Connect with us

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Cláudio muda direção do FUNPREV

Publicado

em

O prefeito Cláudio Santana, deu posse nesta segunda-feira, 08, ao Cel. PM/RR Luciênio Monteiro Costa, como novo diretor Executivo do Fundo de Previdência dos Servidores de Araguatins (FUNPREV).

O cargo era ocupado desde janeiro de 2017 pelo professor Francisco de Assis Almeida, que é servidor efetivo da educação e retorna para a função de Professor. Diassis optou em retornar para a educação a fim de garantir seus direitos e não perder os benefícios do cargo de professor.

Durante a posse, Luciênio agradeceu ao prefeito Cláudio Santana pela oportunidade e comentou que fará o possível para corresponder às expectativas. “Estou muito satisfeito, pois agora tenho a oportunidade de servir diretamente ao povo da minha cidade. Esse é um momento de alegria, satisfação e muito empenho. Saibam que usarei o meu conhecimento adquirido para fazer o melhor como diretor do Funprev”.

Perfil do novo diretor

Luciênio Monteiro tem 49 anos, é natural de Araguatins, filho do saudoso Gregório Costa, que foi vice-prefeito na segunda gestão do prefeito José Guilherme. É casado com a médica/ginecologista Francielle Batista Oliveira Costa, com quem tem dois filhos. É formado em administração de empresas e pós-graduado em gestão pública pela faculdade Albert Ainstein de Brasília/DF. Chegou a iniciar o curso de direito Em Palmas, porém não concluiu e passou por uma certificação, CPA 10, exigida pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), uma vez que o Funprev é associado ao órgão.

No ano de 1985, Luciênio iniciou sua vida profissional como menor aprendiz na agência do Banco do Brasil de Araguatins. Depois se tornou concursado da Assembleia Legislativa como assistente administrativo. Em 2000 assumiu na Policia Militar como tenente, chegando a tenente coronel da ativa, e posteriormente, coronel da reserva. No período em que esteve na Polícia Militar do Tocantins, foi diretor financeiro do fundo de assistência militar da PM, respondeu pelo sub-comando do Policiamento da Capital/CPC, foi coordenador financeiro da PM/6, desenvolveu funções junto ao controle interno da PM/TO e foi ajudante de ordens do comandante geral da PM/TO (na época Cel. Raimundo Azevedo Bomfim).

Além disso, trabalhou por 9 anos na Casa Militar/TO (segurança do governador), onde assumiu funções como; chefe da inteligência, chefe de equipe de segurança, ajudante de ordens de vice-governador, dentre outras atividades inerentes ao cargo. (Léo Cândido)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

Ocupação de UTI’s Covid no Bico seguem baixas. Internações clínicas sobem

Publicado

em

A taxa de ocupação dos leitos hospitalares nos Hospitais Regionais da região do Bico do Papagaio, experimentaram alta relevante na ala clínica na última semana. Os leitos clínicos estão disponibilizados no Regional de Augustinópolis e Xambioá.

Em Augustinópolis a taxa de ocupação dos leitos clínicos é de 92% e em Xambioá 73%.

Os leitos de UTI, que estão todos em Augustinópolis, estão com ocupação de 50%, nesta segunda-feira, 26.

Continue lendo

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Vacinação Covid para 30 anos começa nesta segunda, 26

Publicado

em

Começou nesta segunda, 26, a vacinação Covid para o público geral, a partir dos 30 anos, no município de Tocantinópolis, no Bico do Papagaio.

O horário de vacinação é até às 13h, nas Unidades Básicas de Saúde.

É importante levar o cartão SUS, cartão de vacinação e CPF.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Gestores têm novas orientações para gastos dos recursos da Lei Aldir Blanc

Publicado

em

A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) publicou notas técnicas de orientação aos gestores das cidades para solicitação de recursos aos estados da Lei Aldir Blanc. 

Os municípios terão até o dia 31 de dezembro para investirem os recursos da Lei Aldir Blanc previstos para este ano. Além disso, os Estados foram autorizados a repassarem os recursos aos municípios que não solicitaram verbas da Lei Aldir Blanc para 2020 e o prazo para prestação de contas foi estendido até 2022. 


A Lei Aldir Blanc cria o auxílio financeiro ao setor cultural e apoia profissionais do setor cultural. Ao todo, mais de R$ 3 bilhões foram destinados aos estados e municípios e, a princípio, deveriam ser gastos até julho de 2021. 

As notas técnicas de orientação para uso e prestação de contas dos recursos da Lei Aldir Blanc está no site da CNM. 

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze