com práticas de ensino remoto. Inúmeras unidades escolares paralisaram suas aulas por falta de recursos tecnológicos e, com o agravamento da pandemia, crianças, adolescentes e adultos passaram a conviver muito mais tempos juntos, gerando uma série de consequências“, ressalta o professor, explicando que são essas consequências apontadas pela Unesco que serão debatidas no evento.

A professora Aquenubia Gonçalves, coordenadora do curso de Pedagogia/Câmpus Araguatins, complementa que a aula magna foi pensada para compartilhar experiências vivenciadas no município de Araguatins em tempo de pandemia pelos futuros professores e profissionais da área da Educação. Ela avalia que a discussão contribuirá, principalmente, com a percepção dos alunos dos cursos de formação de professores. “Acredito que o evento servirá para que compreendam e possam pensar na reorganização das práticas a serem aplicadas, uma vez que a Educação pós-pandemia jamais será igual. Muitos ajustes fazem-se necessários para se atingir o ideal”, recomenda.

A coordenadora observa que as crises ensinam a todos que estão dispostos ao novo. “Espero, sinceramente, que o momento possa contribuir para se pensar que depois da pandemia a educação possa voltar melhor e ainda forte”, sintetiza. (Ruy Bucar)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

SÃO MIGUEL: Motorista abandona caminhonete na Ponte Dom Affonso Felippe Gregory

Publicado

em

Um homem ainda não identificado, abandonou uma caminhonete na tarde desta segunda, 26, na Ponte Dom Affonso Felippe Gregory, que liga o município de São Miguel, no Bico do Papagaio a Imperatriz, na região Tocantina, Maranhão.

Segundo informações da Polícia, que verificou as câmeras de monitoramento, o homem abandonou o veículo e voltou caminhado para o lado de São Miguel.

O trânsito ficou interrompido por algumas horas, até o veículo ser guinchado.

O homem que conduzia a caminhonete ainda não foi localizado.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Produtor rural pode solicitar bloqueio de ficha sanitária para o não recebimento de animais de áreas noventenadas

Publicado

em

A Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec) publicou no Diário Oficial do Estado, da última quinta-feira, 22, a Portaria n° 215, de 19 de julho de 2021, que autoriza produtores rurais ou seus procuradores a solicitar à Agência o bloqueio de suas fichas sanitárias para o recebimento de animais oriundos de áreas e/ou propriedades noventenadas, uma vez que assumem também a condição de noventenados. A medida passa a valer a partir de 1° de setembro deste ano.

Segundo a gerente de Avaliação, Controle e Fiscalização da Adapec, Laudicéia Teles, a exigência visa garantir maior segurança aos produtores rurais que não desejam receber animais que estejam em noventenas. “Às vezes, o produtor por desconhecimento acaba adquirindo um animal que esteja nesta condição e só quando vai emitir a GTA ele descobre que sua propriedade terá que ser noventenada por causa daqueles animais”, explica. 

Laudicéia Teles acrescenta ainda que, com a norma, ele poderá ir a qualquer escritório da Adapec e informar no seu cadastro que não deseja receber animais noventenados. Assim, ele evitará que sua propriedade fique bloqueada para movimentação de animais.

Ainda de acordo com a Portaria, o comprador tocantinense que adquirir animais oriundos de áreas não habilitadas a exportar para o Chile ao receber a Guia de Trânsito Animal (GTA) do vendedor fica obrigado a apresentá-la imediatamente no escritório da Adapec. Com isso, o adquirente evita a suspensão do cadastro e declara ciência da noventena da sua ficha sanitária.

Os estados que possuem restrições para exportação de carne bovina para o Chile são: Acre, Amazonas, Amapá, Roraima, Pará, Maranhão, Piauí, Bahia, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Ceará, Rio de Janeiro e Distrito Federal. (Welcton de Oliveira)

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Confira a lista de aprovados para Brigada de Incêndios Florestais

Publicado

em

Os interessados em fazer parte da Brigada de Combate a Incêndios Florestais fizeram Teste de Aptidão Física (TAF) nesta segunda-feira, 26, por meio da 3ª Companhia do Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins (CBMTO), em Araguatins. Eram 10 vagas e quem se candidatou precisou suar a camisa, literalmente, para conquistar uma das matrículas no Curso de Formação, que terá início nesta quinta-feira, 29.

Para garantir vaga no Curso de Formação de Brigadistas, os candidatos tiveram que percorrer 2,4 mil metros, com 24 kg (uma bomba costal cheia), com o tempo abaixo de 30 minutos.

Prova 

Quem fez o teste prático pela primeira vez, brigando por uma vaga na Brigada, viu o quanto é difícil andar rápido com a bomba costal cheia. O TAF teve apenas esse exercício como forma de classificação e eliminação dos candidatos. Para tanto, 3ª Companhia do Corpo de Bombeiros levou em conta as questões de segurança contra a Covid-19.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze