Connect with us

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Ciadseta encerra a 75ª AGO. Pastor Paulo Martins é reeleito

Publicado

em

A Convenção Interestadual das Assembleias de Deus do SETA (CIADSETA), encerrou na tarde deste domingo, 17, os trabalhos da 75ª Assembleia Geral Ordinária (AGO) realizada em Araguatins com a posse da nova Mesa Diretora e Conselho Fiscal que conduzirão os trabalhos pelos próximos quatro anos, 2018 à 2021, e distribuição da Santa Ceia aos convencionais, esposas, filhos e demais participantes.

A AGO teve início na noite desta última quinta-feira, 14, no grande templo central da Assembleia de Deus (AD). O encontro durou quatro dias e reuniu os membros da CIADSETA de todo o Estado do Tocantins e de outros da Federação.

O presidente da Convenção, pastor Paulo Martins Neto foi reconduzido ao cargo de presidente após eleição realizada no sábado, 16. A apuração teve início por volta das 19h e se estendeu até a meia noite. Pastor Paulo alcançou 642 votos enquanto que o seu concorrente, pastor José Filho obteve apenas 193.

A nova Mesa Diretora foi empossada pelo presidente do Conselho Eclesiástico, pastor José Ribamar Carvalho dos Santos. O Conselho é órgão da Convenção responsável em conduzir os trabalhos da AGO durante eleição da mesa até à posse do novo presidente.

Durante a 75ª AGO aconteceu também a 52ª União de Esposas de Ministros da Assembleia de Deus SETA (UEMADS), A 20ª União dos Filhos jovens dos pastores (UNIFILHOS), 7ª União dos filhos adolescentes (UNITEENS) e a 13ª União das crianças (UNIKIDS).

Pastor Paulo Martins com a aprovação da Mesa Diretora e do plenário convencional concedeu ao pastor Pedro Lima Santos, ex-presidente da CIADSETA o título de presidente de Honra da Convenção SETA. A distribuição da Santa Ceia marcou o encerramento da AGO.

Veja lista da nova mesa diretora eleita neste domingo, 17

Presidente: Pr. Paulo Martins Neto – 642 votos
1º Vice-Presidente: Pr. Antonio Xavier dos Santos – 613 votos
2º Vice-Presidente: Pr. Genival Gomes de Lima – 583 votos
3º Vice-Presidente: Pr. Abrahão Fonseca de Oliveira – 335 votos
4º Vice-Presidente: Pr. João Carmo Batista Morais – 396 votos
5º Vice-Presidente: Pr. João Batista Araújo Câmara – 631 votos
1º Secretário: Pr. Augusto Ribeiro de Morais – 436 votos
2º Secretário: Pr. Marcos Joan Bogeia Santos – 495 votos
3º Secretário: Pr. Marcelo Farias – ( ? ) votos
4º Secretário: Pr. Josivan Medeiros – ( ? ) votos
5º Secretário: Pr. Francisco Souza – 549 votos
Secretário Adjunto: Pr. Cláudio Vieira Silva – 476 votos
1º Tesoureiro: Pr. Nelson Sousa Araújo – 325 votos
2º Tesoureiro: Pr. Manoel Messias da Costa – 516 votos
3º Tesoureiro: Pr. Antonio da Silva Benicio – 535 votos

Conselho Fiscal:
Pr. Ismael Pereira de Oliveira – 380 votos
Pr. Robervaldo Vieira da Silva – 350 votos
Pr. Natanael Costa Carlos – 324 votos

Suplentes:
Pr. Silvino Leitão de Sousa – 245 votos
Pr. Hélio Dias Carvalho – 204 votos

(Por:Deuramar Ribeiro Leite/Ascom)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Aquiles e Elizabete tem contas de campanha reprovadas pela Justiça

Publicado

em

O prefeito de Araguatins, Aquiles da Areia (PP) e sua vice, Professora Elizabete (PSD), tiveram as contas da campanha, reprovadas pela Justiça Eleitoral. A decisão foi publicada na última quinta, dia 18, no Diário de Justiça.

Segundo a decisão, foram identificadas diversas falhas, algumas chegaram a ser sanadas, porém as seguintes irregularidades se destacam pela gravidade, como: Existência de dívida de campanha sem a assunção regular pelo partido político, inclusive no que se refere à apresentação de autorização do órgão nacional, acordo expressamente formalizado (origem e valor da obrigação, dados e anuência dos credores), cronograma de pagamento e quitação que não ultrapasse o prazo fixado para a prestação de contas da eleição subsequente para o mesmo cargo, e indicação da fonte dos recursos que serão utilizados para a quitação do débito assumido.

Consta na decisão que Aquiles e Elizabete, não apresentaram documentos que comprovem a regularidade de aplicação dos recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha ou irregularidade nos documentos apresentados para comprovar a referida aplicação dos recursos públicos.

Outro ponto que provocou reprovação foi a extrapolação do limite de gastos correspondeste a 113,87%.

A Justiça ainda determinou que Aquiles e Elizabete paguem ao Tesouro Nacional do valor apurado correspondente ao Fundo Especial de Financiamento de Campanha em R$ 78.305,00 (Setenta e Oito Mil Trezentos e Cinco Reais), além de serem multados no valor de R$ 56.432,21 à título de violação ao limite de gastos efetuados na campanha eleitoral.

Cabe recurso da decisão.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Saúde confirma óbitos de janeiro por Covid-19 em Ananás e Riachinho

Publicado

em

Praticamente um mês depois, a Secretária de Estado da Saúde (SES), confirmou nesta quarta, 24, mores por Covis-19, ocorridas nos municípios de Ananás e Riachinho, no Bico do Papagaio.

A vítima de Ananás, foi um homem de 57 anos, com neoplasia. Ele morreu dia 24 de janeiro, no Hospital Regional de Araguaína. O paciente de Riachinho era mulher, tinha 51 anos, sofria de insuficiência renal crônica, diabetes e hipertensão. A morte ocorreu em 25 de janeiro, no Hospital Regional de Augustinópolis.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Antônio do Bar e Ivoneide participam com Bolsonaro de lançamento de guia para prefeitos

Publicado

em

Prefeitos do Bico do Papagaio, entre eles o de Augustinópolis, Antônio do Bar (PSC) e de Itaguatins, Ivoneide Barreto (PL), participaram nesta terça, 23, em Brasília, no Palácio do Planalto, junto com o presidente Jair Bolsonaro, do lançamento do programa Agenda Prefeito + Brasil, onde o Governo Federal, disponibilizou um guia com orientações para os primeiros 100 dias de administração.

O documento está disponível para download no Portal Federativo. Com foco nos prefeitos eleitos e reeleitos, o guia traz orientações de gestão, legislação atualizada e boas práticas para o início do ciclo de quatro anos de mandato. O objetivo, de acordo com a Secretaria Especial de Assuntos Federativos, é aprimorar a prestação de serviços públicos à população dos municípios.

O guia traz, por exemplo, informações sobre recursos financeiros e consórcio para a gestão municipal, orientações sobre como usar a Plataforma +Brasil, modelos de planejamento estratégico, exemplos de boas práticas de transparência e prestação de contas.

“Pra muitos de nós, como foi pra mim, o início de uma gestão no Executivo não é fácil. Nós devemos contar com meios e o que é mais importante, com gente de confiança ao nosso lado”, afirmou o presidente Jair Bolsonaro durante o lançamento da plataforma.

“Tive honra em participar em Brasília ao lado da bancada federal do Tocantins, lançamento da Agenda do Prefeito + Brasil. É uma plataforma fantástica do Governo Federal com diretrizes para a elaboração de políticas públicas para auxiliar nós prefeitos na gestão municipal”, disse Antônio do Bar.

O guia está dividido em cinco eixos: gestão municipal, eixo governança, eixo social, eixo território e eixo finanças. Cada um deles traz orientações específicas sobre boas práticas de gestão.

O guia também oferece a oportunidade para prefeitos e gestores fazerem parte da Rede do Prefeito +Brasil. “Nessa rede, os prefeitos aderem pelo Portal Federativo, inscrevem seus dados e passam a receber, semanalmente, informes federativos, com orientações das entregas dos ministérios”, afirmou a secretária especial de Assuntos Federativos, Deborah Arôxa.

O Informe Federativo é uma publicação mensal com um serviço de curadoria de informações de interesse de gestores estaduais e municipais. No documento, são apresentadas as principais informações do Poder Executivo federal e do Poder Legislativo que impactam o dia a dia dos municípios.

Segundo o governo, serão lançados em breve dois novos guias para prefeitos, um com orientações para os 200 dias de mandato e outro com orientações para o primeiro ano de gestão municipal. Coordenado pela Secretaria Especial de Assuntos Federativos, vinculada à Secretaria de Governo, o guia contou com o apoio da Escola Nacional de Administração Pública (Enap) e mais de 30 ministérios, órgãos, instituições e colaboradores independentes. (Com informações da Agência Brasil)

Continue lendo
publicidade Bronze